quarta-feira, novembro 28, 2007

A Paz Sempre a Paz


O guerreiro da luz aprendeu que Deus usa a solidão para ensinar a convivência. Usa a raiva para mostrar o infinito valor da paz. Usa o tédio para ressaltar a importância da aventura e do abandono. Deus usa o silêncio para ensinar sobre a responsabilidade das palavras. Usa o cansaço para que se possa compreender o valor do despertar. Usa a doença para ressaltar a benção da saúde. Deus usa o fogo para ensinar sobre a água. Usa a terra para que se compreenda o valor do ar. Usa a morte para mostrar a importância da vida.

Paulo Coelho

Agulheta

segunda-feira, novembro 26, 2007

Sinais de Fogo


Sinais de fogo, os homens se despedem.
exaustos e tranquilos, destas cinzas frias.
E o vento que essas cinzas nos dispersa
não é de nós, mas é quem reacende
outros sinais ardendo na distância
um breve instante, gestos e palavras.
ansiosas brasas que se apagam logo.

Jorge de Sena

sexta-feira, novembro 23, 2007

Dias Presentes


Estes dias,e mês de Novembro tem sido complicados,para os corpos de Bombeiros,são os incêndios fora da época" lhe chamam alguns,como se fosse possível pois se as mãos estivessem quietas no sítio ,não haveria incêndios.
Depois tem sido nas estradas,acidentes atropelamentos onde tem sido muitas as vitímas e ontem esta explosão onde ficaram pessoas sem lar e feridos,esperando que até chegar ao fim do ano possamos! ter dias melhores,por menos sem perdas de vidas e bens
Rabiscado por agulheta

quinta-feira, novembro 22, 2007

Frases Vida


Admiro a terra, quero-a, sempre gostei dela. Sempre me senti feliz por estar vivo: apesar da guerra, das más notícias, não sou capaz de matar em mim a simples alegria de viver.

Fui à floresta viver de livre vontade, para sugar o tutano da vida. Aniquilar tudo o que não era vida. Para, quando morrer, não descobrir que não vivi.

Henry D. Thoreau

terça-feira, novembro 20, 2007

Com o Lume Não se Brinca


Deve sempre assegurar-se de que os fósforos ou os isqueiros não estão ao alcance das crianças,guardando-os numa gaveta ou num local inacessível após a sua utilização.
Mas mesmo quando se adoptam as devidas precauções,para uma maior segurança,é conveniente advertir as crianças,com palavras adaptadas à sua idade de modo a que nos entendam,do perigo inerente à sua utilização. E nunca,sob qualquer pretexto,se deve deixar que brinquem com objectos que produzam fogo.

Fogões
As crianças têm muita coriosidade pelos fogões,local onde se prepara acomida:mesmo quando advertidos para os seus perigos,muitos mão resistem em espreitar na cozinha para lhes mexerem,com todos os riscos inerentes.
Por esse motivo,é aconselhável colocar uma barreira protectora de modo a impedir o acesso das crianças a todos os elementos da cozinha.Recomenda-se a fixação à parede ou ao chão de modo a evitar que, caso a criança aí mexa ou se pendure,os objectos que se encontram sobre a superficie lhe caiam em cima ou mesmo a própia bancada

Rabiscado por Agulheta

domingo, novembro 18, 2007

Dia da Memória


Neste dia da Memória,poderia dizer muitas coisas,mas a única que posso dizer! Que mesmo sendo eu um socorrista,me sinto a ânsia da angústia de não chegar mais depressa pois sempre martela na nossa cabeça isso, quando as coisas não correm bem,sentimos o pesar das perdas humanas debaixo dos destroços das viaturas,será que cheguei rápido... pois isto, se mete nas nossas mentes,muitas vezes com o risco da própria vida. Vimos os familiares,ali a chorar e nada se pode fazer ,aí a angústia é maior quando a vida é por um fio, e o mesmo se parte! antes da chegada ao hospital perguntamos a nós próprios se fizemos tudo que devia ser feito... Então no regresso a casa ou a unidade,ficamos sem falar muitas vezes,aí precisamos do carinho da família e amigos para encostar a cabeça,ao longo da minha vida como Bombeiro tive muito apoio familiar,pois senão o sufoco no peito e cabeça é muito grande,dói muito.
Neste dia todos devia-mos fazer uma reflexão e pensar se devemos andar sempre com pressa,a correr como baratas tontas de lado para lado,ou parar e reflectir como a vida é pequena e poderemos viver todos felizes,com menos mortes nas estradas.

Rabiscado por Agulheta

sábado, novembro 17, 2007

sexta-feira, novembro 16, 2007

Sempre Prevenção


Estamos a chegar ao Natal e frio,vamos ter cuidado com as lareiras e correntes eléctricas,muito carregadas,pois muitas das vezes numa simples ficha tripla se colocam cargas excessivas de corrente ,levando ao derretimento do isolamento e provocar o curto circuito,com inicio de um foco de incêndio.
Durante um incêndio a propagação não se fara pela acção isolada de um destes processos de transmissão,mas sim pela conjugação de vários, que serão tanto mais activos quanto mais activa for a combustão.

GASES

Os gases são produto resultante da combustão,podendo ser toxicos ou não.
Os gases emanados da combustão são:
-Monóxido de Carbono
-Dioxido de Carbono
-Sulfureto de Hidrogénio
-Dioxido de Nitrogénio.

MONÓXIDO DE CARBONO

É um veneno derecto e principal causador de vitimas nos incêndios,tem grande afinidade com a hemoglobina do sangue,formando um composto relativamente estável e inutil para o transporte do oxigénio.

Rabiscado por Agulheta

quarta-feira, novembro 14, 2007

Poluição II


Cada dia que acordo,penso como podemos estar a assistir todos os dias a ver descargas poluentes,inundações poluição e ver este planeta auto-destruir-se aos poucos,que é feito do meu tempo de menina,pois não sou assim tão velha que isto tenha mudado tanto! Não vejo as rãs nas águas em Maio não oiço os grilos as Andorinhas,até a chegar ao natal ainda está tempo de primavera,tudo muda mas nada para melhor penso.
Esta foto aqui colocada hoje foi e é a prova do que falo,os Mares onde fazem despejos de petróleo e limpam os navios,esta ave é vitima da incoerência dos homens pela destruição,do espaço que é de todos,principalmente dos filhos e netos..Pois não lhe vamos deixar grande legado

Rabiscado por Agulheta

terça-feira, novembro 13, 2007

Poluição


Gostaria de falar em algo que nos aflige á muito tempo,poluição constante vemos nos Montes nas águas,nas praias vemos os animais desaparecerem,as espécies sempre em prol do dinheiro,o petróleo! sempre o dito petróleo.
Hoje fiquei com tanta pena, e chorosa por ver as aves,gaivotas... a morrer nas águas do Mar da Rússia,pelas descargas de poluentes,dos barcos que naufragaram elas enterradas cheias de crude,os cientistas a ver se limpam as penas e tentar salva-las desta destruição,que fazem ao nosso planeta.
Pois vamos a curto prazo vê-lo morrer aos poucos,sem podermos fazer nada,para não falar,em quem chega lume,em quem deita lixo para todo o lado,falta civismo nas pessoas.
Rabiscado por Agulheta

domingo, novembro 11, 2007

Triste Sina


Hoje, não poderia passar sem falar em Bombeiros e floresta,pois perante as noticias os fogos que tem assolado o país desta maneira,só posso dizer que as pessoas andam tudo doido" pois é isto mesmo,pois as matas não incendeiam por elas,o calor não é assim tanto! Então porque ardem elas,interesses só pode ser,mas de quem,gostaria de saber tanto trabalho voluntário tem nestes montes? interessa a quem este trabalho,só o povo e o resto,os políticos nem falam,só vejo falar nos que ganham dinheiro,os grupos que são lá colocados,mas estes Bombeiros a maioria deles é VOLUNTÁRIO SR MINISTROS!toca a sirene de noite os vizinhos se queixam do barulho?..Então só vai haver um remédio para todos estes males,serem todos os Bombeiros profissionais assim ninguém se queixa,e os Sr. Ministros podem mandar a vontade,até exigir agora voluntários não,vamos quando podemos,damos o nosso esforço,deixamos a família em sobressalto,depois tem esse direito,enquanto estiver este estatuto de voluntariado,não podem querer que damos aquilo que não podemos,os patrões ao outro dia,querem rentabilidade,não se compadecem com lamurias,que fomos para os fogos querem lá saber o que interessa são os cifrões?ainda a outra semana finda os braços doíam tanto de puxar a manga pelos montes fora que era difícil mexer com os braços.Devido a esta tristeza ainda ontem foi mais uma vida,desta feita um Piloto do Helicóptero,ontem ele amanhã será outro,nunca vamos deixar de ver e assistir a este triste cenário
Ontem por aqui durante a tarde era isto,como se pode ver na foto.

Rabiscado por Agulheta

quarta-feira, novembro 07, 2007

Inscrição para uma Lareira


Para amenizar um pouco,pois como se fala muito de Bombeiros e muitos não gostarão,podem dizer que chatice! como gosto muito de poesia,pois um Bombeiro pode ser um bom poeta,um apaixonado pela vida e pelas coisas aqui hoje vai uma poesia de um poeta brasileiro que gosto bastante

INSCRIÇÃO PARA UMA LAREIRA

A vida é um incêndio: nela
dançamos, salamandras mágicas
Que importa restarem cinzas
se a chama foi bela e alta?
Em meio aos toros que desabam,
cantemos a canção das chamas!

Cantemos a canção da vida,
na própria luz consumida...
Mário Quintana

Pobre Floresta


Estando mais um pouco descansada,penso como a vida é difícil de tudo que nos rodeia,do que são capazes as pessoas de fazer para prejudicar os outros.
Esta noite aí foi mais uma,de alerta pois ainda estava a jantar já ela tocava a dobrar "sirene" mais um incêndio,desta vez junto a uma habitação pois o fogo estava alastrar vindo do mato,ardeu bastante se pediu reforços ardeu um aprende,o que poderia ter sido uma casa e assim é esta desgraça,pois ninguém vê o que não quer ver,pois um madeireiro tinha cortado as árvores e deixado os "restos"as folhosas ou seja aquilo que não interessa,deveriam obrigar a fazer a limpeza completa... mas não chega-se lume a gente não vê,depois se chama os Bombeiros,pois como as pessoas não tem cidadania,toca a fazer o que não devem
Depois se anda até madrugada alta,sem comer e sem dormir hoje os ossos doem muitas pessoas,deviam lá andar a ver o que é bom,o lume debaixo das botas,correr pelo monte abaixo,estica manga,enrolar e tornar a esticar meter viaturas sabe Deus a onde o frio o vento que era tanto que metia medo... Vida de bombeiro é complicado cada vez mais,não se apanha quem chega?... Livra.
Rabiscado por Agulheta

segunda-feira, novembro 05, 2007

A Criança na Rua


A idade de risco máximo de atropelamento infantil situa-se entre os 3 e os 6 anos, quando as crianças ainda têm pouca consciência do perigo e se distraem com facilidade. Por isso, na rua todas as crianças pequenas,sem excepção,devem caminhar de mão dada com um adulto,sempre do lado interior do passeio.
Não interessa se protesta ou se assegurar que terá muito cuidado:em qualquer momento pode distrair-se ou algo lhe chamar atenção no outro passeio e não hesitará em atravessar a estrada sem olhar para os lados,inconsciente do perigo.
Também são relativamente frequentes os atropelamentos de crianças entre os 6 e os 9 anos,sobretudo à hora de entrada e saída da escola.
Por isso torna-se muito importante que neste tipo de situações,nas quais a aglomeração e a excitação do encontro com os companheiros são fonte de distracção,as crianças sejam sempre controladas pelos adultos. Mesmo assim,os condutores devem ter em conta o perigo e respeitar escrupulosamente os sinais de transito existentes junto das escolas.
Pois devem lembrar que o melhor do mundo são as crianças devemos cuidar e amar,aqueles que serão os homens do amanhã


Rabiscado por Agulheta

domingo, novembro 04, 2007

Destruição da Floresta


Como anda este país,com tanta prevenção como dizem,mas a dita prevenção vai ser para o ano e agora!Pois se o tempo pregou uma finta,pois continua o calor para a ocasião,e assim vão continuar a arder os parques naturais, aquilo a que chamo um pedaço de nós! Que são as nossas Florestas a sua beleza,hoje por aqui está mais calmo mas já ardeu de tarde,já se lá andou e sabem o que nos dizem,que eu nem quero acreditar que seja " os caçadores" eu pergunto porquê? custa a ouvir estas coisas,mas ficara sempre um mas?...Para verem que falo em Parques Naturais vai em anexo uma noticia da Luso

Rabiscado por Agulheta


Lisboa, 04 Nov (Lusa) - Seis incêndios permaneciam por circunscrever às 15:45, quatro dos quais em parques naturais, segundo dados disponibilizado na página oficial da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).

Dois incêndios ocorrem em áreas do Parque Natural de Montesinho, um no Parque Natural da Peneda-Gerês e outro no Parque Natural da Serra da Estrela (Guarda).

No dia de sábado, a ANPC registou 302 incêndios florestais, número-recorde pelo menos desde 10 de Setembro.

Também às 15:45 estavam dados como circunscritos incêndios em Arcos de Valdevez (dois) e em Vinhais.

JGJ.

Lusa/fim

sexta-feira, novembro 02, 2007

Fogos de Novembro!!!!


Estamos em Novembro o tempo está quente, toca a fazer o quê! queimar o que ainda resta verde! É esta a cabeça de quem se limita a chegar lume, aquilo que temos de mais belo, o verde dos espaços das árvores, dos animais que nela habitam, para não falar da falta de ar as populações, muitas vezes dos que sofrem com asma, este é um dos males maiores, pois esta gente desumana que não se respeita a si nem aos outros! Se este país tivesse juízes que soubessem meter esta gente nas grades, e deixa-los lá estar faziam um grande favor a sociedade, mas não? Aí andam, todos contentes a ver o panorama, ver arder se calhar se sentem realizados e felizes, coitados! Pobres de espírito, são o que são.
Ontem, esta madrugada e durante este dia de hoje, a sirene não dá descanso aos Bombeiros, hora para um lado hora para outro, onde está a vegia, quando ela devia ter continuado enquanto estivesse o tempo como está! Por falar e a prevenção com os militares da G. N. R. estão bem instalados se calhar a descansar” se não fossem os Bombeiros Voluntários (friso) Voluntários que ou outro dia ou durante tem o seu trabalho e o patrão diz, se não fazes nada vais para a rua); ele coitado que gosta da farda que veste lá vai, trabalhar sem descansar, muitas vezes sem dormir, assim vai este país, que dá muito a uns e muito pouco, ou nada a outros.
Da minha parte vou fazendo o que posso, nunca fugi a desafios enfrentar as coisas pelos nomes, mas chega a pontos? Que dá uma vontade forte de dizer chega de paleios, que venham os senhores que estão confortáveis, nas suas poltronas a ver passar a banda… venham para o terreno ver como é, depois digam alguma coisa.
De quarta para quinta foi de uma freguesia a outra, toda a noite até as seis da manhã, ontem foi como foi e hoje vai pelo mesmo.
Esta situação revolta,qualquer um que fará quem farda veste,mas quem principalmente,tem de aguentar esta desgraça de cara "alegre"enquanto outros reinam com a situação,mas pelo que vejo,nem só por aqui há incendiarios, mas sim por todo o lado um pouco. Agora amigos vou descansar pois este esqueleto já leva muitas horas de trabalho em prol,de uma sociedade que pouco ou nada faz pelos seus BOMBEIROS.

Rabiscado por Agulheta