terça-feira, janeiro 06, 2009

Lembra-te!


(Foto google)

Hoje vou dedicar este pequeno poema aos amigos que me visitam,com amizade e carinho,espero que ninguém o leve?Se o fizerem podem, desde que publiquem o meu nome.

Lembra-te

És um ser humano.
Tens o direito de sofrer e amar.
Errar e perdoar!
Não és perfeito.E por todos tens respeito.
Ouves aqueles que te falam.E a ninguém contas as tuas mágoas.
Lembra-te!
Existe sempre um amigo!Um verdadeiro amigo,em algum lugar.
Se não esqueces-te, podes contar comigo.
Não te sintas só!..porque só nunca estás,mesmo que seja grande a solidão.
Existe sempre alguém no nosso coração.

Lisa Janeiro 28 de Janeiro 2007

25 comentários:

mundo azul disse...

_________________________________

Obrigada pela oferta!

Um bonito poema homenageando os amigos...

Beijos de luz e o meu carinho!!!

_________________________________

Maria disse...

Muito bonito, Lisa.
Também estás no meu coração...
Obrigada, Amiga.

Beijinho

Mustafa Şenalp disse...

Çok güzel site. :)

tossan disse...

Sossega:
o teu amor
te ama.
Pelos caminhos
a perder de vistas.
Repare:
A porta está
sempre aberta,
basta sorrir
e entrar.

(tossan)
Em vez de comentar
eu fiz isto. Abraços

M@ disse...

Amiga Elisa, afinal já não encerrei o meu blog, muitas pessoas me disseram para não o fazer.
Obrigado pela sua amizade.
Assim dá-me mais Ãnimo para continuar.
Beijinhos
Manuela

Secreta disse...

Bonito poema :)
Obrigada.
Beijito .

Pico minha ilha disse...

Existe sempre alguém.Estou aqui.E também está aqui dentro.Beijinhos e obrigada.

Agulheta disse...

Mundo Azul! Por vezes apetece fazer poesia,mesmo que seja simples é de coração.
Beijinho

Agulheta disse...

Maria! Obrigada amiga,eu sei e gosto de saber.Beijinho

Agulheta disse...

Tossan! Agradeço o abraço e a amizade, sempre tão importante na vida.
Beijinho

Agulheta disse...

Manuela! Fico feliz em saber que não fechou o blog.Gosto de visitar.
Beijinho

Agulheta disse...

Secreta! Obrigada amiga pelo carinho e amizade.
Beijinho

Agulheta disse...

Uma Ilha! Eu sei que em algum lugar há sempre alguém especial.
Beijinho da Lisa

marius70 disse...

Obrigado Lisa e está descansada que não to levo!

:)

Agora a que te roubou o poema trancou o blogue dela, só lá entra os convidados!

Não tive tempo de retirar os endereços de quem lá tinha comentado para lhes poder dizer a eles que aquele poema é teu e não da tal Zita.

Há quem aqui comente que também comentou esse poema na tal Zita.

Foram iludidos e deram-lhe alvíssaras por um poema que não era dela.

Está aqui uma dessas pessoas. Não vou dizer quem é. Mas se ler este meu comentário e for uma das que têm acesso a este blogue

http://olharessobrereflexos.blogspot.com/

não se esqueça que o poema que lá está é pertença da Lisa e não da by Zita como ela lá colocou.

É que nas minhas demandas, tenho reparado em roubos descarados dos temas dos outros e o mesmo está a passar-se comigo.

Um sujeito, que até esteve na tropa no meu tempo, roubou um tema meu e colocou-o no blogue dele como se o mesmo tivesse sido escrito por ele, pois não faz referência ao autor que fui eu. Além de me roubar o tema até a imagem que ilustrava o tema também foi.


E assim vão lá os amigos, dizem que o tema até está bem escrito, blá, blá, blá... ele fica ufano enche os pulmões, bate no peito, dá dois arrotos e dorme descansado!

E num tema que é meu!

Há que desmascarar toda essa gentalha que se serve dos trabalhos dos outros para se sentirem realizados, pois a cabeça que têm em cima dos ombros só serve para catar piolhos mas nunca para pensar. Para pensar por eles estão cá os outros.

Á menina Zita (pois ela virá aqui) e a esse meu camarada de guerra que lhes faça bom proveito o terem roubado o trabalho dos outros. Mais tarde ou mais cedo as visitas que lá tiverem, serão só daqueles que não repararem que daquelas cabeças não sai nada de jeito e o que lá têm de jeito não é dela(e) de certeza.

Tudo de bom

FERNANDA & POEMAS disse...

Querida Lisa, Amiga do coração, desejo-te um 2009 com muitas realizações, para ti e família...
Um grande Abraço,
Fernandinha

JOCENDIR CAMARGO disse...

És especial em seu querer, és bela em seu pensar e és querida por tanta ternura a ofertar... lindo e delicioso, sempre, seu cantinho... um beijo com meu carinho...

Ana S. disse...

Lindo poema :)
Nunca estamos sozinhos desde que se tenha um bom amigo
Beijinhos

Agulheta disse...

Marius!Obrigado pelo apoio e amizade,mas amigos assim é na verdade um disabor,dar valor a quem o tem se recomenda.
Beijinho

Agulheta disse...

Obrigada Fernanda! Pelo desejo e amizade,tudo em dobro.
Beijinho

Agulheta disse...

Jocendir!Obrigado pela amizade e opinião,das palavras.
Beijinho

Agulheta disse...

Ana! Eu sou uma pessoa feliz,pois tenho bons amigos,tento regar sempre a amizade.
Beijinho

Meg disse...

Lisa,
Tinha deixado um comentário, mas ele desapareceu ou eu não o publiquei...

Mais um gesto de carinho da tua parte, Lisa.
Não te levo o teu poema aos amigos, mas se o fizesse os teus créditos estariam assegurados.

Como é bom encontrar aqui pessoas como tu! Obrigada.

Um beijo

Agulheta disse...

Meg. Obrigada com letra maior,pois é assim os amigos para mim.Eu sei que muitos o não fariam sem dizer,e eu não me importo com isso,desde que o mérito seja meu,é um direito de qualquer um.
Beijinho de amizade.

Lisa

Ana disse...

Também quero que não te esqueças que podes contar comigo, por isso vou adicionar o teu Blog ao meu assim é mais fácil esta "kota" chegar cá, lol.
Um poema muito simples mas com uma "dose" grande de carinho.
Acho que ninguém o vai roubar e se o fizer eu digo: - espera lá seu ou sua "larapia" subtraíste esse poema porque eu já o vi e li no MAR DE CHAMAS,lol.
Sou assim, gosto de brincar, não leves a mal. A vida ensinou-me a levar um pouco este "destino" com humor sabes? Talves compreendas se leres uma mensagem que adicionei à minha amiga Diana, que é uma querida que gosto muito e que pertence ao meu "Clube".
Um beijinho muito grande,
Ana Paula

Agulheta disse...

Ana! Pois eu também gosto de rir e brincar,senão a vida era um tédio,ser cota é um dom de sabedoria e amor.
Beijinho e abraço pelas palavras.

BFS LISA