sexta-feira, julho 03, 2009

Não adormeças: o vento ainda assobia no meu quarto



Não adormeças: o vento ainda assobia no meu quarto
e a luz é fraca e treme e eu tenho medo
das sombras que desfilam pelas paredes como fantasmas
da casa e de tudo aquilo com que sonhes.

Não adormeças já. Diz-me outra vez do rio que palpitava
no coração da aldeia onde nasceste, da roupa que vinha
a cheirar a sonho e a musgo e ao trevo que nunca foi
de quatro folhas; e das ervas húmidas e chãs
com que em casa se cozinham perfumes que ainda hoje
te mordem os gestos e as palavras.

O meu corpo gela à míngua dos teus dedos, o sol vai
demorar-se a regressar. Há tempo para uma história
que eu não saiba e eu juro que, se não adormeceres,
serei tão leve que não hei-de pesar-te nunca na memória,
como na minha pesará para sempre a pedra do teu sono
se agora apenas me olhares de longe e adormeceres.



Maria do Rosário Pedreira

17 comentários:

Maria disse...

AMO os poemas da Maria do Rosário Pedreira.
Obrigada por esta partilha, Lisa.

Beijinhos

Estrela d'Alva disse...

Olá Agulheta,

Estou um bocadinho mais animada, e vim agradeçer o teu querido comentário no meu blogue!! Deus ouviu as minhas preces... senti-o, escutei-o... tal como a ti e aos meus outros amigos!

Quanto ao poema... LINDO!

Muitos beijinhos e mais uma vez agradeço o teu carinho =)
Estrela d'Alva

Ana disse...

Não adormeças é lindo! Adorei. Acreditas que não conhecia este poema fantástico! Tenho que o levar para um espaço de poesia que faço parte, o proprietário e meu amigo António Prates vai adorar, tenho a certeza!
Não te esqueças do que te disse no outro comentário, o selinho e o postal, sim?
Jinhosssssss

Ana disse...

Sou uma despistadinha da Silva, LOL. O selo já está falta o postalinho de Aveiro.
Jinhosssssssssssssssssssssss

bemviver disse...

Olá amiga, bela postagem, um poema de sonhos. Meu carinho BJS.

Menina do Rio disse...

Sempre há tempo para mais uma história antes de adormecer.

Texto muito bonita, Lisa!

Desejo que teu final de semana seja cheiinho de sol e alegrias

Fica bem, amiga

Um beijo

Sonia Schmorantz disse...

Que bonito! Não conhecia esta poetisa, gostei muito.
beijo e um lindo final de semana

Laura disse...

Realmente, tem alma a poesia e a sletras, mas que beleza de sentir e escrever..Muito belo..beijinho da laura..

Agulheta disse...

Olá Maria. Concordo contigo,já li alguma poesia dela e gostei bastante das palavras.
Beijinho

Agulheta disse...

Estrela D'Alva. A vida assim é amiga,nunca devemos de desanimar,esta amiga está sempre por aqui,escutando.
Beijinho bfs

Agulheta disse...

Ana. Li alguma coisa sobre esta poetisa,e gostei bastante das suas palavras,vou colocar o selo da tua cidade,obrigada pelo carinho e amizade.Beijinho bfs

Agulheta disse...

Bemviver! É sempre bom sonhar... ele comanda a vida? os sonhos,.
Beijinho bfs

Agulheta disse...

Menina do Rio. Eu gosto de ler um pouco antes de dormir,é para sonhar um pouco?
Beijinho bfs

Agulheta disse...

Laura. Todo o poeta é sonhador um pouco, realmente adorei como tu.
Beijinho no teu coração.

Agulheta disse...

Sónia! Se tenta partilhar aquilo que se gosta e escreve.
Beijinho bfs

Papoila disse...

Olá:
Adorei o poema não adormeças. Belo conjunto.
Beijos

Anita (Menina-Flor-Mulher) disse...

Poesia e imagem muito inspiradoras, gostei bastante.


Bjinhos.