sexta-feira, fevereiro 15, 2008

A Vida


Muitos de nós pensamos! que tudo é eterno,mas não a vida é feita de aventuras desilusões e desventuras,poderia-mos pensar um pouco mais nos outros,dizer que a vida seria melhor mais fraterna e mais pura,pois num simples estalar de dedos,tudo se esfuma a nossa volta,nada mais sobra,vamos dar valor a pequenas coisas,como a frase a seguir,ele terá razão para esta frase.

Frase

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.
Charles Chaplin

11 comentários:

Maria disse...

Nada mais verdadeiro, Lisa...
Para quê a gente chatear-se com coisas que não têm importância nenhuma?
Viver a vida, um dia de cada vez, é o que eu faço. Sempre na idéia de que pode ser o último...

Beijinhos, Amiga

Gui disse...

Um filósofo esse Chaplin. Um grande homem num corpo franzino.

amigona avó e a neta princesa disse...

Verdade, amiga...
Por onde andas, querida' Não foste buscar atua fatia de bolo!!!

Estás doente? beijinhos...

Rosa Brava disse...

Estou plenamente de acordo!

Adorei ler-te!

Um abraço carinhoso ;)

Agulheta disse...

Para estes amigos que aqui deixaram os seus comentários de amizade e opinião,o meu agradecer,pois realmente o Chaplin,era um sábio em palavras como diz o amigo Gui,a Maria diz que nada mais verdadeiro...verdade certa, a Amigona,pergunta porque não foi buscar a fatia de bolo,que tinha para mim,realmente eu dei uma queda e ando em tratamento,ontem não foi possivél pois faleceu um familiar,mas eu vou amiga,a amiga Rosa Brava,gostou de ler e deixou um carinho,como tal para vós deixo,palavras certas de amizade e afecto por todos vós,beijinho e bom fim semana Lisa

Gui disse...

Minha querida amiga, por lapso não passei o desafio a outros blogs. Estás desafiada. Um beijo

Sophiamar disse...

A vida é uma corrida de alta velocidade. Vivê-la o melhor possível e fazer felizes aqueles que nos rodeiam deve ser um dos nossos principais objectivos.

Beijinhossssss

As melhoras, minha doce amiga.

Anónimo disse...

Estimados amigos/as:
Por motivos pessoais, em nada relacionados com saúde, decidi encerrar o meu blog.
Compreendo hoje que, levado pela emoção de um momento menos bom, foi uma decisão precipitada, mas por vezes é preferível uma decisão menos acertada ao arrastamento de problemas por uma decisão eternamente adiada.
Como devem ter percebido, ou talvez não, sou uma pessoa impulsiva, levada muitas vezes a situações irreversíveis. O coração ao pé da boca tem-me pregado algumas partidas, no entanto raramente encontro motivos de arrependimento dos meus actos. Não gosto de adiar por muito tempo aquilo que tenho de fazer, mesmo que não haja maneira de voltar atrás. E depois, foi só um blog acabado, mais um capítulo encerrado para logo se abrir outro e com toda esta inconstância que me caracteriza, não se espantem se dentro de algum tempo o meu fantasma voltar a vaguear pela internet.
Para já está decidido que, mesmo sem blog, não vou deixar de fazer visitas, especialmente a pessoas que, incondicionalmente e sem quase me conheceram, me apoiaram em momentos de fraqueza, momentos que têm sido mais frequentes do que era desejado. Mas, compreendam, por vezes torna-se tão difícil controlar os sentimentos que o coração acaba falando mais alto do que a razão e acabamos a dizer mais disparates do que é socialmente desejável. Nessa situação, que já por mais de uma vez atingi, é tempo de fazer uma paragem para respirar e fazer um balanço. Perguntarmo-nos se aquilo que andamos a fazer é algo que valha a pena ou se não servirá, apenas, para aumentar a dor que tentávamos aliviar. Não devemos evitar morrer da doença para vir a morrer da cura e sinto que era isso que me estava a acontecer.
A todos o meu muito obrigado e desculpem se alguma vez vos desiludi.
J. Serra (Zé do beco).

Carminda Pinho disse...

Lisa,
esta citação de Charles Chaplin deveria ser por nós interiorizada por nós, de tal maneira que, ao mais pequeno desaire nos lembrassemos logo dela.
E assim... a vida, seria tão melhor aproveitada por todos nós.

Beijos

Agulheta disse...

Amiga Sophia.Agradeco a tua amizade e palavras que tocam o coração.
Deixo para ti beijinho Lisa

Agulheta disse...

Amiga Carminda. Pois palavras há que deviamos guarda-las,pois as mesmas tem grande sabedoria.
Beijinho Lisa