sexta-feira, maio 14, 2010



Com o fim de semana na porta,que poderei dizer aos amigos que por aqui vem.Saúde, paz,felicidade,e muito amor.São bens essenciais para que a vida tenha outro sentido.Todos sabemos que muita coisa está mal,não só para uns mas se calhar para muitos,mas se houver,um pouquinho do que disse anterior,melhor será para enfrentar a nostalgia que nos acompanha nos dias que correm.Como tal um poema que adorei e dedico aos amigos neste fim de semana.

Repouso!

Dá-me tua mão
E eu te levarei aos campos musicados pela
canção das colheitas
Cheguemos antes que os pássaros nos disputem
os frutos,
Antes que os insetos se alimentem das folhas
entreabertas.
Dá-me tua mão
E eu te levarei a gozar a alegria do solo
agradecido,
Te darei por leito a terra amiga
E repousarei tua cabeça envelhecida
Na relva silenciosa dos campos.
Nada te perguntarei,
Apenas ouvirás o cantar das águas adolescentes
E as palavras do meu olhar sobre tua face muito
amada.

Adalgisa Nery

20 comentários:

Céci disse...

Olá minha amiga!

Não sei se voltei mesmo, mas lembro muitas veses de ti e de alguns amigos a quem visitava, tu és uma pessoa muito especial, não só pelo que escreves, mas tb pela tua sensibilidade, é muito bom ser comentada por ti, e ler o que escreves, ou postas, muito obrigada.

O teu poema é lindíssimo!
Bjinhos

Céci

Mona Lisa disse...

Olá Lisa

Temos que levantar a cabeça, seguir em frente e dar a mão a quem mais precisa...

Bjs.

Agulheta disse...

Amiga Céci.Obrigada querida pelas palavras,a vida com pessoas como algumas que encontrei por aqui,teve outro sentido,uma partilha de afectos e emoções.
Beijinho
Lisa

Agulheta disse...

Elisa.É isso minha amiga,tento fazer o melhor que sei,mas sempre ajudar.
Beijinho bfs

Lídia Borges disse...

Obrigada por este belo poema.

Tenha um bom-fim-de-semana.

L.B.

O Profeta disse...

Hoje ofereci as cores da minha paleta
A uma amiga na sua dor
Ouvi seu choro ao meu ouvido
No fatalismo do desamor

Hoje o sono acordou-me
A nostalgia agitou suas asas cinzentas
Esqueci no acordar o ultimo abraço
E contei as nuvens que eram tantas


Doce beijo

Maria disse...

Querida amiga, lindíssimo poema.

Tenha um magnifico fim de semana, cheiinho de felicidade.

“A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade.” Carlos Drummond de Andrade

Bjs do tamanho do infinito
Maria

José disse...

Olá amiga Lisa!
No poema diz "antes que os insectos
se alimentam das folhas entreabertas"
Aqui na vida real os parasitas, já comeram tudo, eles comem sempre tudo,e a gente serenamente vamos vendo, e pouco mais se pode fazer.

um bom fim de semana
um beijinho,
José.

FOTOS-SUSY disse...

OLA LISA, BELISSIMO POEMA...VOTOS DE UM FELIZ FIM DE SEMANA AMIGA!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

alegria de viver disse...

Olá querida amiga
Belo poema, Repouso é natural e cheio de natureza.
Obrigada pelas lindas palavras.
Bom fim de semana.
Com muito carinho BJS.

Sonhadora disse...

Minha querida
Lindo poema, para inicio de Fim de semana.

Beijinhos
Sonhadora

Dulce disse...

Um lindo poema, minha querida amiga. Mãos estendidas para mostrar um caminho, um momento... Lindo.
Obrigada
Beijos e boa noite.

Laura disse...

Belissimo, ah, quem dera que pegassem assim na minha mão!...
Bom resto de sábado e melhor domingo..da laura

Chris disse...

O caminho certo das palavras escritas...
Um beijo e bom fim de semana
Chris

Ana Martins disse...

Boa noite Lisa,
Um lindo post para desejar um bom fim de semana.
Obrigada por este momento.

Beijinhos,
Ana Martins

Graça Pereira disse...

Querida Lisa
Neste teu cantinho sempre tão agradável...esperava-me um momento de encantamento...o poema maravilhoso escolhido por ti e dedicado aos amigos que por aqui passam e lido devagarinho ao som das teclas de um piano... deu-me o toque de magia que ás vezes, todos precisámos para continuar o caminho...
Bem-hajas.
Beijo amigo e uma semana feliz.
Graça

Fernanda disse...

Querida Isa!

Obrigada pelos teus votos e pelo belíssimo poema.
Cheguei tarde, o fim de semana já foi.
Hoje esteve bom, bonito o dia, mas tenho estado em baixo de forma.
Hoje acho que com o sol que apanhei já estou a 90%.
Amanhã falo contigo.

Muitos beijinhos para ti e para o João,
da sempre e (e)ternamente amiga,

Sonia Schmorantz disse...

Belíssima escolha!
beijo

Nilson Barcelli disse...

O fim-de-semana já passou. Mas daqui a 5 dias há outro...
O poema é belíssimo. Gostei imenso.
Querida amiga, boa semana.
Beijo.

Agulheta disse...

Aos amigos que comentaram! Obrigados pela amizade,a mesma é algo que deve existir entre as pessoas,o meu carinho para todos.
lisa