segunda-feira, outubro 08, 2007

LETRA PARA UM HINO


É possível falar sem um nó na garganta.
É possível amar sem que venham proibir.
É possível correr sem que seja a fugir.
Se tens vontade de cantar não tenhas medo: canta.

É possível andar sem olhar para o chão.
É possível viver sem que seja de rastos.
Os teus olhos nasceram para olhar os astros.
Se te apetece dizer não, grita comigo: não!

É possível viver de outro modo.
É possível transformar em arma a tua mão.
É possível viver o amor. É possível o pão.
É possível viver de pé.

Não te deixes murchar. Não deixes que te domem.
É possível viver sem fingir que se vive.
É possível ser homem.
É possível ser livre, livre, livre.

Poema Manuel Alegre


Rabiscado por Agulheta

3 comentários:

Insolente disse...

Ora então um grande bem haja

Carminda Pinho disse...

Que belo poema este de Manuel Alegre.
É um dos meus preferidos também.
Obrigada pela visita.
Um abraço

Sophiamar disse...

Manuel Alegre � um poeta que eu amo.A poesia faz parte do oxig�nio que respiro.

Beijinosssssssssss