quinta-feira, maio 07, 2015

Muita coisa em mim deixou marcas e muita saudade, dos filhos pequenos, dos dias de pesca onde não faltava o farnel, e que bem ele sabia nas margens do Douro. Os lanches da tarde fosse inverno ou verão, dos banhos de mangueira no jardim pelo meio da tarde quando o calor apertava. Não é saudosismo, mas sim boas lembranças que ficam. O meu trabalho onde sempre me empenhei acima de tudo e nunca olhei ao dinheiro que me deviam dar a mais? O meu semelhante estava acima de tudo, hoje o que vejo, egoísmo e valores  esquecidos. Quando os dias estão mais nostálgicos  aí vem ao de cima o tal livro da vida.

Lisa




















10 comentários:

Maria Rodrigues disse...

Há lembranças boas e menos boas, o melhor é tentar relembrar apenas o melhor da vida, nem sempre é fácil, mas há que tentar.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Mona Lisa disse...

Todos temos um baú de recordações que abrimos , quando estamos mais frágeis.

Devemos recordar as boas, afastando as que nos magoam.

Beijinhos.

Maria Rodrigues disse...

Passei para desejar um bom domingo e deixar um beijinho.
Maria

Elvira Carvalho disse...

Por vezes sentimos vontade de abrir a gaveta da memória, e deixar sair as recordações. Nos emocionamos e é sempre difícil encarar a realidade depois de reviver essas emoções.
Um abraço e bom domingo.

Agulheta disse...

Obrigadas as amigas que aqui comentaram.Beijos/Abraços

O Profeta disse...

Ouvi o vento e a música
Procurando um porto na madrugada
Ouvi a chegada de um navio
Julguei sentir uma voz amada

Meu Armando, meu amor...
Uma criança jogando lama ao meio dia
Embrenhada e perdida na alma
Com rimas colorindo pálpebras de nostalgia

Doce beijo

O Profeta disse...

Na elegante e fina escrita da tua pena

Às vezes é preciso acordar o silêncio da memória
Ou esperar pelo adormecimento inadiável
Com o gesto sereno e demorado da ternura
Com o acordar do amor rompendo o improvável


Um radioso fim de semana



Doce beijo

Uouo Uo disse...


thank you

حراج السيارات

O Profeta disse...

Oiçam este poeta de tostão
Que já prometeu e pediu uma mão
Oiçam a palavra salgada de saliva
Não tenho muito lugar, em ti, paixão


Passei para te desejar uma radiosa semana

Doce beijo

Maria Rodrigues disse...

Lisa, passei para deixar um abraço.
Maria