sexta-feira, outubro 08, 2010



Álamo

Era Outono!
As folhas ressequidas
dançavam sem destino
embaladas pelo vento!
Seriam lágrimas de despedida?

Ou seriam antes
cabelos esbranquecidos,
pagando tributo
pela passagem do tempo?!

"retalhos do tempo"
António Manuel da Luz Cabrita

15 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
a dança do tempo,
ressequindo as folhas !
,
conchinhas outonais,
deixo,
,
*

Mona Lisa disse...

Olá Lisa

A dança do tempo que não perdoa...
O Outono da vida.

Bjs.

Ana disse...

Olá querida Lis!!!
Lindíssimo este belíssimo poema outonal alusivo ao Outono da vida. Também como as folhas ressequidas a nossa pele vai ficando enrugada, porque o tempo não perdoa...
Adorei!!!!!!!
Quero também agradecer-te tanto apoio que me tens dado e a força de seguir em frente na blogosfera. Tenho muita pena de não fazer os meus comentários neste teu belo espaço atempadamente, acho que sou sempre uma das últimas, o que não é hoje o caso porque não saí de casa devido ao mau tempo, mas mesmo aqui, nunca falta que fazer.
Desejo-te um maravilhoso fim de semana!!!!
Jinhos doces,
Ana Paula

Ana disse...

Tenho que perceber porque nem o teu Blog nem o da Laura não aparecem na ordem da entrada de novas mensagens, ficam sempre no fim da minha lista.
Deve faltar algo nas vossas definições, vou descobrir e depois digo-te para alterares.
Jinhos doces

Fernanda disse...

Querida Lisa!

Ai o Outono e esta chuva que parece que veio para ficar!

Amiga, sinto exactamente o que diz o poema... que são os anos a passar!

Temos que beber uns licores juntas a ver se nos passa a nostalgia.
Passa cá que levas uma garrafa! Nem sei como ainda não provaste os meus licores.

Beijos

alegria de viver disse...

Olá querida amiga

Obrigada pelas lindas palavras.
Belo poema.

Com muito carinho e um fim de semana de paz BJS.

Maria disse...

Gosto do Outono e da dança das folhas ao vento. E tenho por aqui tantas...

Beijo, Lisa.

Ana Martins disse...

Boa noite Lisa,
cheguei tarde, a más horas, mas cheguei.
Também gostamos muito de a conhecer, é muito bom estarmos assim frente a frente, com alguém que já nos é familiar, e, poder desenvolver os laços de amizade, estreita-los, torna-los reais.

Deixo um beijinho amigo, com votos de um excelente fim-de-semana,
Ana Martins

Graça Pereira disse...

O Outono, presupõe logo um outro Outono...o da vida! Serão lágrimas e folhas ressequidas?
Mas o Outono ( quando não chove ) é bonito, dourado acastanhado e amarelo avermelhado... Tambem a passagem do tempo por nós...deixa coisas tão bonitas capazes de se tornar poesia.
Beijo e bom fds
Graça

Laura disse...

Pagando tributo pela passagem do tempo, e, na verdade tudo se paga hoje ou amanhã..


Tudo se paga
tudo a vida nos cobra
tudo o que se recebe
amanhã teremos de dar
por isso não queiramos
de com a vida
nos endividar...

escrito aqui e agora.. beijinho da laura

José disse...

Olá Lisa!

No Outono da vida, não são só os cabelos embranquecidos, pior ainda são os caídos, e não é o vento, é o tempo.
Apareça sempre, gosto da sua companhia.

Beijinho,
José.

Maria disse...

Lindo poema. Gosto do outono, das folhas que voam sem destino embaladas pelo vento. O outono vem chegando devagarinho para mim, mas não me importo, quero apreciar bem todas as estações que vão passando na minha vida. Todas elas têm uma magia muito especial.
Tenha um sereno e feliz fim-de-semana.
bjs do tamanho do infinito,
Maria

ErikaH Azzevedo disse...

Bem , aqui é primavera, mas o outrono é a estação que melhor me representa, sobretudo pela renovação, pelas metáforas de mudança...e nada em mim permanece constante , nenhum folha se sustenta em minha arvore por muito tempo.

Primeira visita a ti, já me avizinho por querer voltar.

Um beijo

Erikah

♥.•:****-franciete-****:•.♥ disse...

Minha querida o Outono é a nostalgia que o poeta sente quando as folhas começam por abandonar a árvore, e os pintores a inspirarem-se nessas cores lindas de vida que vai passando.
Beijinhos de luz e paz

Flor ♥ disse...

O outono, as folhas, o tempo... a cada estação, suas cores!

Beijos, e obrigada pelo carinho!