sexta-feira, setembro 02, 2011


Procuro-te  - Procuro a ternura súbita, os olhos ou o sol por nascer
do tamanho do mundo, o sangue que nenhuma espada viu,
o ar onde a respiração é doce, um pássaro no bosque
com a forma de um grito de alegria. Oh, a carícia da terra,
a ...juventude suspensa, a fugidia voz da água entre o azul
do prado e de um corpo estendido. Procuro-te: fruto ou nuvem ou música.
Chamo por ti, e o teu nome ilumina as coisas mais simples: o pão e a água,
a cama e a mesa, os pequenos e dóceis animais, onde também quero que chegue
o meu canto e a manhã de maio. Um pássaro e um navio são a mesma coisa
quando te procuro de rosto cravado na luz. Eu sei que há diferenças,
mas não quando se ama, não quando apertamos contra o peito
uma flor ávida de orvalho. Ter só dedos e dentes é muito triste:
dedos para amortalhar crianças, dentes para roer a solidão,
enquanto o verão pinta de azul o céu e o mar é devassado pelas estrelas.
Porém eu procuro-te. Antes que a morte se aproxime, procuro-te.
Nas ruas, nos barcos, na cama, com amor, com ódio, ao sol, à chuva,
de noite, de dia, triste, alegre — procuro-te.

Eugénio de Andrade,in,palavras Interditas



11 comentários:

Maria disse...

Excelente escolha, também gosto muito de Eugénio de Andrade.
Amiga deixei no meu cantinho “SELINHOS – Presentes dos AMIGOS” - http://maria-selinhos-presentesdosamigos.blogspot.com/ - um miminho especial é o Selo “Este Blog eu Recomendo” o seu cantinho merece pois é um espaço onde a qualidade e o bom gosto estão sempre presentes em todos os posts.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Maria disse...

Lisa o selinho está no meu cantinho de selos " SELINHOS - Presentes dos AMIGOS", deixo o link directo:

http://maria-selinhos-presentesdosamigos.blogspot.com/2011/09/selinho-este-blog-eu-recomendo.html

Bom domingo e uma excelente semana.
Beijinhos
Maria

Maria Luisa Adães disse...

Procuro-te
e a beleza forte de Eugénio de Andrade. Adoro e amei encontrar-te, amiga de longa data.

Ainda tens blogs no sapo, onde te conheci? Eu já fechei o principal, mas editei tudo ou quase, quanto lá escrevi.

Fiquei com o blogs dos Prémios no sapo, onde escrevo prosa sobre variados temas atuais e recebo os prémios dos amigos. Indo aos
"7degraus", ao cimo, direita, clica na palavra "premios-clique para ver" - é bastante interessante

Se um dia de nostalgia, como esse lindo poema que escreveste, te interessar - vai!

Um beijo e obrigada pela tua presença nos "7degraus",

Mª. Luísa

Espaço do João disse...

Claro, Eugénio de Andrade, procurava muitas coisas e, eu também continuo a procura:-
Procuro que os homens encontrem a paz.
Procuro quando os homens deixam de usar óculos escuros para que outros não reparem para onde estão a olhar.
Procuro a luz no meio da escuridão para que me consiga guiar.
Procuro no desconhecido o conhecimento.
Procuro tanta coisa nas palavras que o som não me deixa ouvir.
Tanto vou procurar, que me esquecerei do que procuro.

João Sousa.

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Minha querida Elisa adoro os poemas de Eugénio de Andrade não todos mas alguns este por sinal é muito bonito.
Amiga só te quero lembrar uma coisa como amigas que somos, uma vez tu postastes algo sobre o 25 de Abril e eu te tentei dar a minha opinião por aquilo que tinha passado, e, tu não gostastes.
Eu respeitei, e, jamais te voltei a falar do assunto, agora sou eu quem te pede deixa que eu escreva aquilo que me vai na alma e no meu coração, ou me deixam desabafar ou fecharei o blogue para sempre e eu não quero.
Como tu tem mais pessoas a fazer o mesmo eu sei de ante-mão que não é por mal mas eu fico triste porque eu só sei escrever assim sobre coisas da minha vida e daquilo que me dá alegrias e tristezas desejo para ti que continues a ser minha amiga porque eu serei sempre tua sem qualquer restrição.
Te deixo os meus beijinhos de luz e paz na tua vida sempre amiga...

Agulheta disse...

Obrigada Maria.Vou lá buscar o "prémio" selo que gostaste de oferecer,ao qual recebo com toda a amizade.
Beijinho

Agulheta disse...

Maria Luísa.Obrigada pela opinião o que é sempre salutar para quem posta.Ainda tenho os blogs no sapo e não deixo,vamos entrar no inverno e temos mais tempo por casa,é uma forma de se ocupar algum tempo livre.
Estes dias vou fazer uma visita ou seu blog no sapo.
Beijinho

Agulheta disse...

Amigo João.Tanta força de procurar meu amigo,até eu gostaria de ter alguns pensamentos que foca aqui.
Abraço

Agulheta disse...

Amiga Graciete.Obrigada pela opinião sobre este escritor que gosto muito.
Sei que uma pequena quarela de opinião nun celebre dia,mas tudo de esvai como um sonho.Quanto a escrever o que sente,quem sou eu para dar palpites do que deve fazer,se a sua alma assim pensa deve escrever,eu não tenho nada contra,só falei para levantar um pouco o seu "astral" como dizem os irmãos brasileiros,como sou um pouco optimista tento sempre ajudar o que fiz durante muito tempo com todos sem excpeção, de resto faz o que bem achar a amizade continua como até aqui.
Beijinho com carinho e amizade, fique bem desejo

AFRICA EM POESIA disse...

Minha amiga

Ser amigo
E muito importante para mim...
A amizade é algo que devemos cuidar com muito carinho e regar todos os dias como se de uma flor se tratasse.

Pelo meu amigo eu vou até ao inferno.

Um amigo e um livro dois amores...
que são um pouco de mim...
beijos.

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Lisa meu amor eu te adoro e prezo muito a nossa amizade, mas meu anjo não leves a mal pois eu estes últimos dias tenho sido metralhada mesmo através de email por escrever coisas tristes.
Mas meu amor todo o poeta tem o seu quê de tristeza e tu sabes que quando eu vim para os blogues foi mesmo para deitar cá para fora tudo que me recalcava a minha alma, muitas vezes os meus poemas nem sequer tem a ver nada como me sinto mas são as rimas que eu vou encontrando, porque eu nada percebo de poesia nem sequer sei as simetrias nem nada então tive um senhor que é critico e me deitou a baixo com tudo isso e eu além de ter estragado o trabalho que fiz perdi"entre" os comentários dos amigos.
Te peço que não fiques magoada comigo é o que menos eu quero é magoar seja quem for, lembrei-me daquela só para te dizer que nós o ser humano quando está em baixo tem dificuldade em se levantar.
Agradeço de todo o coração o teu carinho em me puxares para cima mas nesta altura do campeonato já será um pouco tarde pois eu hoje tento ver a vida com um dia de cada vez.
Desejo para ti tudo que Deus tenha de bom para te dar e acredita que prezo muito mas muito a nossa amizade, beijinhos de luz e muita paz na tua vida...