quarta-feira, janeiro 27, 2016

Hoje pela manhã me tive que deslocar ao condomínio e fiquei sem palavras quando pela porta entra uma senhora a pedir trabalho para a limpeza!A mesma foi desfiando a sua vida, que tinha 44 anos e eu que ali estava a espera de ser atendida fiquei tão triste por ouvir e sem o querer fazer, o desfiar da sua vida. A mesma foi dito que no momento estavam servidos, mas se precisassem a chamariam, mas que o horário seria pelas seis horas da manhã, ao qual a mesma respondeu nem que fosse as quatro!
Agora eu penso, que sociedade é esta que tantos anos de democracia se tenha que mendigar, sim mendigar um trabalho? Enquanto outros se fartam de "roubar" borlar e por ai em diante a vida de todos.
Isto foi um desabafo de alma ao qual assisti e um dia pode ser de um qualquer de nós,me revolta sinceramente que não tenhamos todos direito ao trabalho e pão para dar aos filhos.


Lisa 27/01/2016

terça-feira, janeiro 26, 2016

Hoje na minha lide diária de “dona de casa” sim porque dona dela sou todos os dias. Me senti feliz com pequenas coisas que por vezes temos que nada apaga as boas lembranças.
Só posso dizer que a saúde é um bem maior que tudo na vida, muita outra coisa vem a seguir, e neste vai e vem de pensamentos me lembrei do meu tempo de escola. Sim do tempo que pouco ou nada era fácil, todas as coisas demoravam muito tempo para acontecer. Os campos não eram tão férteis, demorava a plantar e muito tempo para colher. Hoje em dia outras formas de fazer crescer, mas nada mais saudável como era. Os animais frangos coelhos, porcos para alimentação demorava muito tempo para se poder comer, mas tudo era mais saudável e melhor para a saúde Na escola todo o material era contado ao milímetro e nada podia faltar no fim da aula, era recolhido no velho armário de madeira, de vidro forrado a pano verde, os lápis de várias cores eram o encanto dos desenhos feitos e foram tantos, um deles não posso esquecer, uma seara de trigo verde e papoilas pelo meio, coisas há que ficam na lembrança como esta.
















(foto Google)