sexta-feira, dezembro 18, 2009



Nesta altura a emoção trava as palavras. As mesmas sai sentidas, e com tanta mágoa pela injustiça,o que se olha no dia a dia que nem tem explicação. As grandes superfícies tem tanta coisa que só chega para o bolso de alguns,outros entram e sai,de coração triste a contar os tristes tostões,"euros" que o seu bolso contem.Mas em contra partida,se lê que os hotéis estão cheios,para a passagem de ano que se aproxima,como pode haver tanta infelicidade para uns e tanta abundância para outros.Deviam os senhores políticos,descer as ruas e ver,como podem viver uns com tão pouco,entre os quais os reformados...pobres" porque os ricos não tem problema algum,vamos andar nisto sempre! Deviam ter um pouco de vergonha,deixar de fazer escravos da sorte os pobres,eu gostaria de ver Natal para todos sem excepção.
Lisa
foto:http://vintageimagesepostais.blogspot.com

22 comentários:

Fernanda disse...

Querida amiga Lisa,

É destas injustiças que estamos fartas,
É por se ver tanta ostentação em alguns e a maioria não ter nem para viver decentemente que o Natal (que devia ser todos os dias) não o é e nos deixa triste, desoladas.

Como te compreendo. Que frustração. Que país e mundo são estes?

Beijos a baraços
Ná e José

Eduardo Aleixo disse...

Lisa, tens um coração bom, sinto como tu...
Devemos seguir o teu exemplo: pensas nos outros e ages para que as coisas mudem...
Beijo

Graça Pereira disse...

Querida Lisa
No Presépio do teu coração irás acolher todos aqueles que, tal como Maria e José, não tinham lugar em lado nenhum e então, será Natal na mesma apesar do fosso social injusto na nossa sociedade.
Um santo e feliz Natal e um ano novo mesmo muito...NOVO!
Um beijo
Graça

FOTOS-SUSY disse...

OLA LISA, BELISSIMA POSTAGEM...INFELIZMENTE HA MUITA INJUSTICIA NESTE MUNDO...VOTOS DE UM FELIZ FIM DE SEMANA AMIGA!!!
BEIJOS COM CARINHO,


SUSY

Céci disse...

OLá querida amiga,

Como eu entendo este teu post, todos os dias faço perguntas a mim própria, como pode haver tanta desigualdade, como podem dormir bem as pessoas que teem demais, se se lembrarem que há tanta gente que não tem pão, não tem tecto, e muito menos Natal.

Muito bom este post.

Bjinhos

Céci

A. João Soares disse...

Desejo Feliz Natal e Vida Nova para todos, colaboradores, comentadores e visitantes deste blogue

Cumprimentos
João

me, myself and I disse...

Lisa,

Tudo o que está descrito é uma realidade, e a verdade é que, no Natal, muitos se lembram de prendas, de família e poucos das pessoas para quem o Natal, é, seguramente, a época mais triste do ano, por um conjunto infindável de vicissitudes. E é por essas pessoas, que nós, "afortunados" pela vida, temos que olhar e cuidar, não só agora, mas durante todo o ano.

bjs

Agulheta disse...

Querida Ná.Sim amiga as injustiças são muitas, mas devemos tentar que as coisas mudem em atitudes.
Beijinhos Lisa

Agulheta disse...

Eduardo.
Obrigado amigo pela comprenção e atitudes,assim devemos ser.
Beijinho e obrigado pela visita.
Lisa

Agulheta disse...

Amiga Graça.
Em cada palavra que escreveste eu senti o seu sentido,como tal tentarei fazer o melhor.
Beijinho e agradeço a visita e amizade Lisa

Agulheta disse...

Susy.
Se há injustiça amiga! Em cada canto e esquina vejo alguma.
Agradeço visita e comentário.
Beijinho Lisa

Agulheta disse...

Céci. Em cada palavra tua,é as minhas, desigualdade,falta de carinho,humanidade, e outros com tanto e até desperdiçam?
Beijinhos de amizade Lisa

Agulheta disse...

João. Obrigado pelo desejo, e retribuo de igual modo a todos.
Abraço Lisa

Agulheta disse...

Olá Verdinha.Até parece que nesta altura temos os pais natais da boa vontade em todos os lados,mas a vida tem outras voltas,que poucos compreendem. O que vamos tentando que ele seja menos madrasta nesta altura,onde muitos tem necessidades várias.
Beijinho e obrigada pela visita

Lisa

Laura disse...

Querida Lisa, quem não gostaria de ver todos melhor e nem falo só no Natal, mas no dia a dia, pobre de quem é pobre, pobre de quem é honesto! e pobre de quem não tem para ajuda routros, porque tendo, ajudariamos, mas!...do pouco que alguns têm, ainda ajudam só aos mais ricos, nada sobra e porque será? Uma coisa é certa, no amanhã de cada um se verá o que poderia ter feito e não fez...
beijinhos e feliz consoada em familia.laura

alegria de viver disse...

Obrigada querida
Concordo perfeitamente, o Natal é todo amor, e com o coração cheio de amor FELIZ NATAL BJS.

Maria disse...

Já tinha lido este post sem o comentar. Porque para o comentar teremos de falar na justiça social deste país que é o nosso. E sabemos como funciona, sabemos até que o snr. dono dos grandes hipermercados quer aumentar as horas de trabalho (é isto mesmo) aos trabalhadores a quem paga ordenados de miséria. Por isso esses trabalhadores vão fazer uma greve dia 24. Esperemos que todos tenham consciência e solidariedade e não vão fazer compras neste dia aos hipermercados.
O governo preocupa-se com o que lhe pode dar mais votos (ou não...) e nem sequer sabe quantas pessoas passam fome e frio, neste preciso momento, neste país.
É uma tristeza. E a solidariedade pratica-se todos os dias e não apenas nos dias próximos do Natal, embora eu perceba que nesta época nos toca mais...
Quantas mesas vão ter excesso de comida? E para quê? Apenas para mostrar que têm, porque depois quantas vezes vai para o lixo...

Beijinho, Lisa

Osvaldo disse...

Cara Elisa, como eu compreendo esta tua mensagem de revolta.
Tens toda a razão de a exprimires, mas sabes bem que os males da humanidade podem-se curar, mas sempre ficarão mazelas que nos lembrarão que nem tudo é perfeito.

bjs e Bom Natal.
Osvaldo

Agulheta disse...

Querida Laura. É verdade boa amiga,quem tem menos ainda partilha com os que tem pouco,agora outros me deixa a desejar.
Beijinho e grata pela visita. Lisa

Agulheta disse...

Alegria de viver. O natal deveria ser quando se tem as necessidades,para comer e viver condignamente.
Beijinhos Lisa

Agulheta disse...

Maria.
Sabes que eu já ouvi e lamentei esta proposta de 60 horas semanais! Andamos a lutar por 40 e vem esta cena agora, algum pratonato deve estar doido!
Beijinhos Lisa

Agulheta disse...

Osvaldo.
Agradeço a visita sempre agradável,sim a sociedade em si é muito egoísta, e o dinheiro sempre acima de qualquer gesto de humanidade.
Beijinho Lisa