sexta-feira, fevereiro 07, 2014

Prometi aos amigos por aqui voltar quando as ideias ficassem em ordem, Cada dia que passa as mesmas ficam silenciadas por ver o que vejo, sentir a "raiva" que sinto por seres que nos levaram a este caminho.
Não poderei de certa forma falar de mim nem dos meus, a verdade é que vejo tanta injustiça, pelos que não tem pão, trabalho, casa e todo um arrastar de coisas que poucos podem resolver. A saúde muito mal, os hospitais estão abarrotar de pessoas, a educação é o que se sabe, a cultura é um bem para deitar fora, convêm cidadão"burro" mais fácil de manobrar.O que nos dão é,TV com programas fracos, novelas em cima de novelas, Big Brother com pessoas sem nível e educação...pelo que ouço e não é por ver, mas a dizer mais parece um bar de alterne. E para acabar com este rosário grande, temos um inverno que não deixa sair da "toca" porque o verdadeiro anda a solta, e a usar o que pertence a nação,e a nós pensionistas do que trabalhamos, e assim vai este país sem ponta por onde se pegue. Agora pergunto eu, haverá alguém por ai perdido, que ajuda este Portugal que todos amamos, para não deixar acabar o que os outros nos deixaram, porque por este andar, até um dia os monumentos são vendidos em haste publica, tenham dó.

Virei por aqui sempre que poder e der. Obrigados.

Lisa

3 comentários:

Mar Arável disse...

Tudo pelo melhor

Maria Rodrigues disse...

Lisa passei para deixar um abraço e um beijinho.
Maria

Mona Lisa disse...

Quando venderem tudo que de valioso o país tem, seremos nós vendidos como escravos!

Ando mais cinzenta que o tempo.

Beijinhos.