quinta-feira, fevereiro 03, 2011


Verde
Como era verde este caminho!
Que calmo o céu! que verde o mar!
E, entre festões, de ninho em ninho,
A Primavera a gorjear!...

Inda me exalta, como um vinho,
Esta fatal recordação!
Secou a flor, ficou o espinho...
Como me pesa a solidão!

Órfão de amor e de carinho,
Órfão da luz do teu olhar,
- Verde também, verde-marinho,
Que eu nunca mais hei de olvidar!

Sob a camisa, alva de linho,
Te palpitava o coração...
Ai! coração! peno e definho,
Longe de ti, na solidão!

Oh! tu, mais branca do que o arminho,
Mais pálida do que o luar!
- Da sepultura me avizinho,
Sempre que volto a este lugar...

E digo a cada passarinho:
"Não cantes mais! que essa canção
Vem me lembrar que estou sozinho,
No exílio desta solidão!"

No teu jardim, que desalinho!
Que falta faz a tua mão!
Como inda é verde este caminho...
Mas como o afeia a solidão!

Olavo Bilac, in "Poesias

19 comentários:

A ilha eu e a poesia disse...

Olavo Bilac encanta com suas palavras.Beijinhos e bom fim de semana

Sonhadora disse...

Minha querida

Simplesmente lindo este poema de Olavo Bilac, que eu adoro, boa escolha.

Beijinho e bom fim de semana
Sonhadora

tossan® disse...

Nosso Olavo Bilac e você com esta generosidade poética a nos lembrar do esquecido pelos brasileiros. Beijo

Secreta disse...

Lindo!
Beijito de bom fim de semana.

Mona Lisa disse...

Olá Lisa

As saudades do amor aumentadas pelo aproximar da Primavera...

Bjs.

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Amigos/as já fui ao médico tenho os meus exames de diagnostico
Para fazer, foi-me dito que sofria de uma cefaleia aguda, mas estou muito medicada
Graças a Deus estou melhor, e, já posso vir aqui mas sem abusar.
Peço desculpa pelo tipo de comentários serem todos por igual
Eu não gosto muito mas foi a maneira melhor, para vos dar uma satisfação.
Porque quando gostamos dos nossos amigos sabemos que todos gostam de ter noticias nossas.
Espero dentro em breve tudo voltar ao normal, beijinhos de luz e muita paz em vossos corações, cada amigo que eu tenho é uma estrela a mais que nasce no céu.

alegria de viver disse...

Olá querida amiga

Que lindo, a poesia sempre me encanta.
Faz ótimas escolhas.

Com muito carinho BJS.

avesemasas disse...

Muito lindo Lisa.
Sempre muito interessantes e bonitas as tuas escolhas.

Beijinho,
Ana Martins

Maria disse...

Excelente escolha amiga, este poema de Bilac é lindo.
Passei também para lhe oferecer um miminho especial é o “Selo de Qualidade”, que recebi e que gostaria de partilhar consigo, pois o seu blog merece sem sombra de dúvidas este presente. Está no meu cantinho “SELINHOS – Presentes dos AMIGOS”
Tenha um Domingo maravilhoso
Beijinhos
Maria

Laura disse...

Juro que fiquei enternecida ao ler este magnânimo Poeta Brasileiro!

feliz da mulher para quem ele escreveu e cantou, de certeza que cantou com sentimento junto do chilrear dos passarinhos.

Um beijinho de feliz domingo para ti e os teus.

laura

Graça Pereira disse...

"Como era verde este caminho"....mas secaram as flores, perdeu-se o amor e ficaram os espinhos .
"No teu jardim,que desalinho!
Que falta faz a tua mão!
Como inda é verde este caminho...
Mas como o afeia a solidão!"

Maravilhosos versos que cantam a minha vida! Teria advinhado Olavo Bilac??
Beijo
Graça

Cristina Fernandes disse...

Como gosto deste poema e há tanto que não o lia... obrigada pela partilha.
Bjs
Chris

avesemasas disse...

Passei... Deixo um beijinho.

Ana Martins

Fernanda disse...

Querida Lisa!

Não me esqueci, só ando meia perdida no meio de aflições de amigos e de um pequeno acidente com o Pedro.

Sempre escolhes belíssimos poemas.

Espero que esteja tudo bem convosco.

Beijinhos
Ná e José

Secreta disse...

Passei para fazer-te uma visita :)

Agulheta disse...

Estes dias ausente desta página agradeço a quantos comentaram.As palavras todas elas com significado para mim.
Beijinho e todos e bem hajam pelo carinho

Maria disse...

Linda a poesia de Bilac. Confesso que conheço pouco a poesia dele...
Obrigada Lisa.

Beijinho.

Sonia Schmorantz disse...

Que linda escolha, um poema tão imortal quanto seu autor.
beijo

ZezinhoMota disse...

Lindo momento de leitura, e, bonita escolha da minha amiga.

Bjnhs

ZezinhoMota

A Poesia do Zezinho II http://zezinhomota1.blogspot.com