domingo, setembro 20, 2009



Entre o Mar e Montanha, eu escolherei o Mar! Pela serenidade de pensamento, o esvoaçar das gaivotas no cais. Sim do cais das recordações, do amor e de outros tempos que não voltam.
Dos livros lidos ao fim da tarde, onde via o sol a se esconder, dos passeios de mão dada, dos amigos que partiram e outros que ficaram.Saudade do vento que batia nas fases e onde a maresia nos trazia o cheiro a sargaço e alegria, do brincar na areia em criança, tudo isto lembro do mar.
Da montanha... gosto dela pelo espaço verde do esconder do sol no fim da tarde, onde pensamos que correndo montanha acima o vamos encontrar ali a nossa espera e apanhar nas mãos.O rebentar das árvores no começo da primavera, dos ninhos e tudo que a natureza nos oferece, deitar em verdes prados de erva, nas tardes de verão, o ouvir cantar os grilos...e onde a camomila nos dá o tom do amarelo da amizade.
Sentar na beira do riacho de pés descalços e sentir a água fresca do verão, por tal a montanha tem seus encantos da natureza.
Da chuva eu gosto a minha maneira, algo que muitas vezes não sabemos explicar o sentido, quando ela nos molha o rosto. Tem sua beleza é vê-la bater na vidraça em dias de inverno.Sentar Junto a lareira, e ela a molhar a terra.E nos dias de desanimo nos apetece vir para a rua, abrir os braços virados aos céus e sentir o cair da chuva no corpo, como que seja o lavar das mágoas das nossas desilusões, e de tudo que nos rodeia.
O sol... esse que aquece os meus dias e me faz a alma cantar de alegria e boa disposição, que nos faz saltar da cama logo cedo para desfrutar este prazer que é o sol e a vida, que alguém um dia nos deu com carinho e amor! a isto eu chamo de mãe que é a natureza

34 comentários:

alegria de viver disse...

Olá querida
Bela homenagem á natureza, é tão lindo que a gente sente estar nesses recantos descritos.
Maravilhoso texto cheio de amor.
Com muito carinho BJS.

Flor ♥ disse...

Lisa, querida... essa escolha é difícil. Amo o clima da montanha, o verde, o perfume da mata... mas o mar, ah o mar... não consigo resistir!

Bjs.

Ana Martins disse...

Muito bonito este texto onde revelas muita sensibilidade e amor pela natureza... Gostei!!!

Beijinhos,
Ana Martins

Secreta disse...

A natureza sempre o nosso ponto de encontro .

maresia_mar disse...

Olá

e hoje que é precisamente o último dia de verão, já estou quase com saudades.
mando-te um beijo carregadinho de sol radioso

Dulce disse...

Lisa

Não sei se gosta de desafios, se os aceita (aqui na blogosfera, claro, porque no real enfrenta-os diariamente, isso eu sei), mas deixei la no "Em Prosa e Verso" um que me parece instigante. Se quiser aceita-lo é só passar por lá.
Beijinhos e boa semana.

Silvana Nunes .'. disse...

Bom dia, estou dando uma passeada pela net e cheguei até aqui através do blog da Dulce. Muito interessante o seu espaço, interessante demais. Eu estou de saída neste momento, mas prometo voltar com calma para degustar o que está escrito. Já marquei o território para não me perder.
Fique na PAZ.
Saudações Florestais !

Agulheta disse...

Alegria de Viver!É tudo isso que diz alegria,se todos os dias acordar com saúde e olhar em volta e ver coisas lindas sou feliz.
Beijinhos.

Agulheta disse...

Flor! Sei que a escolha é difícil,mas tenho muitas coisas em redor...mas o Mar continua a ser o preferido.Agradeço visita e amizade.
Beijinhos. Lisa

Maria disse...

Estou aqui a ler-te e saborear as tuas palavras e eu também prefiro o mar. Por tudo.
A Natureza é uma obra bem feita demais, há que a preservar para deixarmos este planeta pelo menos como o encontrámos...

Beijinho, Lisa

Agulheta disse...

Ana. Sempre foi uma coisa que respeitei, e ensinei a fazer o mesmo,e sei quanto é lindo o que nos rodeia que é de todos nós.
Beijinhos Lisa

Agulheta disse...

Secreta. É verdade amiga,e presso que assim seja,onde realmente sou feliz.
Beijinhos Lisa

Agulheta disse...

Olá Quina. Sabes que ontem quando escrevia nem me lembrei que era o fim do verão? Vamos ver o próximo como será,para já o tempo esta delicioso.
Beijinho de amizade Lisa

Agulheta disse...

Olá querida Dulce. Todos nós temos desafios e diz bem,os meus sempre foram mais fortes penso,vou passar no blog!
Beijinho amigo Lisa

Agulheta disse...

Olá Silvana! e fez muito bem em vir,o gosto é grande em receber os amigos nesta casa(blog)
Beijinho e seja bem vinda.
Lisa

FOTOS-SUSY disse...

OLA QUERIDA LISA, BELISSIMA POSTAGEM, EU GOSTO DA MONTANHA MAS PREFIRO O MAR...QUE TENHAS UMA OPTIMA SEMANA!!!
BEIJOS DE CARINHO E AMIZADE,



SUSY

Céu Vieira disse...

Olá Lisa, como está?
Obrigada pela passagem e comentário no meu blog.
Quanto a mim, é difícil escolher entre o azul do mar e do céu e o verde dos campos!...
A natureza é bela e perfeita, é o espelho do seu Arquitecto, Deus!... Façamos a nossa parte: Conservemo-la!
Querida amiga, se quiser dar uma olhadela no blog da Francisca, ele já está disponível. Veja os poemas dela e já agora, se não lhe custa faça um comentáriozito.
Obrigada
Beijinhos e um abraço grande

Céu Vieira disse...

O blog da Francisca é: http://poemasparasonhar.blogspot.com/
Obrigada
bjs

Meg disse...

Lisa,

Com foi bom ler este teu texto!
Sabes, o ser humano tem destas coisas... damos connosco a querer sempre aquilo que não temos...
Eu, que adoro o mar, que acordo e adormeço com os olhos nele, acho mesmo que não poderia viver longe dele, dou comigo, em véspera de férias, a sonhar com as tardes passadas na montanha, na paz que me transmite...
Por isso me revi neste teu belo texto... e o li com tanto prazer.

Um beijo

Vieira Calado disse...

Um mar de flores...

em fogo!

Bjs

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

Desde mis BLOGS:

--- HORAS ROTAS ---

y

--- AULA DE PAZ ----

quiero presentarme

en esta nueva apertura

del eminente otoño.

Tiempo que aprovecho

ahora para desear

un feliz reingreso en

la actividad diaria.

Así como INVITAROS

a mis BLOGS:

--- HORAS ROTAS ---

y

--- AULA DE PAZ ----

con el deseo de que

estos sean del agrado

personal.

Momentos para compartir

con un fuerte abrazo de

emociones, imaginación y

paz. Abiertos a la comunicación

siempre.


afectuosamente :
MAR DE CHAMAS





---- TE SIGO TU BLOG :

MAR DE CHAMAS ---






jose

ramon…

Agulheta disse...

Olá susy. Agradeço a visita e opinão sempre tão querida.
Beijinho

Agulheta disse...

Céu.Agradeço a visita sempre querida por estes lados,eu já foi ao blog da Francisca?.
Beijinhos. Lisa

Agulheta disse...

Meg.
É verdade amiga,quem tem mar pede a serra,quem tem serra deja o mar! vá se lá saber o gosto de cada um.
Beijinhos.
Lisa

Agulheta disse...

Vieira Calado! Como gosto de flores porque não fazer um mar?
Beijinho e agradeço visita

Agulheta disse...

Gracias Ramon Hola! Por venir y la amistad y las palabras de paz, siempre es buena para visitar a amigos e intercambiar ideas pura y pacífica.
Gracias Lisa

Maria José disse...

Que romântico. Que forma linda de falar. Quase pude sentir o cheiro, ver as cores, tocar com as mãos. Este blog me encanta. Beijos.

Céci disse...

Eu não escolheria, rss dividiria, adoro o mar de Inverno e a Montanha no Verão, cada um tema sua beleza.

Mas sobretudo adoro Viver e poder usufruir de toda a natureza.

Bjinhos

Céci

Fernanda disse...

Querida Lisa,

Um texto perfeito com som a poesia.Lindo.

Sabes ei«u não gosto nada de chuva, nem quando estou no conforto do lar junto à lareira. Sei que ela é preciso e tolero-a, mas dois dias de chuva e fico deprimida.
Frio e chuva, não gosto nada.

Entre a praia e o campo é como estou, mas se pudesse levaria a casa comigo mais para onde pudesse ver o mar sempre, sempre mesmo.

Beijos mil.

Agulheta disse...

Maria José. Fico feliz por sentir esse prazer,ler o texto e gostar do mesmo,para além da simpatia pelo blog.
Beijinho

Agulheta disse...

Céci. Verdade amiga,o mar de invernos faz confidências ao nosso ouvido e nos trás as saudades,sim devemos usufruir de tudo que a natureza trás ao nosso olhar.
Beijinho

Agulheta disse...

Querida Ná. a natureza já ela é poesia,basta o olhar e sentir dentro de nós. Tudo é preciso a meio termo,frio,e chuva,fazem um complemento.
Beijinho Lisa

Ana disse...

Um maravilhoso texto cheio de amor pela natureza. Como vivi sempre junto ao mar, ele fascina-me, mas adoro também o campo e desfrutar os aromas da vegetação. Vivi perto de uma rua que era ladeada de Tílias, acreditas que tenho saudades de inalar o cheirinho quando elas estavam em flor?:-) E o cheiro dos Pinheiros? E dum Eucalipto enorme que fica agora aqui perto do apartamento onde vivo?:-)
Adoro como tu a natureza e sinto-me feliz por ter uma amiga com a tua sensibilidade.
Beijinhos bem grandes,
Ana Paula

Agulheta disse...

Ana! Boa amiga, amar a natureza é algo que nasce com nós,comigo foi sempre assim, a minha mãe tinha sempre que estar atenta! Ia para um jardim próximo de casa e deitava junto do lago para olhar para os peixes? a simplicidade que hoje em dia poucos meninos gostam,tem outros devertimentos.
Beijinho de amizade Lisa