sexta-feira, março 27, 2009

Como a água meu amor



Como a água
meu amor
também as asas nos sacodem
no final do beijo

quantas páginas faltam?

se a fronteira é a das águas quem reprime a espuma
onde começa a praia?

no meu espelho o que via
era um homem de rosto voltado
de rosto voltado
para sempre
e uma linha de ombros onde as águas
e os teus lábios de espuma meu amor
me embaciavam

também ouvi chamar a isso
entardecer
idade
inclinação do sol

mas também cicatrizes ou sulcos como preferires
essa teia onde os dias marcam os seus signos
como as águas no solo meu amor
até furarem

Carlos Nogueira Fino

8 comentários:

Ana disse...

Olá querida Lisa!

Um lindo poema de amor, que desconhecia este autor. Escolhes poesias muito bonitas e belas imagens!
Aproveito para te desejar um maravilhoso fim-de-semana.
Jinhos doces,
Ana Paula

Maria disse...

Querida Lisa

Tu descobres cada poema... este é lindo!
Muito obrigada, Amiga.
Um bom fim-de-semana

Beijinhos

Meg disse...

Lisa,

Lindo este poema de um autor quase desconhecido.
Dele, também gosto de

pensar é uma palavra
primogénita
onde o ardor decanta das insígnias
os íntimos sinais
e o olhar é um silêncio enorme
e rumoroso

o delicado musgo
da memória


Um bom fim de semana.

Beijos
é a matéria-prima
do teu rosto

Carminda Pinho disse...

Vim deixar-te a minha solidariedade. Parece que os fogos aí por cima não param, Lisa.
Aproveitei, e li um belo poema de amor.:)

Beijos

Flor ♥ disse...

Oi, Lisa!

Ah... o amor! Que belo poema...

Um beijo grande e um excelente domingo, querida!

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDA LISA, COMO SÃO LINDAS AS TUAS PALAVRAS AMIGA... ADOREI AMIGA...ABRAÇOS DE CARINHO E AMIZADE,
FERNANDINHA

Maria Faia disse...

Olá Amiga,

Apesar de lentamente, vou encontrando tempo para revisitar os(as) Amigos(as), após o meu regresso à blogosfera.
Deliciou-me a poesia com que me recebeste de um autor que desconhecia em absoluto.
Poesia, Amor e Paz precisam-se nos tempos em que vivemos.

P.S. Há no Querubim uma petição que talvez te interesse subscrever.

Um beijo Amigo e votos de Domingo feliz,

Maria Faia

Sônia Brandão disse...

Suas postagens são sempre surpreendentes.
Beijos.