sexta-feira, março 15, 2013


Pensamento
É um silêncio que rasga os sentidos
como aves soltas em montes da imaginação
É distancia do presente e do ausente
que adormece com nós, e acorda em sobressalto
para o novo dia que vai clarear
Pensamento é um ponteiro do relógio
que gira sem parar. Só quando acaba a corda
deixa de girar e sentir o pensamento,
as ausências, as dores, as alegrias.
Quero continuar a sentir este pensamento
que me acompanha, para rasgar os silêncios
adormecidos.

Lisa/15/03/2013


7 comentários:

Mona Lisa disse...

Só o "fim" pára o pensamento.

Belíssimo poema!

Beijinhos.

Maria Rodrigues disse...

E como o nosso pensamento nos leva em viagens de passado e futuro, de alegria e dor.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

poetaeusou . . . disse...

*
amiga
,
é,
o pensamento,
é equidistante,
perto e distante,
é o horizonte
em evolução,
está além do conhecimento,
navega na imaginação,
e gira, gira,
alertando o sentimento !
,
um mar de sentimentos,
deixo,
*

Mar Arável disse...

Tudo se move

até o pó

Lídia Borges disse...


O pensamento não se pode amordaçar.


Um beijo

Flor de Jasmim disse...

O pensamento leva-nos ao cimo da realidade,leva-nos a viajar por um mundo imaginario.
boa semana querida

beijinho e uma flor

Lilá(s) disse...

É preciso soltar os pensamentos, nunca aprisionar.
Bjs