sexta-feira, março 29, 2013


A Páscoa sempre nos trás recordações, os que faltam, os sabores doutro tempo, e principalmente aquele cheiro das flores que se inalava, nas vendedeiras dos mercados, para se enfeitar as casas no sábado de aleluia. Eram as andorinhas, o goivo, narcisos, ciclames, e todas aquelas variedades e cores que alegravam este dia.A mesa devia estar de toalha de linho que era tirada para este dia da velha arca,e na mesa de Domingo não faltava, a regueifa de pão, o folar e a aletria, e amêndoas pequenas a enfeitar a mesa, ninguém pegava em uma que fosse assim era o respeito, a avó era a líder. O pão de ló viria muitos anos depois, com outros hábitos e novas gerações, nos avós era assim. Os mais pequenos arranjavam as flores, que eram as glicininas, e folhas das camélias para fazer os tapetes que enfeitavam as entradas das portas.
Com o crescimento das cidades, se ganhou melhores condições de vida, mas se perderam tradições que só encontramos hoje com força de alguns, principalmente os mais velhos, que tentam não as deixar morrer. Concordo que hoje com mais por onde escolher, parecemos mais tristes do que outrora. 
Lisa

E com estas pequenas memórias guardadas, desejo aos amigos deste blog e visitantes, Feliz Páscoa em paz e amor


















Foto daqui:http://madewitheartbytelma.blogspot.pt


12 comentários:

ONG ALERTA disse...

Uma Páscoa iluminada beijo Lisette.

Flor de Jasmim disse...

Querida como é dferente as tradições de terra para terra!
Adorei conhecer a tua Páscoa de antigamente, as recordações ficam gravadas algumas com saudade.
Feliz Páscoa querida.

beijinho e uma flor

Mona Lisa disse...

Abundância e variedade não trazem felicidade.

Tenho saudades da Páscoa da minha infância/juventude.

Gosto de conservar as tradições!

Beijinhos e uma Boa e docinha Páscoa!

poetaeusou . . . disse...

*
Lisa
,
Uma bela Narrativa,
tradições a caminho da supressão,
provocadas pelos Reis da Selva,
que comandam, os pequenos
predadores, desta Selva Urbana !
,
um mar de amêndoas,
deixo,

Maria Rodrigues disse...

As tradições vão-se perdendo, ficam guardadas as doces recordações de outros tempos. Que a Páscoa seja o renascer de amor, sáude, paz e harmonia. Uma Páscoa muito feliz.
Beijinhos
Maria

Lilá(s) disse...

Linda a partilha de memórias.
Uma Páscoa feliz.
Bjs

Papoila disse...

Boa Páscoa, em familia!
Beijo

Papoila disse...


Este ano muito está muito invernosa!
Feliz Páscoa!
Beijo

Mar Arável disse...


Levantados do chão

se Abril cantar mais alto

Lídia Borges disse...


A Páscoa é renovação, mas é também esta viagem ao passado na busca de outras Páscoas guardadas no sótão da memória.


Um beijo

Nilson Barcelli disse...

Na verdade, a Páscoa já não é o nque era.
E este ano nem vi andorinhas...
Lisa, minha querida amiga, tem uma boa semana.
Beijo.

:.tossan© disse...

Texto lindo! Com cheiro de verbena que pode vir do mar porque a terra transbordou. Beijo