quarta-feira, novembro 12, 2008

VOO



Todo o pássaro sofre do infinito prazer
De ter
do mundo uma visão abrangente

Orgia de assas
A estilhaçar os céus, a cortar o sol no brilho quieto

A matar os ares, no hálito rubro
todo o pássaro, sofre do infinuto prazer de abraçar. O mundo com as asas e o olhar

Guilherme Correia dos Santos

14 comentários:

Manuela disse...

Amiga va lá participar numa coisa no meu blog.
Se quiser claro.
Beijinho
Manuela

mundo azul disse...

Imagem e texto, muito bem casadinhos!

Gostei de ler!

Beijos de luz e o meu carinho...

Carminda Pinho disse...

Lisa,

Tenho dias que penso: - quem me dera ser pássaro e voar por aí...
Hoje é um deles.

Beijos

Gui disse...

Um bonito texto e uma fotografia linda. Um beijo.

Pico minha ilha disse...

Hoje lá que voava por ai, lá isso voava e só voltava quando estivesse tudo no lugar.Por aqui em obras, mando mail e já digo mais.Muito bonito este texto e a imagem.Beijinhos amiga.S.A

Agulheta disse...

Manuela.Já participei,agora venha o prémio...eheheh é a bricar claro,o amor é bonito sempre,é preciso amar.
Beijinho

Agulheta disse...

Olá Zélia.Gostei da forma...casadinhos,valeu.
Beijo doce

Agulheta disse...

Carminda. Até eu me apetecia voar de vez em quando.
beijinho

Agulheta disse...

Olá Gui.Obrigado pela opinião
Beijinho

Agulheta disse...

Uma Ilha. Então toca a voar! eu sei o que são obras.
Beijinho

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Lisa, lindo o conjunto... Adorei Amiga!... Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

anjo disse...

E passei aqui para abrir as minhas asas de anjo par te dar um abraço bjs gd e bom fim de semana

Agulheta disse...

Fernanda. Agradeço a opinião pela escrita,aqui postada.
beijinho bfs

Agulheta disse...

Anjo.Eu recebi o abraço,pois os anjos sempre nos transmitem paz.
Beijinho bfs