terça-feira, maio 10, 2011

Como tenho dito várias vezes gosto de andar pela manhã e ir ao encontro de quem passeia,ou simplesmente fala em alegre cavaqueira na mesa do café,hoje menos visitada perante a crise que nos habita dia a dia, e veio para ficar dizem.Pelo menos a meio da manhã sinto falta  do tal café,hoje quando o estava a tomar e longe de casa vejo que o mal é comum.Alguns pescadores se queixavam uns para os outros,que os espanhóis levam tudo e eles nada,pescam com malha ou (redes) diferentes e tudo que vem a ela é peixe.Ouvi e pensei se será tudo verdade,e como o Tomé ver para crer,me desloquei a lota e o peixe "nosso" era mais caro que no supermercado? Então ficamos como,ainda dizem gastar português...nesta forma de ver não sei se será bem assim,cada dia os euros custam mais a sair da carteira,então vamos a quem vende mais barato.

Lisa

2 comentários:

alegria de viver disse...

Olá querida amiga

Estamos numa fase difícil, mas eu acredito no povo quando diz, que depois da tempestade vem a bonança.
Se Deus quiser e Ele quer, vai melhorar.

Com muito carinho BJS.

Mona Lisa disse...

Olá Lisa

O mal é esse!!!

Num momento de crise o que conta é a "bolsa" e os nossos produtos, mesmo que melhores, são sempre mais caros e isso pesa no orçamento familiar.

Há que repensar!!!

Bjs.