quinta-feira, outubro 25, 2012

Em dia breve virás
e trazes madrugadas contigo
onde despertarão corações
para amar.
Nos labios os sorrisos
abertos de par em par,
Trarás vida, e esperança,
e olhos de alegria.
Virás de peito aberto ao vento,
e um longo e aberto sorriso
para acreditar e amar.
Sem mordaças,
desespero, dores, mas sim!
afectos, poemas, amor
Mas virás de mãos
dadas com a liberdade

Lisa
















Foto google:

10 comentários:

Mona Lisa disse...

Um dia virás de mãos dadas com a liberdade...

Liberdade da qual apenas existe o nome...

Um dia, quem sabe!!!

Belíssimo poema.

Beijos.

Flor de Jasmim disse...

É essa liberdade que nos estão a querer roubar,
Excelente forma de expressares o teu grito.

Beijinho e uma flor

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga lindo poema.
Bom domingo
Beijinhos
Maria

BlueShell disse...

Sem mordaças....

Adorei
BShell

Flor de Jasmim disse...

Voltei para desejar uma boa semana e deixar o meu beijinho e uma flor

Maria disse...

Quem dera que esse dia não tarde...
Querida Lisa, ando tão afastada dos blogues... desculpa.
Deixo-te um beijinho de muita amizade.
Maria

tulipa disse...

SONHEI...

SONHO LIBERDADE

Belíssimo poema LISA.

Vou usando a minha
liberdade de expressão,
bem como
toda a minha sensibilidade
fazendo fotos,
as quais, depois
me dão grandes alegrias...

Num outro post eu coloquei as outras fotos vencedoras
só AGORA
fiz um post com a minha foto vencedora.

Convido-te a ver os meus
"MOMENTOS PERFEITOS"
porque vais encontrar uma surpresa,
além do que já te disse.

Beijinhos e óptimo FERIADO
(o último 1 de Novembro a ser gozado)

Graça Pereira disse...

Aqui está um poema com uma futurologia que todos desejamos: ser felizes em liberdade.
Parabéns pelo poema.
Beijocas
Graça

pico minha ilha disse...

Plenos de paz,amor e alegria,a liberdade se fará sempre com o sorriso duma criança.

pico minha ilha disse...

Plenos de paz,amor e alegria,a liberdade se fará sempre com o sorriso duma criança.