sexta-feira, março 06, 2009

O Mar é Longe, mas Somos Nós o Vento



O mar é longe, mas somos nós o vento;
e a lembrança que tira, até ser ele, é doutro e mesmo, é ar da tua boca
onde o silêncio nasce e a noite aceita. Donde estás, que névoa me perturba



mais que não ver os olhos da manhã com que tu mesma a vês e te convém?
Cabelos, dedos, sal e a longa pele, onde se escondem a tua vida os dá; e é com mãos solenes, fugitivas, que te recolho viva e me concedo a hora em que as ondas se confundem
e nada é necessário ao pé do mar.

Pedro Tamen

5 comentários:

Laura disse...

Nada como ir com o amor
visitar o mar
e vir de lá com o coração
a arfar!...

Beijinhos.

Maria disse...

O mar... é o mar...
é tudo!

Bom fim de semana, Lisa
Beijinhos

Maria Francisca Sousa da Silva disse...

Olá Lisa
Já não vinha a este teu cantinho, há algum tempo.
pois este não fica no alinhamento dos outros...mas hoje vim e já li os teus últimos posts, todos eles lindíssimos!
Quanto ao "MAR", acho que já sabemos que o gosto é comum!
E amar à beira mar ainda é melhor!!!
Beijos e boas marés.
Nada de fogos!
Beijos e amizade
Chicailheu

Menina do Rio disse...

Lisa querida, pra ti também Um Feliz dia da Mulher, não só amanhã, mas em todos os dias

beijinhos

Liar disse...

Olá

Passei por aqui para te dizer que foi bom conhecer o teu blogue, agradecer a força para escrever, com os teu lindos comentários, e desejar-te um dia lindo.

"Mulher é mesmo interessante, mesmo brava é linda, mesmo alegre, chora, mesmo timida, comemora, mesmo apaixonada, ignora, mesmo fragil é poderosa!"

Céci ((*_*)))