segunda-feira, maio 04, 2009

A Luz levanta-se do Chão



(foto Net)

A luz levanta-se do chão
como a areia da praia na batida do vento,
as cidades espreitam o verão,à janela do azul.
e as árvores abrem-se em vitarais
onde se inscreven as fluências estacionais
que resplandecem no desenho e na figuração



mesclada dos tons que melam o entardecer,
a repique dos sinos,no campanário da vila.
As janelas abrem-se de para em par,
nos quatro rumos,um perfume sava e goivos
sardinheiras e amores perfeitos

Maria Filomena Almeida Cary

22 comentários:

Meg disse...

Lisa,

Só hoje, depois de uma semana (e fim de semana) de muito trabalho, retomo as minhas visitas aos blogs dos amigos.
E gostei de ler este poema, de uma simplicidade tão bela como o amor-perfeito que o acompanha.
Espero que tenhas tido um bom dia da Mãe.

Um beijo amigo

Pico minha ilha disse...

Lindo e simples este poema.O amor-perfeito me lembra muitos que aqui já tive,deitei na terra o ano passado mas não nasceram.Beijinhos amiga.
mandei mail

Papoila disse...

Querida Amiga:
Lindo poema e belíssimas as dias fotos! Este amor perfeito exala um perfume que atravessa a tela.
Beijos

Liar disse...

Que cheirinho bom ao entrar aqui!
Lindo!

Bjinho

Céci ((*_*))

Maria disse...

Que bela a fotografia do amor-perfeito... e que cor!
Lindo o poema, Lisa, obrigada.

Beijinhos

Hada disse...

lindo o poema... XD
Bendiciones

Carla disse...

um perfume de amores-perfeitos
beijos

Agulheta disse...

Olá Meg. Tudo bem comigo,o trabalho por vezes não deixa fazer o que se quer, a semana finda,foi um pouco assim comigo.
Beijinho

Agulheta disse...

Salomé. De coisas simples se fazem coisas belas, este tem muito a ver com minha forma de ser.
Beijinho amiga

Agulheta disse...

Papoila. Se os amigos gostaram, melhor eu fico porque trabalhei para eles! Numa amizade existe sempre uma flor.
Beijinho

Agulheta disse...

Liar. Para uma amiga,se pode oferecer um poema ou uma flor.
Beijinho

Agulheta disse...

Maria. Sabes adoro esta flor, por suas multicores que nos enchem de alegria.quanto a poesia,simples mas plena.
Beijinho

Agulheta disse...

Hada! Agradeço o carinho e palavras;te volvo una flor.
Beijinho

Agulheta disse...

Carla. Se todos os amores fossem assim! perfeitos? seria lindo para os corações.
Beijinho

Céu Vieira disse...

Que belíssimo poema com um amor perfeito tão bonito...
Gostei deste espaço!
Bem me disse a minha amiga Ana Paula que este espaço e esta pessoa era fantástica.
Vou voltar com mais tempo para ver tudo melhor.
Beijinhos amiga

Flor ♥ disse...

Que delícioso poema, Lisa... e a música, então, tão linda...

beijos e uma semana de paz!

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Olha,
a palavra parada;
Luta,
por letras ocultas;
Ouça,
os versos internos
Solta,
a nudez poética;
Escreva-se,
poesia
ao menos um dia,
Seja.

(Maísa)

Desejo uma linda semana com muito amor, esperança e carinho.
Abraços.
Eduardo Poisl

Agulheta disse...

Olá Céu. Obrigada pela visita e palavras! tento fazer um pouco o que gosto,falar palavras simples e de amizade.
Beijinho

Agulheta disse...

Flor. ainda bem que o teu sentido para as palavras e música,foi bom adorei saber.
Beijinho

Agulheta disse...

Eduardo. É sempre com a magia da poesia,que escreve palavras neste espaço.bem haja.
Beijinho

Ana disse...

Um poema maravilhoso pleno de um aroma suave e perfeito das flores que o ilustram.
Grande mensagem, adorei!!!
Jinhosssssssss

Agulheta disse...

Ana Paula. Agradeço a tua sensibilidade.
Beijinho doce de amizade.

Lisa