terça-feira, maio 13, 2008

A Poluição Atmosférica


Foto da Net

A poluição atmosférica resulta da emissão de gases poluentes ou de partículas sólidas na atmosfera.

Pode provocar uma degradação dos ecossistemas devido ao lançamento de inúmeras substâncias (radioactivas, ácidas,Recalcitrantes , etc.) e não respeita fronteiras, por isso pode se tratar de um problema local e transfronteiriço. Este tipo de poluição pode dar origem ao efeito estufa, às alterações climatéricas, à diminuição da qualidade do ar, a problemas de saúde nos seres vivos como diversas doenças respiratórias, diversos tipos de cancros, entre outros
Sobre a saúde humana a poluição atmosférica afecta o sistema respiratório podendo agravar ou mesmo provocar diversas doenças crónicas tais como a asma, bronquite crónica, infecções nos pulmões, enfisema pulmonar, doenças do coração e cancro do pulmão.

Os poluentes atmosféricos podem afectar a vegetação por duas vias: via directa e via indirecta. Os efeitos directos resultam da destruição de tecidos das folhas das plantas provocados pela deposição seca de SO2, pelas chuvas ácidas ou pelo ozônio, refletindo-se na redução da área fotossintética. Os efeitos indirectos são provocados pela acidificação dos solos com a consequente redução de nutrientes e libertação de substâncias prejudiciais às plantas, resultando numa menor produtividade e numa maior susceptibilidade a pragas e doenças.

Os efeitos negativos dos poluentes nos materiais resultam da abrasão, reações químicas diretas ou indiretas, corrosão electroquímica ou devido à necessidade de aumentar a frequência das ações de limpeza. As rochas calcáreas são as mais afectadas, nomeadamente pela acidificação das águas da chuva.

Os odores são responsáveis por efeitos psicológicos importantes estando associados, sobretudo, aos locais de deposição e tratamento de resíduos sólidos e a algumas indústrias de que são exemplo as fábricas de pasta de papel.

10 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

Há que falar sobre a poluição. O planeta continua a ser agredido e as práticas ambientais continuam a deixar muito a desejar.
Abraço

Agulheta disse...

Lídia. Agradeço a visita,dizer que é verdade as agressões,continuam e pouco se faz para remediar o mal.
Beijinho Lisa

Auréola Branca disse...

Infelizmente, não há o que se fazer. O dinheiro das empresas poluidoras compram tudo, até o direito da humanidade sobreviver.
Abraços...

Agulheta disse...

Olá Auréola Branca.
Pois é verdade,depois todos nós sofremos as asneiras dos outros,sinal dos tempos.
Beijinho Lisa

Maria disse...

É um problema que me preocupa há muito.
Temos que pensar seriamente no mundo que vamos deixar aos nossos filhos e netos...
Muito oportuno este post.
Obrigada, Lisa

Beijinhos
(tantas novidades e só estive 2 dias afastada da net....)

Agulheta disse...

Olá Maria. Tudo estragou e estraga,o quanto pode,um dia vai ser tarde para remediar.
Beijinho boa amiga Lisa

Manuela disse...

Ai Amiga essa dor é tão chata.
Eu tenho muitas vezes.
Hoje é os rins.

Que miséria.

Beijinhos

Manuela

Paulo Sempre disse...

Um assunto que devia estar na "ordem do dia".
Abraço
Paulo

Agulheta disse...

Manuela.
Mas não podemos nos dar a dores,eu sou assim um pouco.Tudo de bom
beijinho Lisa

Agulheta disse...

Paulo.
Obrigado por comentário,como tal devemos sempre tentar,por menos nesta questão tão importante.Abraço Lisa