terça-feira, novembro 25, 2008

EMBRIAGUEM-SE



É preciso estar sempre embriagado. Aí está: eis a única questão. Para não sentirem o fardo horrível do Tempo que verga e inclina para a terra, é preciso que se embriaguem sem descanso.
Com quê? Com vinho, poesia ou virtude, a escolher. Mas embriaguem-se.
E se, porventura, nos degraus de um palácio, sobre a relva verde de um fosso, na solidão morna do quarto, a embriaguez diminuir ou desaparecer quando você acordar, pergunte ao vento, à vaga, à estrela, ao pássaro, ao relógio, a tudo que flui, a tudo que geme, a tudo que gira, a tudo que canta, a tudo que fala, pergunte que horas são; e o vento, a vaga, a estrela, o pássaro, o relógio responderão: "É hora de embriagar-se! Para não serem os escravos martirizados do Tempo, embriaguem-se; embriaguem-se sem descanso". Com vinho, poesia ou virtude, a escolher.

Charles Baudelaire

14 comentários:

Laura disse...

Bem; eu hoje embriagava-me com um principe,com vinho, uma lareira, uma boa cama, mantas fofinhas e num queria mai nadinha..só isso; chega? mas a danada da adry já o requisitou,(ao roderick nosso principe) a miuda andava tão carente que nem olhou pra trás, e agora diz que é só dela!... a cusca quere-lo, diz que é mais apropriada a idade dela ehhhhh, a pascoalita ja anda a rondar, eu digo que o descobri e... bolas, passa lá no blog da adry e ri-te comenta que a nina anda morrinha e é uma pariga fixe, ao menos já a tiramos da fossa...
Beijinhos e estamos embriagadadas de banhos de blogue ehhh que fixe..

Pico minha ilha disse...

Com poesia, com amor que é das mais belas embriaguês me deixa tonta mas adoro.Beijinho querida amiga.Salomé

Meg disse...

Lisa,
Vim ler-te e deixar-te um abraço meio embriagado, que é como me sinto... mas há-de passar.

bjs

tossan disse...

Embriagar-me assim vale pena, o vinho faz bem ao coração, a poesia a alma. Então estou bem! Quanto a virtude eu sou suspeito. Bj

JOCENDIR CAMARGO disse...

Embriagados ficamos com esse delicioso licôr que nos é servido em forma de escritos neste teu lindo espaço... parabéns, tens uma deliciosa maneira de escrever... continua sempre, é um prazer que nos dá...
um beijo com meu carinho...

maresia_mar disse...

é verdade querida, a gente bem precisava de estar embriagada para poder enfrentar melhor certas coisas da vida! Adorei o que escreveste.. Um beijo grande

Roderick disse...

Além do Tempo nos vergar, embriagados ainda vamos com o nariz ao chão! Nááá!!!!!!!!

Agulheta disse...

Laura. Não pedes pouco!Tudo do melhor... vamos ver como será eheheh.
Beijinho

Agulheta disse...

Uma Ilha. O poeta lá saberia para escrever assim,por vezes se precisava de embriagar,mas eu prefiro de coisas boas.
Beijinho

Agulheta disse...

Meg. Então, em baixo amiga...gostei do abraço e te envio um
Beijinho

Agulheta disse...

Tossan. Quem não gosta deste embriagar! De palavras e carinhos da poesia,a virtude penso que sim.
Beijinho

Agulheta disse...

Jocendir. Obrigado pelas palavras e a mensagem das mesmas.
Beijinho no coração

Agulheta disse...

Maresia. Por vezes era necessário,mas isso não leva a lado nenhum.
Beijinho de amizade

Agulheta disse...

Roderick.Quem não anda de nariz no ar! mesmo embriagados,agora depende de quê.
Beijinho