quinta-feira, setembro 10, 2009



Noite de Sonhos Voada

Noite de sonhos voada
cingida por músculos de aço,
profunda distância rouca
da palavra estrangulada
pela boca armodaçada
noutra boca,
ondas do ondear revolto
das ondas do corpo dela
tão dominado e tão solto
tão vencedor, tão vencido
e tão rebelde ao breve espaço
consentido
nesta angústia renovada
de encerrar
fechar
esmagar
o reluzir de uma estrela
num abraço
e a ternura deslumbrada
a doce, funda alegria
noite de sonhos voada
que pelos seus olhos sorria
ao romper de madrugada:
— Ó meu amor, já é dia!...

Manuel da Fonseca

17 comentários:

Cöllybry disse...

Olá amiga, lindo este poema,não conhecia, o sonho que se liga mais à noite...

Tudo bem?

Terno beijo

Laura disse...

Bem, so acho que noite d esonhos (voada) não diz lá muito bem, se fosse, enevoada, isso sim, mas quem a escreveu é que sabe..

Beijinhos da laura..

Ana disse...

Olá miguinha boa noite!
Este belíssimo poema que relata uma noite de sonhos esquecidos, porque a paixão durou até ser dia. Adorei!!!
Não conhecia este fantástico poema e a imagem que o ilustrou é de grande beleza.
Beijinhos doces,
Ana Paula

Carlos Albuquerque disse...

Lisa,
Poesia de Manuel da Fonseca, sempre!
Obrigado por recordar este poema.
Beijinhos

Menina do Rio disse...

Breve espaço onde os sonhos povoam o céu do pensamento entre as estrelas!

Boa noite Lisa.
Bom final de semana pra ti
Com carinho

marius70 disse...

...a doce, funda alegria
noite de sonhos voada
que pelos seus olhos sorria
ao romper de madrugada:
— Ó meu amor, já é dia!...



A noite passou sem ser sonhada,a madrugada já quase rompe e o dia ainda não nasceu.

Dentro em pouco embarco no sonho, enrolo como feto e dormirei nos braços de Morfeu.

A cidade dos outros acorda mas a minha cidade adormecerá dentro de mim!

Tem um bom dia!

Carla disse...

que belo poema que aqui nos ofereces.
bom fim de semana
beijo

Carlos Albuquerque disse...

Lisa,
Tenho algo para si no meu blog. Passe por lá. Se o quiser aceitar leve-o.
Beijinhos

Agulheta disse...

Colybry! Penso que os sonhos nos afloram mais na noite,embora algumas vezes se sonhe de dia,nem sempre?
Beijinho tudo de bom Lisa

Agulheta disse...

Laura.Voada ou enavoada,é preciso sonhar,senão o tempo passa e os sonhos morrem.
Beijinho para ti. Lisa

Agulheta disse...

Ana.Olha amiga ontem não deu para a visita,realmente enquanto a paixão durar é sempre um belo sonho,mesmo que acabe breve.
Beijinho fica bem.
Lisa

Agulheta disse...

Carlos Alburqueque. Conheco alguns poemas e textos de Manuel da Fonseca,e acho magnificos.
Beijinho e bfs

Agulheta disse...

Verónica. Os sonhos sempre devem povoar os sentimentos,com estrelas ou sem elas,é preciso.
Beijinho de amizade Lisa

Agulheta disse...

Marius. Quem te visita sabe,que ouve boa música,cultura geral sobre este país,mas não te conhecia a veia poética,mas estamos sempre a descubrir do amigo.
Abraço e bfs

Agulheta disse...

Carla. Fico feliz por ter agradado aos amigos que aqui vêm,agradeço as palavras,retribuo bfs. Beijinho Lisa

Agulheta disse...

Carlos Alburqueque. Agradeço e irei recolher,e aceitarei de agrado. Beijinho bfs Lisa

Fernanda disse...

Amiga Lisa,

L I N D O !!!! demais.

Parabéns pela escolha.

Beijos