sexta-feira, fevereiro 13, 2009

Serenata do Adolescente



Que doentia claridade
a que me invade e me obsidia,
durante a noite e à luz da tarde,
à luz da tarde, à luz do dia!
Que doentia aquela grade
de insone e ténue claridade,
sob a avançada gelosia!



Passo na rua e nada vejo
senão a luz, a luz e a grade.
Ó lamparina do desejo,
porque ardes tu, até tão tarde?
E às vezes surge, entre a cortina,
aquela sombra vespertina
que me retém nesta ansiedade.



Se tens trint'anos? ou cinquenta?
Quis lá saber a tua idade!
Sei que em meus olhos se impacienta
fome da luz daquela grade!
Sei que sou novo, e que me odeio
porque me tarda — ante o teu seio —
queimar tão pobre mocidade!

David Mourão-Ferreira

A todos os amigos românticos e apaixonados que por aqui passarem! Amem muito cada um a sua maneira,por amor tudo vale na vida,e sejam felizes neste dia dos namorados.
Lisa

13 comentários:

Devaneios Poéticos disse...

O Devaneios é um blog que foi criado para aqueles que gostam de partilhar seus poemas e suas prosas.
A ideia de se criar o blog, partiu da existência do canal #Devaneios, existente no chat do mIRC. É um canal onde se partilha igualmente os poemas e os seus sonhos mais encantados.
Inicialmente, o blog tinha sido criado para mostrarem apenas poemas, mas como ainda há poucas pessoas que conhecem o blog, aceita-se que também enviem suas prosas para o email devaneios.poesia@gmail.com.
O blog está em http://devaneiospoesia.blogspot.com/. Espero que gostei. Ele foi feito para os que gostam de escrever e para aqueles que gostam de poesia.

Cumprimentos atenciosos.

Marisa Correia

Ana disse...

Olá querida Elisa!
Obrigado pelo teu comentário, parece que o "lencinho" te pertence já que vives um grande amor e ainda por cima no Minho.:-) Felicidades minha querida amiga, que essa "chama" nunca se apague e namora muitoooooo!!!!!
Já agora adorei este magnífico poema de David Mourão-Ferreira e as belas imagens falam por si.
Desejo-te um magnífico fim-de-semana.
Beijinhos grandes desta amiga de Aveiro,
Ana Paula

Ana Martins disse...

Muito bem festejado aqui o Dia de S. Valentim!

Beijinhos,
Ana Martins

Ana S. disse...

Muito bonito Lisa!
O amor inspira sempre a fazer coisas lindas.
Beijinhos

Pico minha ilha disse...

Um poema como que feito para este dia, que dizem ser do amor, amor é todos os dias para mim.Tentado andar um pouco por aqui, mas não sei se por muito tempo.Beijinhos e um bom Domingo por ai.

Maria disse...

É sempre excelente a poesia de David Mourão-Ferreira.
Obrigada pela partilha.

Beijinho, Lisa

FERNANDA-ASTROFLAX disse...

QUERIDA LISA, BELO POEMA AMIGA... O BLOGUE ESTÁ LINDO... UM ABRAÇO,
FERNANDINHA

Carminda Pinho disse...

Ó Lisa! Se nos acabasse o romantismo, ficávamos muito mais tristes e "velhas rabugentas". Não achas? :)))

Beijos e boa semana.

Menina do Rio disse...

Lindissimo, Lisa! Perfeito pra a ocasião. E quando amamos somos um pouco adolescentes, mas quem não é?

Está mui belo o teu blog com cores novas e sempre quentes.

Desejo que tua semana seja de muito amor.

Beijos de amizade

Roderick disse...

É assim mesmo!!! Amor a rodos!!!!

M@ disse...

Obrigado pela sua pronta amizade, é assim que se vêem os verdadeiros amigos.
Beijinhos
Manuela

Secreta disse...

O dia em que se celebra o Amor :)
Beijito.

Agulheta disse...

As amigas que aqui deixaram seus comentários agradeço,é realmente como a querida amiga Carminda diz?se o romantismo acabar,ficamos tristes e (rabugentas) tem razão,é por tal que sou bastante positiva,e para me deixar cair tem de ser uma grande coisa.
Beijinho a todas vós.

DEVANEIOS
ANA
ANA MARTINS
ANA SCORPIO
PICO MINHA ILHA
MARIA
FERNANDA
CARMINDA
MENINA DO RIO
RODERICK
MANUELA
SECRETA

Da amiga Lisa