quinta-feira, março 15, 2012

As palavras por vezes sai de forma espontânea e abertas,  nos dias que correm muito haveria que dizer e falar. Constato realmente que não é ilusão óptica mas sim, desmotivação por parte das pessoas, tristeza por motivos vários, porque a vida de repente para alguns virou  a noventa por cento. Hoje ao passar pela cidade,a mesma parecia morta, ala que se faz tarde para chegar a casa, os lagos secos sem água, as flores com sede, isto derivado a seca extrema que se faz sentir.E para que não baste todos estes problemas, logo outros a seguir, pouca gente nas ruas, cafés vazios ou pouca gente, comerciantes a porta sem clientes lá dentro; de repente fiquei desanimada e direi até "doente" com tanta desilusão,até o talho não tinha ninguém lá dentro, só os empregados, esperando alguém entrar, ao que se chegou.
Precisamos todos a qualquer momento dar um murro na mesa, dizer basta de tanta incoerência e falta de sensibilidade humana ,os números contam em primeiro lugar depois as pessoas, assim se vive a cada dia infelizmente, muito mais haveria para falar...pronto, desabafei um pouco.



















foto google.

15 comentários:

Maria Luisa Adães disse...

Agulheta

É na realidade desolador o aspeto deste País.

Na Baixa Lisboeta, cenário de poetas e artistas tudo está a morrer.

Te respondi no m/blogs, mas vim
retribuir a visita que me encantou.

Abraço grande e aparece sempre que possas. És a pessoa que conheço, por aqui, há mais tempo.

Mª. Luísa

helia disse...

A vida realmente está um caos e o número de desiludidos e desesperados aumenta cada vez mais ! A miséria entre o nosso povo é cada vez maior ! Mas porque a" Esperança é a última a morrer..." tenhamos esperança em dias melhores.

Fernanda disse...

Desabafaste e fizeste bem, amiga Lisa.

A situação está péssima e vai piorar a não ser que as pessoas se insurjam nas ruas e principalmente não voltem a cair nas mesmas asneiras.
Quem nos governa foi pelo povo eleito. Parece que já não se lembram os que vão votar.
Enfim, uma tristeza mesmo, a constatação de que a economia já fraca, vai agora a pique.

Chuva, há-de vir no Verão, para estragar tudo.

Beijinho

Lídia Borges disse...

Empurrar as nuvens para se encontrar um lugar ao sol ou puxá-las para que a chuva acabe com a secura árida deste chão? Eis a dúvida.

Um beijo

Ana Martins disse...

Lisa, boa noite!
O clima que se vive é de desânimo geral, de repente, vimos as nossas vidas comprometidas, porque um bando de ladrões destruiu e roubou tudo quanto pôde.
Dói, ver todos os dias os nossos direitos violados e o poder de compra ameaçado. Dói, sentir que afinal como Portugueses não somos todos iguais, há os de primeira e os de segunda. Os de primeira, têm ordenados chorudos e não vão sofrer cortes, os de segunda, mal ganham para fazer face às despesas, são roubados descaradamente sem dó nem piedade e, se passarem fome, não faz mal.

Beijinho,
Ana Martins

Secreta disse...

O Mundo está uma lástima. O nosso País está uma desgraça. E, parece que "ninguém" está realmente interessado em fazer diferente.
Entendo e partilho da tua revolta.
Beijito.

Agulheta disse...

Maria Luísa.Obrigada pelas palavras,temos alturas que nos tiram do sério e sai.
Beijinho

Agulheta disse...

Olá helia.Penso que seja a primeira visita a este espaço ao qual agradeço.Sim a esperança nunca se deve perder,sempre teimar e teimar.
Beijinho bfs

Agulheta disse...

Amiga Ná. Sabes que como eu sendo da mesma terra temos o coração perto da boca,mas também somos solidários sempre.Olha amiga o povo parece uma Maria vai com as outras.
Beijinho

Agulheta disse...

Lídia. Se precisa urgente de chuva,já basta o que está mal.
Beijinho bfs

Agulheta disse...

Ana boa noite.Obrigada pelas palavras escritas aqui,estou em falta contigo do encontro para um café.Estes dias ligo.Beijinho fica bem

Agulheta disse...

Amiga Secreta.Ou as pessoas se entendem ou vamos ter um dia uma guerra pior do que as outras anteriores,vejo fome a mais,desgraça todos os dias.
Beijinho bfs

Mona Lisa disse...

Querem-nos tornar num país de mortos-vivos.

Beijos.

Flor de Jasmim disse...

Sabes amiga
Lutei muito,grávida mas levei muita porrada da policia de choque e voltaria a fazer tudo de novo porque acreditava, hoje estou a desacreditar, cada vez mais vejo interesses e não convicções.

Beijinho e uma flor

Felicidade disse...

Infelizmente é verdade sim, hoje em dia outros valores se levantam e se sobrepoem aos verdadeiros valores, o respeito o civismo a educação a saúde o trabalho, tudo está mal, o desânimo é total, pergunto "para onde irá tudo isto"?
Beijo