sexta-feira, março 19, 2010



Hoje seria o dia de escrever só para ti.Mas eu faço isso muitas vezes,quando olho aquela estrela,que me guia e cintila para mim.Quando a noite eu a olho,sinto o acariciar da tua mão no meu cabelo loiro,o teu colo,e o calor do teu afago,que ainda sinto no meu silêncio! E penso em ti,no teu rosto e sorrio,a pensar como seria hoje.Logo não te vejo,o céu está encoberto,te sentirei sempre a qualquer hora,a olhares para mim...pai.
Lisa

13 comentários:

Ana Paula disse...

Que homenagem tão linda minha doce Lisa! Palavras lindas que traduzem sentimentos muito profundos e também muitas saudades. Adorei!
Onde ele estiver deve estar muito feliz por saber que há alguém que o ama tanto!
És linda miguinha!
Jinhos doces,
Ana Paula

wallper.lima disse...

Olá Elisa, cheguei até o seu espaço através da Elisa Fardilha, e sinceramente estou encantada, pois logo de cara me deparei com essa belíssima homenagem ao seu pai, e de certa forma me emocionei, com suas palavras e da forma que vc descreveu...pois me fez lembrar o meu pai, que também me faz mta falta. Gostei imensamente por falar de uma maneira que tocou meu coração.
Talvez vc ainda não saiba quem eu sou, mas somos vizinhas na Farmville, e espero agora, de hoje em diante me tornar sua seguidora, e poder conhecê-la mais de perto.
Quando sentir vontade de conhecer meu espaço, e meu trabalho, apareça, pois terei o imenso prazer em recebê-la.
Bjocas.
Waleria Lima.

José disse...

Querida amiga Lisa,que palavras tão lindas e doces,dedicadas a seu pai.
Mas tenho a certeza que seu pai,onde estiver se sentirá feliz,de ter uma filha com um coração tão nobre e doce, e isso também se deve ao carinho que ele lhe deu quando viveu.
Ontem também falei com o meu, através da brisa que se fazia sentir, não escrevi nada, porque ele não teve a felicidade de aprender a ler, e não me iria entender.

um bom fim de semana,
um beijinho grande,
José.

Laura disse...

Claro que sim Lisa, o meu vem falar comigo, dizer-me palavras ternurentas e contar um pouco da vida do lado de lá, porque eu sinto-o...Aquele abraço da laura

Mona Lisa disse...

Olá Lisa

Bela homenagem ao teu Pai.

Bjs.

Canduxa disse...

Lisa,

Linda homenagem ao Pai.
Também eu olho aquela estrela que brilha no céu e sinto a sua mão pousar na minha cabeça.

beijinhos

Sonia Schmorantz disse...

Quando a ternura
parece já do seu ofício fatigada,
e o sono, a mais incerta barca,
inda demora,
quando azuis irrompem
os teus olhos
e procuram
nos meus navegação segura,
é que eu te falo das palavras
desamparadas e desertas,
pelo silêncio fascinadas.

Eugénio de Andrade

Um lindo domingo e uma semana de paz e sucesso em tudo que fizer.
Um abraço

Sônia

EDUARDO POISL disse...

Lindo, lindo, muito lindo, bela homenagem.


Recomeçar é renascer para a vida
Reconstruir é reparar os danos
Siga em frente sem olhar p'ra trás
Não te censures, pois somos Humanos!
(Pequenina)

Te desejo um domingo com carinho
Abraços Eduardo

Braulio Pereira disse...

querida amiga

grato

pela tua visita e comentario

sempre me les obrigado

bom domingo

abraço!!

Fernanda disse...

Querida Lisa,

Amiga, desculpa se me ausentei. Já sabes a razão, mas devia ter tido um bocadinho pata ti, sorry, so sorry!

Os nossos pais são os nossos queridos pais, as nossas referências de vida, as que nunca se apagam.
Sabemos bem isso e valorizamos tudo o que nos foi dado, todos os momentos vividos na sua companhia.

Beijos e abraços
para ti e ara o João,
da Ná e do José.

Dulce disse...

Lindo, Lisa.
Aonde quer que esteja, ele está feliz e comovido com suas palavras, com seu amor.
Beijos

Secreta disse...

Aqueles que nos habitam o coração , nunca nos deixam sós.

Agulheta disse...

Em cada palavra escrita aqui,ficam sentimentos,alguns que me afloram de repente como a saudade,assim ficam.Aos amigos digo simplesmente,obrigados por vir aqui,sempre gratificante.
Beijinho a todos.Lisa