domingo, junho 29, 2008

Dia Especial







Ontem andei por aqui. Pois foi uma tarde e uma noite maravilhosa,cheia de magia e beleza,aqui se realizou um invento de danças de salão,com as turmas onde pratico e pertenço,gostei muito o lugar aprazível muito espaço verde,bom atendimento.
Logo a chegada,com toda a gente de gala vestido,foi estar na quinta rodeada pelo espaço verde em sua volta,com lagos de água cristalina,os aperitivos da praxe.
Depois foi a entrada,para dentro do salão onde começou a ser servido um jantar com música ambiente,depois de jantar aí se abre o baile ao som da Valsa Vianense,toda a gente redopiava,pelo salão foi lindo de ver.
Mais tarde foi a exibição de pares profissionais,que nos fizeram vibrar ao som de músicas clássicas, seguidas de latinas.
Bem depois,toca a dançar novamente toda a gente,com diversos ritmos e danças,só houve a chegada a casa bem tarde! Ou seja pela manhã,mas como hoje é outro dia vamos vivendo aqueles que nos são proporcionados

quinta-feira, junho 26, 2008

Igualmente




Eu vi!
Uma lágrima correndo
Pela face de algum solitário
Eu vi essa lágrima mais de mil vezes
Correndo por milhões de rostos
E essas pessoas sentavam-se umas contra as outras
Não atreviam simultaneamente olhar-se
Cara a cara
Olhos nos olhos
Ficavam bisbilhotando-se
Suspirando uma emoção contida
Que negavam assumir
E praguejavam interiormente uns aos outros
Reclamando da frieza de seus semelhantes,
E circulavam paralelos
Conhecendo-se apenas por um rastro no chão
Eu vi!
Juro que vi!
Mas não tive forças para contar
Ao cara de dock sider o que
Eu havia visto.

terça-feira, junho 24, 2008

Palavras




Sem paz, como podem os camponeses ceifar o trigo? Antes,mesmo, como puderam eles ter semeado,sem paz? E que melhor que a paz,poderá dar-lhe sabor definitivo?

Armindo Magalhães

segunda-feira, junho 23, 2008

S. João



Os festejos de S. João na cidade do Porto são já seculares e a origem desta tradição cristã remonta mesmo a tempos milenares. Mas foi só no século XX que o 24 de Junho passou a ser feriado municipal na Invicta, proporcionando um merecido dia de folia a milhares de tripeiros.





No fim e já alta madrugada é ver os foliões procurarem as padarias onde o pão acabado de fazer e ainda quentinho vai confortar as barrigas para um merecido descanso,no raiar da manhã muitos jovens e não só acabam a noite de folia com um belo banho na foz

S. João tu es do Porto
O meu Santo padroeiro
Vamos pedir ao governo
Que nos tragas mais dinheiro

Tens mangerico e balões
Alho porro,e cidreira
Muito fogo de Artificio
Martelos na cantareira


Agulheta

sexta-feira, junho 20, 2008

Frase




Cada dia é um dia!A vida se faz caminhando olhando de frente,pois nunca sabes se amanhã fará sol ou chuva... mas é outro dia,abris-te a janela e sorris-te,por isso nunca olhes para ontem,mas sim hoje.

Lisa

quarta-feira, junho 18, 2008

É Dura a Luta



É dura a luta,o suor amargo,a esperança incerta? Sempre o mundo foi para os homens mais ou menos inimigo. Só,por isso,em o alargar vale a pena ser herói,mesmo contra a segurança,contra todo o heroísmo

Armindo Rodrigues

terça-feira, junho 17, 2008

Prémio



Da amiga Manuela; do blog simplesentemanuela.blogspot.com me deu este prémio, deu-me este selo de Excelente,o que acho interessante e como tal, agora tenho de dá-lo a outros.
Ora vou dar aos blogs que eu acho que são interessantes,e são tantos pois para começar vai para todos os amigos colocados na lista ao lado

segunda-feira, junho 16, 2008

Palavras




Nesta tarde quiçá um pouco nostálgica,se calhar do tempo,ou saudades! não sei,apetece escrever palavras,de carinho amizade... ou se calhar fraternidade,de um mundo distraído da realidade,de amor amizade, por outros,de uma mão que não se estende,das palavras que não sai do coração.
Hoje estarei sentimental! talvez,mas aquilo que escrevo sai do coração como se fosse a fogueira de momento.Esquecimento de alguns,presença de outros "fingida"talvez,mas a mesma brota no peito,senti falta das pedras que pisei,do que não disse a outros na melhor altura,mas foram somente palavras.
O que resta neste momento foi,o egoísmo de alguns,mas que aceitei e enfrentei,mas aqui estou livre e de coração lavado,como se fosse um rio de águas claras,as chamas que me atormentaram, hoje só resta o pó e cinza,dos que nunca compreenderam o que era a vida por vida.
Muitas coisas ficaram no papel,mas aqui estou e estarei,para ajudar e partilhar o carinho e amizade. Assim sou eu.

sexta-feira, junho 13, 2008

BONS AMIGOS




Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!

Machado de Assis

terça-feira, junho 10, 2008

Dia de Portugal




Dia de Portugal! A voz Lusíada de Camões e das Comunidades,espalhados pelos quatro cantos do mundo,onde os Portugueses um dia chegaram com sua Naus.
Aí descobriram povos,e demos a conhecer a nossa cultura,através das descobertas,conseguimos de certa forma ser respeitados,e tentamos nos impor a Europa ainda temos um longo caminho para traçar, e caminhar mas chegaremos lá,tenho esperança.
Tenho orgulho do meu país,do meu povo por tudo que ele tem passado,é lutador trabalhador,solidário pelas grandes causas que defende! por tal direi sempre. Sou Portuguesa aqui e Agora e nestas palavras de Camões,os campos do meu país são verdes,da paisagem e vermelho do coração de todos nós.

Viva Portugal

Verdes são os campos

Verdes são os campos,
De cor de limão:
Assim são os olhos
Do meu coração.

Campo, que te estendes
Com verdura bela;
Ovelhas, que nela
Vosso pasto tendes,
De ervas vos mantendes
Que traz o Verão,
E eu das lembranças
Do meu coração.

Gados que pasceis
Com contentamento,
Vosso mantimento
Não no entendereis;
Isso que comeis
Não são ervas, não:
São graças dos olhos
Do meu coração.

Luís de Camões

domingo, junho 08, 2008

Dia Mundial dos Oceanos




Neste dia dos oceanos, vamos lembrar um pouco os Portugueses que foram os grandes descobridores.
Só há um quarto de século se reconheceu com carácter científico das navegações dos Portugueses, que eles foram os criadores da ciência marítima, que permitiu a navegação oceânica e a expansão da Europa em todo o mundo. Criaram o navio próprio para os Descobrimentos ao longo das costas de África e da América – a caravela; adaptaram o astrolábio aos usos da navegação e formularam pela primeira vez os métodos e regimentos para determinar a posição das terras descobertas; traçaram a nossa estrada ao longo dos oceanos; fixaram nos mapas o contorno dos mundos e dirigiram, dia a dia viagem a viagem, naufrágio a naufrágio roteiro de todos os mares e em todos os rumos da rosa-dos-ventos.
Dois oceanos, o Atlântico e o Indico, cuja imensidade e intercomunicação eram desconhecidas, são unidos entre si e rasgados; pela primeira vez, de alto a baixo e de lado a lado.
Humanidades novas, totalmente ignoradas surgem aos olhos dos navegadores, na orla ou no interior dos continentes. E ao mesmo tempo, plantas, flores, selvas, feras, aves, astros povos artes e religiões, desenrolam formas, cores sabores, aromas jamais imaginadas! Não há na história maior deslumbramento!

sábado, junho 07, 2008

Frase de Amizade



Um verdadeiro amigo é alguém que te conhece tal como és, compreende onde tens estado, acompanha-te em teus lucros e teus fracassos, celebra tuas alegrias, compartilha tua dor e jamais te julga por teus erros.

quinta-feira, junho 05, 2008

Chuva Ácida






As consequências da chuva ácida para a população humana, podem ser económicas, sociais ou ambientais. Tais consequências são observáveis principalmente em grandes áreas urbanas, onde ocorrem patologias que afectam o sistema respiratório e sistema cardiovascular, e além disso, causam destruição de edificações e monumentos, através da corrosão pela reacção com ácidos. Porém, nada impede que as consequências de tais chuvas cheguem a locais muito distantes do foco gerador, devido ao movimento das massas de ar, que são capazes de levar os poluentes para muito longe. Estima-se que as chuvas ácidas contribuam para a devastação de florestas e lagos, sobretudo aqueles situados nas zonas temperadas acidas.
Este problema e como tantos outros, neste dia Mundial do Ambiente,deveríamos cuidar e tentar tratar a nossa atmosfera do problema que é o meio ambiente.
todos os dias se vê peixe a morrer nas barragens pelas descargas poluentes,feitas a luz do dia e da noite,as serras a serem queimadas,pessoas a terem problemas de saúde de origem respiratória,por tudo isto tentar prevenir e não descriminar e tentar ensinar e ajudar,sobretudo será bastante, por menos tentar.
levar o saco para o supermercado,não vir cheio de plásticos para entupir os lixos urbanos,tentar usar menos as viaturas! mas tanbém ao preço que está a gasolina??? andar a pé faz bem a saúde e respiramos o ar da manhã.
Aqui em casa só se utiliza a viatura,para ir as compras grandes,coisas pequenas vamos os dois e trazemos,repartido pelos dois(este é um pequeno conselho claro)vamos tentar cuidar melhor da natureza,e cuidar principalmente das nossas crianças.

quarta-feira, junho 04, 2008

Corais





Corais ou recife de corais ou ainda artiozoários são animais canidários e uma das maravilhas do mundo submarino. Os corais constituem colónias coloridas e de formas espantosas que crescem nos mares e podem formar recifes de grandes dimensões que albergam um ecossistema com uma biodiversidade e produtividade extraordinárias.

O maior recife de coral vivo encontra-se na Grande Barreira de Coral, na costa da Queensland, Austrália. Ele também é considerado o maior indivíduo vivo da Terra. Porém, devido à poluição e aquecimento marinho, está morrendo. A maioria dos corais desenvolve-se em águas tropicais e subtropicais, mas podem encontrar-se pequenas colónias de coral até em águas frias, como ao largo da Noruega.

Os recifes de coral crescem na região fótica de mares tropicais, de forte acção de ondas, forte o suficiente para manter disponível na coluna d´água alimento e oxigénio dissolvido. Os recifes de coral também dependem de águas rasas, limpas, mornas e pobres em nutrientes para crescer. Os corais são organismos coloniais que em sua maioria constroem esqueletos calcários. Tais esqueletos são responsáveis pela estrutura rochosa chamada recifes de coral.

segunda-feira, junho 02, 2008

Tartaruga





Reino: Animália
Filo: Chordata
Classe: Reptilia Ordem: Testudinata
Família: Cheloniidae


As tartarugas marinhas abrigam todos os oceanos com exceção do oceano Antártico em zonas de água tropical e subtropical. A maioria das tartarugas marinhas é migratória que magueiam pelo oceano. Podem ser vegetarianas, carnívoras e onívoras, pois as tartarugas comem de tudo. A tartaruga de couro, por exemplo, é a maior espécie chegando a dois metros de comprimento com peso de 600 kg.

Após atingir a maturidade sexual as tartarugas vão até a praia depositar seus ovos na areia, isso acontece sempre na mesma praia. Quando ocorre a eclosão correm para o mar, mas somente uma entre cem consegue chegar à maturidade. Normalmente as fêmeas são mais rápidas que os machos. As tartarugas marinhas estão seriamente em perigo pelo fato de haver grande demanda por sua carne para fazer sopa, pela carapaça e pela sua gordura.


VOCÊ SABIA QUE...

- Ao beber água do mar, a tartaruga marinha absorve muito sal. Para não morrer com o excesso dessa substância, ela costuma eliminar o sal através de suas lágrimas.

- A maior tartaruga-de-couro que foi registrada era um macho encalhado na Costa Ocidental de Gales em 1988. Ele pesou 916 kg.

- A maior tartaruga marinha, a alaúde, consegue colocar 100 ovos em apenas dez minutos.

Origem e História
As tartarugas marinhas surgiram há mais ou menos 150 milhões de anos e conseguiram sobreviver a todas as mudanças ocorridas no planeta ao longo de todo este tempo. Porém, a sua origem foi na terra e, na sua aventura para o mar, evoluíram diferenciando-se de outros répteis.

Assim, o número de suas vértebras diminuiu e as vértebras restantes se fundiram às costelas, formando uma carapaça resistente, embora leve. As tartarugas perderam os dentes, ganharam uma espécie de bico e suas patas se transformaram em nadadeiras. Tudo isso para se adaptarem à vida no mar.


Rabiscado por Agulheta

domingo, junho 01, 2008

Dia da Criança




Neste dia primeiro do mês de Junho,chamado dia da criança. Pois a criança não tem data,nem hora nem dia nem coisa nenhuma,tem sim que ter afecto,esperança de um mundo melhor,direito a saúde educação alimentação,casa para morar...mas principalmente uma família. Em muitos lados deste planeta se sofre,com guerra falta de alimentos,sobretudo falta de dignidade humana para sobreviver as injustiças,dos governos que os conduzem.
Para todas as crianças,elas são o melhor do mundo,e os homens de amanhã.Para os meninos de África este poema,embora triste nos dá um alerta! para pensar neste dia um pouco neles

Chora Negrito

Chora negrito

Mostra o teu choro
a cor das lágrimas sem cor
que morrem ao nascer
no teu rosto amargurado!

Chora negrito!
Grita alto,
pelas linhas escritas em teu nome
pelas honras a que tens direito!

Chora negrito!
E deixa que o teu choro de protesto
penetre nas orelhas surdas,
nas orelhas que não ouviram Biafra
nem os teus soluços no soweto!

Só tu sabes,aquilo que um negrito sente!
Por isso, chora,
e talvez,no eco do teu choro,
o mundo desperte,
e repare então...
que negrito,também é gente

António Manuel Cabrita