quarta-feira, dezembro 14, 2011

Tempo feliz é aquele que nos lembramos de quando éramos crianças.Dizem que os adultos crescem e deixam de ter sonhos e passam ao lado das coisas que o tempo marcou. Não; o tempo passou, ficamos mais velhos, mais sabedoria,mas os momentos ficam.Ainda hoje iria de olhos vendados a alguns lugares onde deixei o coração e pensamento.O cheiro ainda permanece em mim gravado na memória.
Agora depois de alguns cabelos brancos,e cada momento só meu, escrevo o meu livro,onde cada silaba é um pensamento e uma lembrança.
Nesta altura tenho muitas páginas começadas, penso acabar um dia,tarde ou cedo não sei,mas que vou continuar a construir o livro vou.Algumas coisas ficarão para recordar quem por aqui andar falará no meu nome,bem ou mal não importa fica.
Dizem que uma mulher para ser realizada deve ter filhos e escrever um livro,eu escrevo a cada momento,tenho páginas lindas cheias de amor e carinho,aquelas que não importa recordar,porque foram as pedras que atiraram,não conseguiram estragar o amor que sinto por aquilo que me rodeia e assim vai continuar,a essas folhas as amachuco para verem que não tem valor algum...em muitas vão ficar vezes sem conta o nome dos filhos,netos,pais e amor,a esses sim, devo muito da pessoa que sou.

Lisa


7 comentários:

Mar Arável disse...

Bjs tantos
Grato pela visita ao meu mar

Ana Martins disse...

Lisa, boa noite!
Aguardo esse dia e espero assistir na primeira fila. Um livro, é assim uma espécie de filho, ele nasce dos nossos pensamentos, vivências, emoções e sentimentos.

Para quando um café?

Beijinho,
Ana Martins

BlueShell disse...

Muito belo, sim...é isso que devemos fazer: ir escrevendo...para ficar algo de nós...para relembrar algumas coisas...outras nem vale a pena lembrar!
Adorável.
BShell

Maria Perdigao disse...

Minha querida Lisa que venha esse livro que de certo ade trazer muitos metros de mangueiras e muitos incêndios apagados nem que seja com o teu coração.
Desejo para ti e para tua escrita tudo de maravilhoso uma mulher não se mede pelo tamanho mas pelas pegadas que deixa um dia quando partir.
Beijinhos de luz e muita paz...

Mona Lisa disse...

Olá Lisa

Espero ansiosa o desabrochar do teu novo "rebento"

Bjs.

BlueShell disse...

Voltei para reler e deixar um bj

Anónimo disse...

Um livro que escrevemos desde que nascemos.Aos poucos crescemos,nos tornamos adultos e,aí o livro se escreve de novas páginas,de novos amores...é o marido,os filhos,depois os netos e,assim vamos escrevendo páginas de vida,marcadas por muitos momentos doces,outros amargos,mas mesmo assim continuamos a folhear as páginas deste nosso livro.O livro da vida.Beijinhos

Salomé