quarta-feira, abril 30, 2008

Dia do Trabalhador




No dia 1º de Maio de 1886, 500 mil trabalhadores saíram às ruas de Chicago, nos Estados Unidos, em manifestação pacífica, exigindo a redução da jornada para oito horas de trabalho. A polícia reprimiu a manifestação, dispersando a concentração, depois de ferir e matar dezenas de operários.
Mas os trabalhadores não se deixaram abater, todos achavam que eram demais as horas diárias de trabalho, por isso, no dia 5 de Maio de 1886, quatro dias depois da reivindicação de Chicago, os operários voltaram às ruas e foram novamente reprimidos: 8 líderes presos, 4 trabalhadores executados e 3 condenados a prisão perpétua.
Foi este o resultado desta segunda manifestação.
A luta não parou e a solidariedade internacional pressionou o governo americano a anular o falso julgamento e a elaborar novo júri, em 1888. Os membros que constituíam o júri reconheceram a inocência dos trabalhadores, culparam o Estado americano e ordenaram que soltassem os 3 presos.
Em 1889 o Congresso Operário Internacional, reunido em Paris, decretou o 1º de Maio, como o Dia Internacional dos Trabalhadores, um dia de luto e de luta. E, em 1890, os trabalhadores americanos conquistaram a jornada de trabalho de oito horas.
Em Portugal, só a partir de Maio de 1974 (o ano da revolução do 25 de Abril) é que se voltou a comemorar livremente o Primeiro de Maio e este passou a ser feriado. Durante a ditadura do Estado Novo, a comemoração deste dia era reprimida pelas polícia.
Que este dia seja a esperança de um trabalho,onde todos tenham o pão,pois actualmente muita empresas tem fechado portas,e os trabalhadores a braços sem ter onde buscar o sustento para os seus,e onde os jovens licenciados tenham o seu emprego depois do curso feito,não tenham que imigrar par conseguir um trabalho e uma vida melhor longe dos seus e de seu país

14 comentários:

Sophiamar disse...

Façamos deste dia uma festa ainda que lhe estejam subjacentes as marcas de uma luta difícil que ceifou muitas vidas e encheu as masmorras dos estados com gente muito digna e que apenas lutavam pelos seus direitos.

Beijinhossss

Ludo Rex disse...

Viva o 1º de Maio, que as lutas nunca sejam esquecidas! Viva o Trabalhador.
Kiss em Luta e Liberdade

Maria Francisca Sousa da Silva disse...

Que este dia nunca deixe de ser o Dia do Trabalhador, pois já passaram muitos anos, em que era proibido comemorar este dia 1º de Maio!

Este blogue está muito lindo, e de seguida vou ver o outro, que não sabia que existia.
beijos e bom feriado.

Chicailheu

Carminda Pinho disse...

Lisa,
desejo-te um bom dia do Trabalhador.
Viva o 1º de Maio!

Beijos

Anónimo disse...

Esta vida está díficil para todos, estudam estudam e depois não teem emprego... é triste. Tanto se lutou para chegar a isto. Mas mesmo assim Viva o 1º de Maio, sem emprego ou com emprego, toda a gente trabalha. Bjs cinda

Auréola Branca disse...

Aqui no Brasil, há uma propaganda que está sendo veiculada sobre o voto eleitoral. A questão não é o assunto, mas a citação de alguns heróis que lutaram para que tivéssemos direitos humanistas. Olhando para trás, vemos quanta gente sacrificou-se em prol de uma melhor qualidade de vida. A eles, um brinde, hoje! São os nossos verdadeirs heróis.

Maria Faia disse...

Querida Amiga Agulheta,

Neste final de dia do Trabalhador e da Espiga, trago-te um beijo embrulhado em Liberdade.

Maria Faia

Agulheta disse...

Sophia.
Agradeço o carinho,para os amigos esta rosa,vermelha de liberdade.
Beijinho Lisa

Agulheta disse...

Ludo
Pela luta,por aquilo que se tem direito em frente.
Beijinho Lisa

Agulheta disse...

Chica.
Sabes mesmo depois de Abril e ainda a poucos anos quando souberam que era sindicalizada,foi um Deus nos acuda,mas pouco ou nada me importou,os colegas estavam cheios de medo,eu nem por isso,aqui estou e não morri por lutar pelos meus direitos.
beijinho Lisa

Agulheta disse...

Carminda.
Foi bom em descanso e liberdade.
Beijinho Lisa

Agulheta disse...

Amiga Cinda.
Temos de bater o pé para conseguir,vamos esperar para ver.
Beijinho Lisa

Agulheta disse...

Auréloa Branca.
Pois amiga aqueles que deram luta,por os que agora estão merecem o respeito de todos nós,a esse eu bato palamas de vitória.
Beijinho Lisa

Agulheta disse...

Maria Faia.
Que bom a visita,já tinha saudades tuas,mas deixo esse beijinho de Liberdade no orvalho desta rosa para vós.
Beijinho Lisa