terça-feira, outubro 26, 2010


(foto google)

Baco

Andava por ali o Deus das uvas.
Por trás de cada cepa se ocultava.
Tinha os pés disfarçados em raízes
que prendiam a terra virilmente.
Tinha os olhos nos cachos reflectidos.
e a firmeza das parras acusava
que escondia seu sexo omnipotente.

Sebastião da Gama

8 comentários:

Fernanda disse...

Querida Lisa!

Abençoado o Deus Baco!

Que ricas uvas, que bom vinho!

Olha amiga, ainda hoje apanhei mais uvas ali no terreno ao lado da piscina, sabes? ao que fomos aos figos e às maçãs bichadas? mais ecológico não há, mesmo :))))

Tenho feito geleia e comido uvas todos os dias.
Estas são doces, e nesta altura estão mesmo docinhas.

Amanhã conto dar-te novidades que espero não serem más.
Digo-te só que fiquei preocupada hoje, amanhã logo se verá se infundadamente.
Espero bem que sim.

Beijos e já sabes, aparece sempre.

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Venho deixar meu carinho no poema de um poeta da minha terra, e era na linda serra da Arrábida onde encontrava a paz para os escrever,
parabéns a si que tão lindamente o escolheu pois ainda não tinha visto nada dele pelos outros blogues.
Beijinhos de luz e paz.

Maria Ribeiro disse...

O amor de SEBASTIÃO DA GAMA à terra que o viu nascer e que amou!
QUALQUER grão de areia pátrio lhe serve para a amar!
Beijo de
lusibero

mundo azul disse...

__________________________________


Poema e imagem em um casamento perfeito!
Obrigada, amiga...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

_____________________________

alegria de viver disse...

Querida amiga

Uma beleza essa imagem, fico com muitas saudades dos tempos das vindimas.
O poema tem a beleza das doces uvas.

Com muito carinho BJS.

Laura disse...

E pisaram-se as uvas
e as parras ficaram
hirtas
à espera de secar
para mais tarde
serem pisadas
e de agasalho irão servir
a quem nelas se acoitar
de tanto ao frio
andar!...


Muitos jinhos da laura

Eduardo Gonçalves disse...

Olá amiga Lisa. Que grande surpresa. Não esperava, se eu conhecesse este blog, Há mais tempo que a tinha convidado, mas eu sei que muita gente não gosta muito do Google. Obrigado pela surpresa. E o seu blog, já fás parte dos blogs, que eu sigo, Desejo-lhe um fim de semana tranquilo, porque o tempo está muito perigoso, para quem mora mos baixios, e para quem anda fora de casa. Beijinho e tudo bom.

Maria disse...

Querida amiga, excelente escolha, um poema lindo.
Tenha um maravilhoso fim de semana
beijinhos
Maria