quarta-feira, novembro 13, 2013

Não é tão simples viver a vida. As vezes, ela contém capítulos imprevisíveis e inevitáveis.
Todo ser humano passa por turbulências em sua vida. A alguns falta o pão na mesa; a outros, a alegria na alma. Uns lutam para sobreviver.
Outros são ricos e abastados, mas mendigam o pão da tranquilidade e da felicidade.
Por isso há miseráveis que moram em palácios e ricos que moram em casebres.
A vida é belíssima, mas não é tão simples vivê-la. Às vezes, ela se parece com um imenso jardim.
De repente, a paisagem muda e ela se apresenta árida como um deserto ou íngreme como as montanhas. Independentemente dos penhascos que temos de escalar, cada ser humano possui uma força incrível.
E muitos desconhecem que a possuem."

Augusto Cury


Palavras que tão bem cai, nos tempos que todos nós um pouco estamos a viver, as luzes no fundo do túnel andam apagadas e não vejo forma de elas acenderem, isto sou eu a pensar claro.

6 comentários:

Flor de Jasmim disse...

E como tu também eu penso amiga!
Este texto mexeu demais comigo, também estou a passar momentos muito difíceis e vejo quem amo a passar muita necessidade.

Amiga a minha lombalgia desde o dia 20 de outubro que não me larga, mas agora já consigo andar, para além dos analgésicos fiz tratamentos com ultrassom, tipo choques eléctricos, mas além das artroses que tenho na coluna, tenho 2 hérnias, uma a fazer pressão no nervo ciático, outra na medula, infelizmente tenho maltratado a minha coluna desde criança a trabalhar.
Beijinho e uma flor

Mona Lisa disse...

Tenho a certeza que este é um pensamento comum à maioria.

Magnífico texto.

Beijinhos.

Mar Arável disse...

É preciso ver para lá dos olhos

Bj

Mar Arável disse...

A diferença entre ter e ser
Boa refexão

:.tossan© disse...

Belíssimo texto poético. A música é linda! Beijo

PS: Como vc faz para usar esse tipo de letra?

Maria Rodrigues disse...

Um pensamento que deve estar presente em muitos corações.
Bom restinho de domingo
Beijinhos
Maria