segunda-feira, novembro 10, 2008

Vive o Instante que Passa



Vive o instante que passa. Vive-o intensamente até à última gota de sangue. É um instante banal, nada há nele que o distinga de mil outros instantes vividos. E no entanto ele é o único por ser irrepetível e isso o distingue de qualquer outro. Porque nunca mais ele será o mesmo nem tu que o estás vivendo. Absorve-o todo em ti, impregna-te dele e que ele não seja pois em vão no dar-se-te todo a ti. Olha o sol difícil entre as nuvens, respira à profundidade de ti, ouve o vento. Escuta as vozes longínquas de crianças, o ruído de um motor que passa na estrada, o silêncio que isso envolve e que fica. E pensa-te a ti que disso te apercebes, sê vivo aí, pensa-te vivo aí, sente-te aí. E que nada se perca infinitesimalmente no mundo que vives e na pessoa que és. Assim o dom estúpido e miraculoso da vida não será a estupidez maior de o não teres cumprido integralmente, de o teres desperdiçado numa vida que terá fim.

Virgílio Ferreira

6 comentários:

Maria Clarinda disse...

Obrigada por estas palavras lindas, obrigada pelo momento de paz.

Manuela disse...

Amiga Elisa, desejo um bom São Martinho.
Beijinho
Manuela

Menina do Rio disse...

Um texto lindo! Viver o momento é o mais importante.

Um beijinho

Laura disse...

Olá, tenho demorado a chegar, mas..teve de ser... Viver o instante que passa quando é belo, sim, vivo-o e nunca mais o esqueço, os outros..esses deito-os borda fora e consigo viver feliz com pouca bagaem...um dia feliz para ti..laura..

Secreta disse...

Viver o agora , intensamente, sempre!
Beijito.

Agulheta disse...

Aos amigos que aqui deixaram a sua opinião,carinho e palavras sempre queridas e de amizade,bem hajam.

Clarinda
Manuela
Menina do Rio
Laura
Secreta