quinta-feira, fevereiro 25, 2010

Cada dia que passa depois da tragédia que assolou a Madeira e sua gente, fico mais perplexa.Uns vem dizem que as vítimas foram tantas,depois vem outros e dizem ser diferente,agora pergunto quem fala verdade;depois dizem que nós os continentais é que não somos livres de expressão,eu continuo a dizer que somos.Se trata a todo gás do Funchal para turista ver,e as freguesias que ainda reclama ajuda,fica para quando.Se deve repartir o mar pelas aldeias,já dizia a minha avó,e penso que daqui a um ano ainda vamos ouvir,os mesmos a pedir ajuda.Até já se fala em festa das flores! Ainda não se enterraram os seus mortos,os seu governantes devem ter respeito pela dor humana. Eles ainda não tem condições para habitar,não tem comida nem roupas,e vejo os mesmos a se queixar de falta de ajuda?Será que as TV todas estão compradas...não acredito, e todas elas dizem o mesmo.Como já nos habituaram as loucuras será mais uma certamente.Ou brincadeira do Carnaval,como fazem alguns.

5 comentários:

Estrela d'Alva disse...

Passei...
Vim deixar um beijinho... =)

Estrela d'Alva

Braulio Pereira disse...

tenho pena da dor.

dos valores humanos

sem valor

o mundo precisa de mulheres
com paixâo como tu

beijo!!

Flor ♥ disse...

Estamos caminhando para um triste futuro, com as pessoas a cada dia mais insensíveis... parabéns pelo post!

Bjs.

tossan disse...

Que se dane o carnaval a Madeira que precisa ser mais feliz. Socorro! Beijo

Ana Paula disse...

Já disseste tudo querida amiga, quem sofre são sempre os pobres. Já assisti esta semana a alguém que se queixou numa reportagem e logo a seguir foram ajudar. É triste!!!!
Jinhosssssss