sexta-feira, abril 30, 2010



Em Maio a poesia e pintada,pelas vozes e cores das papoilas.
É mês do cheiro a erva do campo que envolve o meu ser,ele tem o sabor das cerejas maduras, que minha boca saboreia.Do vermelho dos morangos selvagens que colho, na margem do rio.Em Maio pinto o coração de vermelho do trabalho e labuta,que vem até mim com suor e pão e luta.

Lisa

6 comentários:

Mona Lisa disse...

Olá Lisa

Maio, mês de Maria, das flores, do trabalhador...

Bjs.

Laura disse...

Maio o mês da luta que começou com as ceifeiras do Alentejo e diga-se, com toda a razão, pena que fosse preciso haver mortes e desilusão, ams, esta é a terra que temos e por mmais Maios que floresçam nas janelas a vida continua igual e o povo vai sofrendo eternamente...Um abraço da laura

Dulce disse...

Bom dia, Lisa.
Ah, maio é mesmo um mês especial. Por aqui o chamamos o Mês das Noivas, porque era o preferido para os casamentos. Hoje, não mais. E é também o Mês das Mães. As tardes de maio são lindas, azuis, calmas...
Beijos e um bom Maio para você.

Flor ♥ disse...

Minha tela encheu-se de flores, cores e perfumes...

Bom final de semana, Lisa!

Beijinho...

alegria de viver disse...

Olá querida amiga
Lindo, belo poema com sabor de alegria cheio de vida.
Com muito carinho BJS.

Maria disse...

Lindo o teu poema.
Estes dias são de trabalho intenso, por isso tenho menos tempo para a net. Desculpa.

Um beijo muito grande, Lisa.