sexta-feira, março 20, 2015

Primavera vem!  Te espero no beiral da janela
se for de noite, deixo a candeia acesa
para veres os caminhos onde deixarás sementes
nos brinda com clima temperado e manso 
que o sol brilhe nas assas das borboletas
e na pelugem dos pássaros.
Enquanto por aqui andares, quero respirar
o cheiro das flores, a agua no leito do rio,
dá força a cada árvore para abrir os rebentos
que estiveram adormecidos,
vem...Primavera





















Lisa

sexta-feira, março 13, 2015

Este blog tem falado de muita coisa, desabafos, experiências de trabalho e principalmente de vida. Sim de vida a minha, enquanto pode dei o meu melhor, por vezes sabe Deus onde ia buscar as forças para realizar o trabalho que tinha pela frente.Depois de grandes canseiras chega o dia em que temos que deixar o mesmo para as forças novas porque elas são a continuidade da vida que abraçamos.
No dia que entrei para a minha reforma parece que estou ainda  a ler a carta, foi uma alegria e disse para mim, vou dormir mais, descansar mais e fazer muitas outras coisas. Se desenganem, passados uns tempos a saudades do trabalho e toda aquela adrenalina diária, comecei a sentir falta e saudades.
Hoje sempre que posso ali vou eu a minha segunda casa,ver os colegas dar duas de conversa e renovar a amizade lá deixada.
Hoje se me perguntarem se faria o mesmo, sim com toda a franqueza. Por isso digo, tudo na vida deve ser feito com amor e empenho, o dinheiro faz falta, mas um profissional honrado e capaz, nenhum  dinheiro o paga.
Lisa



quinta-feira, março 05, 2015

Pessoas há que passam em nossa vida e por vezes nem sabemos como as colocaram em
nosso caminho. Elas trazem o perfume das rosas, pureza da alma, e uma humildade extrema que nem sabemos explicar.
Não precisam de fazer o "banho de loja" nem dizerem que são belas ou famosas, simplesmente tem um coração aberto, sem maldade, e pureza no olhar que brilha. Quem assim for conquista o mundo num simples gesto.
Não ficam indiferentes aos sinais do tempo, são solidárias e nem tem que o dizer, actuam na hora e estendem a mão sem olhar a quem, a estes chamo seres humanos de corpo e alma.

Lisa