terça-feira, novembro 23, 2010



Em uma Tarde de Outono

Outono. Em frente ao mar. Escancaro as janelas
Sobre o jardim calado, e as águas miro, absorto.
Outono... Rodopiando, as folhas amarelas
Rolam, caem. Viuvez, velhice, desconforto...

Por que, belo navio, ao clarão das estrelas,
Visitaste este mar inabitado e morto,
Se logo, ao vir do vento, abriste ao vento as velas,
Se logo, ao vir da luz, abandonaste o porto?

A água cantou. Rodeava, aos beijos, os teus flancos
A espuma, desmanchada em riso e flocos brancos...
Mas chegaste com a noite, e fugiste com o sol!

E eu olho o céu deserto, e vejo o oceano triste,
E contemplo o lugar por onde te sumiste,
Banhado no clarão nascente do arrebol...

Olavo Bilac

8 comentários:

Cristina Fernandes disse...

O Outono onde crepita a poesia, deste grande poeta. Foi bom recordar, esse porto certo de palavras.
Beijinho Elisa,
Chris

poetaeusou . . . disse...

*
amiga,
que belo soneto !
,
E eu continuo a viagem,
Fantasma deslumbrador,
Seguido por tua imagem,
Seguido por teu amor.
Sigo... Dissipo a tristeza
De tudo, por todo o espaço,
E ardo, e canto, e a Natureza
Arde e canta, quando eu passo,
,
in-Olavo Bilac
,
conchinhas,
,
*

Graça Pereira disse...

A imagem é linda e nostálgica!
O poema de Olavo Bilac a condizer e...quase sinto o mesmo neste Outono que parte..." E contemplo o lugar por onde sumiste/ Banhado no clarão nascente do arrebol..."
Beijo
Graça

Dulce disse...

Outono cobrindo a cidade, outono envolvendo a vida, solidão, saudade... Bilac expressa muito bem sentimentos que chegam um dia - e as vezes chegam para ficar...
Lindo poema, Lisa.
Beijos e uma ótima tarde para você.

alegria de viver disse...

Olá querida amiga

Belo poema, a fascinante estação o Outono.

Linda semana, com muito carinho BJS.

Secreta disse...

Belissimo poema.
Beijito.

A ilha eu e a poesia disse...

Boa noite amiga!Espero que tudo corra bem.Também vou deitar que não consigo estar muito tempo sentada.Este poema de Outono e de vida que deixa saudade e um pouco de nós também.Beijinhos e boa noite

Maria disse...

Belas palavras de Outono. É aproveitá-lo que o Inverno está quase a chegar...

Beijo, Lisa.