segunda-feira, outubro 11, 2010



A vida é maravilhosa, mesmo quando dolorida. Eu gostaria que na correria da época atual a gente pudesse se permitir, criar, uma pequena ilha de contemplação, de autocontemplação, de onde se pudesse ver melhor todas as coisas: com mais generosidade, mais otimismo, mais respeito, mais silêncio, mais prazer. Mais senso da própria dignidade, não importando idade, dinheiro, cor, posição, crença. Não importando nada.

Lya Luft

11 comentários:

Carlos Albuquerque disse...

Mais senso da própria dignidade!
É bem verdade o que Lya Luft escreveu e a Amiga Lisa aqui postou.
Sejamos, portanto, uma ilha de onde se possam ver melhor as coisas.
Beijinhos

Mona Lisa disse...

Olá Lisa

Era óptimo que assim fosse, mas com a incerteza que paira sobre quase todos a tristeza e preocupação são uma constante.

Bjs.

Fernanda disse...

Querida Isa!

Como seria bom! E quem não gostaria!
Não é utopia, mas para este mundo em que vivemos, é!

Tem estado sol e agradável por aqui.
Qualquer dia temos castanhas, queres???

Beijinhos

alegria de viver disse...

Olá querida

Que lindo, achei maravilhoso, é bastante alto astral.
Amiga como sempre palavras ditas com muita sabedoria.

Com muito carinho BJS.

Secreta disse...

UM desejo comum, a muitos de nós, portanto.
Beijito.

Fernanda disse...

Querida Lisa!

Vim deixar-te beijos para ambos!

Se calhar vou a Braga no sábado, mas já soube que virás para Viana :((
Desencontros.

Falo contigo durante a semana.
Beijinhos

FlorAlpina disse...

Gostei de ler!
E como seria bom se assim fosse!

Bjs dos Alpes

Graça Pereira disse...

Não é possível? É utopia? Sonhemos então...fecho os olhos e já vislumbro essa ilha onde tudo é perfeito...consigo ver as pessoas felizes e as crianças brincam á vontade soltando alegres gargalhadas... Se calhar, hoje apanhei sol a mais....
Beijo
Graça

Dulce disse...

Utopia? Pode até ser, mas ainda assim, ainda que saibamos que o é, deveríamos mesmo tentar contribuir sempre para que isso fosse possível, não é, Lisa? Lya Luft é sempre tão lúcida!
Beijos e uma boa tarde para você.

Agulheta disse...

Aos amigos que comentaram,obrigados pela vista. E como disse alguns amigos,poderá ser utopia,se calahar a vida poderia ser melhor um pouco,se todos fossem diferentes com o proceder em cada dia.
Beijinho e bom fim de semana

Ana Paula disse...

Olá querida Lisa!
Tenho acompanhado o que vens adicionando sempre que posso, no entanto lamento muito não ter tido oportunidade para fazer comentários porque ler ainda posso mas escrever é difícil com uma "pimpolha" ao meu lado sempre pronta para carregar nas teclas logo que ponho o portátil ao colo:-) e lá a vou enganando “de vez em quando” colocando uma almofada em cima do teclado, mas não posso distrair-me um segundo porque ela já não fica muito tempo no mesmo sítio e só procura ir para sítios que não deve:-). À noite só me apetece "nanar" e já nem levo "esta criança" para a cama comigo, porque ao outro dia tenho que me levantar bem cedo. No fim-de-semana passado vim a casa mas dediquei-o às visitas à família, assim como ontem, especialmente para estar um bocadinho com a minha velhinha. Logo mais regressarei ao "trabalhito" de ser "Avó a Tempo Inteiro", tem que ser, são só mais uns dias!:-)
Adorei este texto e como sou uma sonhadora quero acreditar que é possível realizar essa ILHA.
Nesta altura em que todos andam "tristes" que haja alguém como tu que transmita esta positividade.
Bem hajas!!!!
Um grande beijinho repleto de carinho e um excelente Domingo!!!!
Paula