terça-feira, abril 24, 2012


Um dia virás a florescer na aurora
trarás nas bocas sedosas a esperança
o riso de uma criança, a verdade
Um dia virás, trarás a alegria aos tristes
O abraço,o canto,o peito ao vento
num dia de primavera,e asas de gaivota,
uma flor vermelha, e novo despertar de outrora


Lisa



6 comentários:

BlueShell disse...

"um dia"...
sim...porque HOJE querem derrubar a Verdade, a Liberdade , oSonho...

Te abraço

Mona Lisa disse...

Um dia...SIM! A esperança não pode morrer!

Beijos.

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Amiga neste caso não será uma rosa mas sim os benditos cravos vermelhos que por sinal este ano até foram bem poucos.
Tentar conciliar-te com as medidas estabelecidas pelo mundo é uma pretensão vã.
Mantém-te em contacto com os teus próprios desejos e procura a vida no mais profundo do teu verdadeiro ser.
Beijinhos de luz e paz na tua vida.

Lilá(s) disse...

Sinto os jovens que deviam ter alguma garra demasiado indiferentes e irresponsáveis...mas esperemos que sim, um dia...
Bjs

Ana Martins disse...

Lisa, boa noite!
Gosto de poemas de esperança e gosto mais ainda nesta altura em que a esperança começa a escassear.

Quanto ao modelo do meu blog, como deves calcular, encontrei-o na net, como gostei muito dele e é grátis coloquei-o no blog.

Beijinho,
Ana Martins

Secreta disse...

Olá! Vim visitar-te e desejar um bom fim de semana.
Beijito :)