terça-feira, fevereiro 09, 2010



Na mão direita a caneta com que escrevo,
na esquerda o papel,onde coloco as frases
de cada palavra escrita,elas tem um significado
pode ser de amor,paixão, esperança!
Em todas elas tem poesia e um pouco de mim,
inconstante e irrequieta,onde os sentimentos se
se escondem em papeis amarrotados
serão cartas que ficaram por escrever não sei!
só sei que as escrevo,com paixão e gosto.
Pelas duas mãos se desdobram sentimentos
E no papel os escrevi,estavam na alma
Quando a noite cai,sou mais eu...nua e desprendida,
límpida de meu ser,assim sinto e desejei.

Lisa 09/02/2010

15 comentários:

Anónimo disse...

Beijinhos com amizade.Um abraço para seu filho e que tudo continue a correr bem.Aqui estamos a levar 2 injecções por dia (a coluna não dá descanso).Salomé

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA LISA,LINDO TEXTO/POÉTICO AMIGA...ADOREI!!!
ABRAÇOS DE CARINHO E UMA SEMANA FELIZ...!
FERNANDINHA

Laura disse...

Minha querida, a escrita torna-nos mulheres livres, seres livres e leva-nos para outra Dimensão, assim me sinto quando a poesia entra e me cutuca para escrever...Um abraço apertadinho da laura

Graça Pereira disse...

Querida Lisa
Este despojar-te de sentimentos, desnudando a tua alma, é maravilhoso!
Ficas mais solta entregando ao papel tudo aquilo que dorme dentro de ti e que tão bem sabes descrever.
Como vai o filho e tu?
Beijos para os dois.
Graça

Fernanda disse...

Querida amiga Lisa,

Peço desculpa se não te tenho visitado com a regularidade habitual.
Estou muito ocupada de momento e não consigo esticar mais o meu tempo.

Não li o seu post de hoje...mas deixo um beijinho e prometo voltar sempre que possível. Possivelmente já amanhã.

me, myself and I disse...

Olá, Lisa!
Passei para deixar um bjt e desejos de que tudo esteja bem.
Adorei a simplicidade da sua escrita...

EDUARDO POISL disse...

Lindo texto!!!

"... E de novo acredito que nada do que é
importante se perde verdadeiramente
Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas,
dos instantes e dos outros.
Comigo caminham todos os mortos que amei,
todos os amigos que se afastaram,
todos os dias felizes que se apagaram.
Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre."

Miguel Sousa Tavares

Desejo uma linda semana.
Abraços com carinho.

Secreta disse...

Sentimentos e emoções em palavras :)

Ana disse...

Querida Lisa acho que tens mesmo o dom da escrita.
Adorei este maravilhoso texto repleto de poesia e sentimentos.
Um grande e terno beijinho,
Ana Paula

LOURO disse...

Olá Lisa!
um texto/poético,lindo...
Parabéns!!! Gostei!!!

Beijinhos de carinho e amizade,
Lourenço

FOTOS-SUSY disse...

OLA LISA, MARAVILHOSO TEXTO...ESCRISTO COM MUITO SENTIMENTO...VOTOS DE UM FELIZ RESTO DE SEMANA AMIGA!!!
BEIJOS DE CARINHO,


SUSY

Carlos Albuquerque disse...

Como um pequeno texto, como este, consegue dizer tanto sobre quem o escreveu, mesmo com sentimentos escondidos em papéis amarrotados!
Beijinhos

Cadinho RoCo disse...

Escrever é um ato de entrega.
Cadinho RoCo

Fernanda disse...

Querida Lisa,

Que belos são os teus poemas amiga!
Maravilhosos!

Escreve sempre até que a mão te doa.

Parabéns.
Beijinhos e um abraço para ambos.
Ná e José

Agulheta disse...

Aos amigos que vieram dar a sua opinião!Obrigados pela sensibilidade e palavras.
Beijinho a todos.
Salomé
Fernanda&Poemas
Laura
Graça
Fernanda
My self,and
Eduardo
Secreta
Ana
Louro
Susy
Carlos
Cadinho Roco