segunda-feira, dezembro 30, 2013

O ano sai em paço apressado e deixa muitas marcas em milhares de portugueses, uns pela falta de emprego, outros de casa, muitos de fome, e muitos mais a sustentar bancos e a dar aos ricos.
Para quem trabalhou uma vida inteira, com horários maus, chuva até aos ossos, frio, e calor em cada mata que abunda por este país com falta de limpeza, e muitas deles do estado, e que levamos em troca...nada, vezes nada igual a nada. Os agradecimentos ficam na gaveta,por isso não tenho confiança em nenhum,ou por outra serão muito poucos.
Como não me quero alongar, quero sim deixar amizade a todos que acompanham este blog,que o Novo Ano traga a cada um de nós a esperança perdida, e que o tal túnel se consiga avistar, por menos para aqueles que  deixaram de acreditar em mentirosos, que só olham para si mesmos com aquilo que era nosso.

FELIZ ANO 2014



















sexta-feira, dezembro 20, 2013

Amigos deste blog estamos a dois passos do Natal, como não vou poder por aqui vir mais perto dele. Quero desejar um Feliz Natal com saúde paz e amor.  Um novo Ano de 2014 com mais justiça e fraternidade,  para todos nós Portugueses que uma grande maioria sofre de vária ordem.

FELIZ NATAL


















sábado, dezembro 14, 2013

O Natal se aproxima em passos largos, ainda outro dia o festejamos e já vamos noutro. O tempo agora corre mais rápido desde o meu tempo de criança. Sim, porque naquele tempo o mesmo sobrava para fazer tudo, nada era a correr. Depois esta coisa das prendas que todos nós temos vontade de dar, o mealheiro fica mais curto,e vamos comprando pequenas coisas mais pessoais.Os subsídios foram, as coisas mais caras, também, a folga cada dia é mais pequena para que o mesmo dê para o necessário da vida.
Por tudo isto não perdoo a quem o tirou e nada lhes acontece, o nosso que descontamos está a sair para um saco sem fundo, o tal túnel já nem sei onde fica, perdi a esperança nestes aldrabões que nos enganam a toda a hora.Mas como estamos em época natalícia,vamos ficar em paz e harmonia familiar e solidariedade que nunca falte para estender a mão.



domingo, dezembro 08, 2013

Chegou o mês da magia e do amor maior,da esperança, dos afectos. Como sou mulher da mesma, espero que nunca mude, vou continuar a ter fé e esperança. Sonhos muitos, magia a dobrar como as crianças, que correm para a chaminé na manhã de Natal. O tempo convida a dar as mãos, mesmo que seja menos, vamos esticar as mesmas para que cresçam para alcançar o céu e a terra.

Lisa