domingo, março 03, 2013

Nos dias que correm podíamos escrever só sonhos e coisas lindas,mas olhamos para o lado e tudo em volta parece um túnel sem grandes luzes para muitos infelizmente, é nesses que penso como será a sua vida, só não pensa nisto quem tem um coração de pedra, que nada sente.
Hoje a solidariedade com uns, amanhã com outros, atualmente nos encontramos no mesmo barco, uns mais que outros. As cidades estão mais tristes, as crianças sentem a opressão que os pais vivem, e sempre os mesmos a fazerem as mesmas coisas. Já vivi o suficiente, e vi bastante,  nos anos oitenta os mesmos, mas em versão anterior fizeram o mesmo. Levaram muitos a falência, muitos ficaram sem casa e tudo que tinham. Esta Europa já deu o que tinha a dar,  muitos ficaram bem e agora o zé povinho paga, é tudo uma falsidade, é o que é. O que eles gostam é de viver bem, a custa de quem trabalha, arranjar os tachos para os amigos, e por ai adiante. Depois penso, como podem as pessoas votar sempre nos mesmos parasitas que nos roubam???Fica a pergunta.


11 comentários:

Lilá(s) disse...

Há pergunta que não têm resposta, nunca entenderemos...
Boa semana, mesmo que os sonhos andem por baixo
Bjs

Mona Lisa disse...

Ninguém entende, mas o certo é que continuam a votar nos mesmos...é uma dança de cadeiras!

Tiraram-nos os sonhos!

Beijinhos.

Mar Arável disse...

Um dia os cravos

falarão mais alto

Graça Pereira disse...

Que esta crise sirva para acordar o povo desta letargia que tem vivido nos últimos anos - o deixa correr!
Se tiverem aprendido, nas próximas eleições haverá uma grande e talvez única, abstenção de votos.
Tal como tu, penso nisto tudo...os noticiários deixam-me angustiada e interrogo-me se teremos futuro!
Vem aí a primavera e é preciso colorir os nossos pensamentos...
O povo não diz que: "depois da tempestade, vem a bonança??"
Esperemos que sim!
Bj
Graça

Mar Arável disse...

Não podemos mudar de povo

mas devemos ajudá-lo

a mudar de voto

Flor de Jasmim disse...

Minha querida vivi e senti bem na pele a crise nos anos oitenta, trabalhava numa fábrica com o meu falecido marido já tinhamos as nossas duas filhotas e ficamos os dois sem ordenado durante 8 meses, não conseguiamos arranjar emprego em lugar nenhum, mas conseguimos fazer umas 10 horas por dia durante 45 dias a abrir poços, até a fábrica retomar a actividade.

Desculpa amiga mas eu não consigo escrever o que não sinto, talvez me achem péssimista, mas eu sou muito transparente.
Hoje estou assustadissima com a situção não só por mim, mas pelas crianças, os nossos homens do futuro, sem futuro, dói tanto amiga.

beijinho e uma flor

Maria Alice Cerqueira disse...

Olá amiga você que está sempre presente em meu cantinho, eu venho lhe agradecer de todo o coração, o carinho de sua presença. Que Deus a abençoe e guarde, hoje e sempre. Assim que poder voltarei. Tenha uma linda semana coberta de muita paz e amor! Com carinho Maria Alice. Obrigadoooooooooooo!!!!!

Maria Alice Cerqueira disse...

Olá amiga você que está sempre presente em meu cantinho, eu venho lhe agradecer de todo o coração, o carinho de sua presença. Que Deus a abençoe e guarde, hoje e sempre. Assim que poder voltarei. Tenha uma linda semana coberta de muita paz e amor! Com carinho Maria Alice. Obrigadoooooooooooo!!!!!

Franciete Filipe disse...

Lisa minha querida amiga, eu costumo dizer a vida não, são só rosas... por vezes para colheres uma rosa tens de entrar dentro da roseira, e saires de lá toda cravada de espinhos.
Quantas são as roseiras que apenas brotão uma só flor? Assim como se dizer que o sol quando nasce é para todos...não é não, porque os obstáculos são tão altos que passamos o dia sem ver a cor do sol, e assim é esta vida... ela só está no ponto para quem dela tira todo o partido...se tens um passo mais para traz já perdestes tudo.
Amiga linda te pesso desculpa de só agora te responder pois o meu PC tem andado um pouco como a dona um dia de cada vez, e como ele fosse o último.
Beijinhos de luz e muita paz, gostei muito do teu desabafo muito actual e bem verdadeiro.

Mariangela disse...

Olá!
Já vivi e passei por tantas coisas, tantas injustiças que só quem sente na pele sabe, mas não devemos jamais desanimar, e nem esperar na justiça dos homens que é bem falha.
Há muita gente honesta, mas os desonestos imperam neste país.
Coitados dos pequeninos que vivem com os pés e as mão atadas.
Mas é na justiça de Deus que temos que confiar!
Beijos amiga! E obrigada!
Mariangela

Evanir disse...

Mulher .
Mulher , mãe uma fera na defesa dos seus
filhos.
Mulher, avó segunda mãe jamais esquecida
por um amor incondicional ,
netos segunda gestação dos próprios filhos.
Mulher ,bisavó nessa fase entendemos,
nossa geração foi londe nosso amor foi infinito.
Eu sou essa mulher .
Sim..tia , irmã , mãe , avó , bisavó por isso venho te abraçar
pelo Dia da Mulher.
Por me sentir especial .
Para você acreditar que tudo vale a pena
quando abrimos a janela nosso coração ,
e deixamos o amor entrar.
A vida é eternizada por nós mesmo,
não importa os obistaculos,
que a vida coloca já que é impossível viver sem eles.
Quero apenas ser lembrada com carinho.
Mãe blogueira.
Avó Blogueira.
Por Fim bisavó blogueira.
Sou essa mulher que veio
para deixar um carinho no Dia das mulheres.
Ser mulher é algo Divino.
Desde ,que nos sentimos um ser especial
diante de Deus.
Parabéns não só a mulher,
mais a eterna companheira .
Beijos no coração carinhos na alma.
Evanir.
Mimo se gostar na postagem.