domingo, setembro 08, 2013

Houve um tempo em que a minha janela se abria para um chalé. Na ponta do chalé brilhava um grande ovo de louça azul. Nesse ovo costumava pousar um pombo branco. Ora, nos
dias límpidos, quando o céu ficava da mesma cor do ovo de louça, o pombo parecia pousado no ar. Eu era criança, achava essa ilusão maravilhosa e sentia-me completamente feliz.

Cecília Meireles















Foto: carlafranco.files.wordpress.com

10 comentários:

Menina do Rio disse...

Quando criança, a imaginação nos leva por caminhos mágicos!
Lisa, querida, prazer em te receber no meu velho sítio. Isso prova que a amizade não tem tempo nem fronteiras!
Um beijo querida.

Mona Lisa disse...

Um tempo em que se vive de sonhos...o tempo de menina...

Obrigada pela partilha.

Beijinhos.

Flor de Jasmim disse...

Tempos de menina e de sonhos!
Nunca os tive em menina,em aduta sim, mas estão-me a serem arrancados.

beijinho e uma flor

Graça Pereira disse...

A felicidade faz-se com poucas coisas, minha Amiga!
Voltei...saudades.
Beijo
Graça

tulipa disse...

LINDÍSSIMO

adorei...

tulipa disse...

OBRIGADO pela visita
e comentário deixado no meu blog

não queria mais uma vez
lamentar-me

no entanto, coisas boas
não tenho para dizer...

nem sei explicar
parece-me de todo
inexplicável e também
impossível
sentir que
passaram 30 dias
eu, em casa
e nada de proveitoso fiz
...
sem energia
sem interesse
sem motivação
sem disposição
...
estou prestes a regressar
ao trabalho
sem nenhuma vontade
...
por obrigação
...
o meu tempo
não foi dedicado
a nada
desapareceu por entre
os segundos e os minutos
das 24h que o dia tem

na poesia
leio
como o rolar do tempo
e ter sempre tanto tempo para contar
.
o problema foi esse
tive tempo
e não o aproveitei
.
depois
leio
alguns
dos comentários
para outras pessoas
.
sempre que leio:
És mais do que merecedor das amizades que tens!
.
dá-me uma pancada no peito
sinto
e penso:
porque também eu não sou
merecedora de amizades!

sinto-me
esquecida
ignorada
abandonada

deixo-lhe um beijinho

Maria Rodrigues disse...

O nosso tempo de criança em que os sonhos não tinham limites.
Excelente escolha.
beijinhos
Maria

Lilá(s) disse...

Maravilha!
Bjs

pico minha ilha disse...

O tempo de crianças e os sonhos em que tudo é possível,por vezes me sinto assim e me deixo levar por entre sonhos e risos,faz-me bem ser criança de vez em quando. Beijinhos

Salomé

Lilá(s) disse...

Tomara eu continuar nesse tempo dos sonhos...e que imaginação fértil eu tinha!
Bjs