quarta-feira, outubro 15, 2008

Aquele Amigo



Olha amigo!
Hoje vais ser meu confidente sabes,há muito muito tempo também te escrevi
De certo já nem lembras
E nem te podes lembrar,claro.
Afinal, tanto tempo já passou.O que te disse sem falar,nem bem já sei.
Mas não se muda tanto assim. E hoje,se calhar,vou-te falar do mesmo
É que ,e no fundo,o mundo não mudou.Pois não!mas como eu gostava que tivesse mesmo mudado.Afinal os homens crescem,são até alguém,mas continuam a ser maus,quem sabe piores ainda.Que naquele dia que contigo falei. E que agora eu entendo-os melhor.
vejo coisas que antes não via,no fundo até era feliz.naquela ilusão que antes tinha.Para que cresci então?Não,não nos podemos deixar definhar,teu estás velho,pior que eu até.Mas não te deixes abater.Sei que a tua vida tem sido linda.Tanto já viste,sentiste,sonhaste.Orgulha-te de ser o que és
Um banco de jardim

Manuel Rosa

11 comentários:

Laura disse...

Um banco de jardim com vida!... Quantas palavras de amor e de raiva ele ouviu e calou!... Quantas palavras tristes o fizeram chorar e de solidão também chorou!...
Mas, os homens continuam maus, mudem os tempos, mudem as vontades, e os bancos de jardim estão sempre ali para lhes dar descanso, enquanto no seu intimo sorriem às maldades que entretanto irão fazendo!...
Um beijinho e hoje passei pelo gerês com o nuno minha mãe e uma amiga e que lindoooooooo...um xi, pa ti.de mim.

Ana S. disse...

Se os bancos de jardim pudessem falar, imagino as histórias que eles contariam :)
Brigada pelo apoio
Beijinhos

Maria disse...

Há bancos de jardim com VIDA!

Um beijinho, Lisa

As Sombras de Fim do Dia disse...

E se os bancos do Jardim da Estrela falassem, ui ui, o que eles ouviram e viram....

Gostei muito
:)

Carla disse...

as palavras que se podem dizer num banco de jardim...
beijos

Agulheta disse...

Laura. Ainda me lembro! Do meu banco de jardim,onde me encontrava com o meu amor... e lá deixamos segredos alguns.
Beijinho

Agulheta disse...

Ana.E quantas saudades saudades lá ficaram! Bem...
Beijinho

Agulheta disse...

Maria. Se olharmos em nossa volta,muitas coisas tem vida,os bancos de jardim esses não fogem a regra.
beijinho

Agulheta disse...

Sombras do fim de dia.
Então o teu banco muito tem a dizer? ainda bem pois ficam as lembranças.
Beijinho

Agulheta disse...

Carla. Muitas palavras se dizem,mas as melhores ficam por dizer? basta um olhar.
Beijinho

Uma Ilha disse...

Um banco de jardim que muita coisa terá para dizer...
Beijinhos amizade e rosas para o fim de semana.Meus parabéns para o João, beijinho para ele.Uma ilha