sexta-feira, abril 16, 2010



Canção do amor Perfeito

O tempo seca a beleza.
seca o amor, seca as palavras.
Deixa tudo solto, leve,
desunido para sempre
como as areias nas águas.
O tempo seca a saudade,
seca as lembranças e as lágrimas.
Deixa algum retrato, apenas,
vagando seco e vazio
como estas conchas das praias.
O tempo seca o desejo
e suas velhas batalhas.
Seca o frágil arabesco,
vestígio do musgo humano,
na densa turfa mortuária.
Esperarei pelo tempo
com suas conquistas áridas.
Esperarei que te seque,
não na terra, Amor-Perfeito,
num tempo depois das almas.

Cecília Meireles

9 comentários:

Mona Lisa disse...

Olá Lisa

Adorei reler tão belo e sentido poema.

Penso que o tempo não mata a saudade.

Bjs.

Lisa

Maria disse...

Belissina escolha, não conhecia este poema, é lindo.
O tempo passa por nós tão veloz que mal pestanejamos já tudo é passado.
Temos por isso de aproveitar o melhor possível o momento presente, viver intensamente e apreciar todos os momentos antes que o "tempo" os leve e sejam apenas recordações.
Bom fim de semana.
bjs
Maria

Ana Martins disse...

Delicioso, muito bonito mesmo!

Beijinhos com votos de bom fim de semana,
Ana Martins

FOTOS-SUSY disse...

OLA LISA, BELISSIMO POEMA...COM MUITO SENTIMENTO...LINDA ESCOLHA...QUE TENHA UM FELIZ FIM DE SEMANA AMIGA!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

Maysha disse...

Ola Lisa, muito bonito este poema que não conhecia.
Dsejo-te um bom fim de semana, beijo carinhoso

Laura disse...

O tempo seca a saudade
envolta em brumas de mar
e a saudade acaba
por em saudade nos deixar...

Beijinho matinal com sabor a Domingo..laura

Lucília Ramos disse...

Lindo Amor-perfeito na imagem e no poema!

Um beijinho aqui te deixo e o desejo de um final de Domingo bem feliz.

♥*♥(franciete)♥*♥ disse...

Oi minha querida se todos os amores fossem tão perfeitos assim, o mundo tinha mais encanto e as cores do arco-íris.
Beijinhos de luz e paz, e um restinhos de Santo Domingo.

Agulheta disse...

Aos amigos que comentaram,obrigados pelo carinho e amizade presente.
Beijinho