terça-feira, maio 28, 2013

"E quando eu me lembrava de que no dia seguinte o mar se repetiria para mim, eu ficava séria de tanta ventura e aventura. Meu pai acreditava que não se devia tomar logo banho de água doce: o mar devia ficar na nossa pele por algumas horas. Era contra a minha vontade que eu tomava um chuveiro que me deixava límpida e sem o mar. A quem devo pedir que na minha vida se repita a felicidade? Como sentir com a frescura da inocência o sol vermelho se levantar? Nunca mais? Nunca mais. Nunca."


Clarice Lispector, in "Banhos de Mar"



















Foto retirada da net.

6 comentários:

Mona Lisa disse...

Que maravilha de texto!

Obrigada pela partilha.

Para quantos não voltará a haver felicidade???

Beijinhos.

Eduardo Aleixo disse...

Lembranças doces que nos ficam na pele e no coração e que a alma sempre recorda. Terno e melancólico e lindo poema.

Graça Pereira disse...

A música, as palavras e a imagem, tudo num casamento perfeito... Há coisas que não voltam nunca mais...outras,regressam na crista da onda...quando for maré cheia... O mar...devolve tudo!
Beijos de sol e bom fim de semana
Graça

Flor de Jasmim disse...

Simplesmente belo!
Amei minha amiga.
Tem um bom fim de semana junto daqueles que te são queridos.

beijinho e uma flor

Maria Rodrigues disse...

São as recordações doces do passado que muitas vezes ajudam a superar as agruras do presente.
Bom restinho de sabado e um excelente domingo.
Beijinhos
Maria

tulipa disse...

Gosto
de
Clarice Lispector
...
Simplesmente belo!

.
mas
também gosto de
CECÍLIA MEIRELES
.
é dela
o que eu publiquei
junto às minhas fotos
no blog:

http://pensamentosimagens.blogspot.pt/


Eu ando sozinha
por cima de pedras.
Mas a tarde é minha.

Os meus passos no caminho
são como os passos da lua;
vou chegando, vai fugindo,
minha alma é a sombra da tua.

Eu ando sozinha
por dentro de bosques.
Mas a fonte é minha.

De tanto olhar para longe,
não vejo o que passa perto,
meu peito é puro deserto.
Subo monte, desço monte.

(Cecília Meireles)

deixo um beijo de carinho