segunda-feira, janeiro 14, 2013


Escrever é esquecer. A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida. A música embala, as artes visuais animam, as artes vivas (como a dança e a arte de representar) entretêm. A primeira, porém, afasta-se da vida por fazer dela um sono; as segundas, contudo, não se afastam da vida - umas porque usam de fórmulas visíveis e portanto vitais, outras porque vivem da mesma vida humana. Não é o caso da literatura. Essa simula a vida. Um romance é uma história do que nunca foi e um drama é um romance dado sem narrativa. Um poema é a expressão de ideias ou de sentimentos em linguagem que ninguém emprega, pois que ninguém fala em verso.

Fernando Pessoa
















5 comentários:

Mona Lisa disse...

Não concordo totalmente com:
Escrever é esquecer!

Escrever pode ser o registar de emoções...recordações...

Beijinhos.

Mar Arável disse...

Vozes ao alto

vieira calado disse...

Olá!
Vejo que voltou às lides!
Seja bem vindo o seu regresso!
Beijinho para si!

Flor de Jasmim disse...

Lindo!
Adorei oteu texto querida, mas não vejo o facto de escrever ser esquecer, eu escrevo porque é uma forma de transmitir as minhas emoções!

Beijinho e uma flor

Agulheta disse...

O poeta de nome grande Fernando Pessoa lá saberia o porquê deste poema.Obrigados aos amigos que vieram por gosto e amizade.

Lisa