quarta-feira, outubro 31, 2007

Furmatura


Dia de todos os santos,feriado religioso mas para nós Bombeiros este dia já tem alguma "tradição"se assim o poderei dizer,pois como sempre formatura obrigatória,onde em Farda de Gala o chamado grande uniforme,formamos logo pela manhã ao som da fanfarra,de seguida vamos prestar continência a todos que pertenceram a esta associação,quer Bombeiros ou Dirigentes visitamos três cemitérios,onde num deles se encontra aquele que foi o Fundador deste Corpo de Bombeiros,depois de prestados todas as honras,vimos em formatura até á unidade onde depois destroçamos.
Por esta razão a nossa manhã estará toda preenchida

segunda-feira, outubro 29, 2007

Cinzas


Um desengano é uma nuvem escura
de cinzas que se abatem sobre a gente:
Poalha sufucante,ainda quente,
dum lume que subiu a grande altura.

Há gente neste mundo em que perdura
por largo espaço a nuvem envolvente;
está na razão da massa incandescente
a cinza que nos traz a desventura.

O lume que mais achas calcinar
com mais intensa chama há-de brilhar
e a cinza há-de ficar longos anos;

quanto mais fogo interno nos anima,
mais há-de andar pairando-nos por cima
A nuvem dos cinzentos desenganos


Poesia José Sereto

sexta-feira, outubro 26, 2007

Segurança III


Vamos neste pequeno texto,continuar a propor algumas situações que poderão ser úteis para o dia a dia

É o caso,por exemplo,do que foi dito em relação às portas e é também o que acontece em relação à técnica recomendada de movimentação em compartimentos já atingidos por fumos (perfeitamente perceptíveis). a Tendência natural dos fumos é para se acumularam nos espaços superiores dos compartimentos, Daí que,para minimizar os efeitos perniciosos haja vantagem em avançar "gatinhando". Mas não rastejando sobre o ventre. O processo preferível será gatinhar sobre as mãos e joelhos de forma a que a cabeça se situe sempre uns 25 a 30 cm do solo a fim de evitar a zona de acumulação de gases libertados e que muitas vezes são mais pesados que o ar. Proteja-se também do fumo cobrindo a boca com um pano húmido.
Ao sair de casa deve utilizar-se sempre o caminho mais fácil e mais curto mas não devem utilizar-se os elevadores,pois estes podem deixar de funcionar por qualquer razão deixando os eventuais utilizadores em situação muito crítica.
Quando se sai de um edifico em chamas nunca se deve lá voltar. Se lá tiverem ficado familiares dê todas as instruções aos Bombeiros para que estes os vão ajudar a sair ou retirar. Uma prática importante é a fixação de um ponto de encontro no exterior para todos os familiares.
assim todos ficam a saber quem saiu e quem ainda está no interior.
É uma informação muito útil para os Bombeiros com vista à operação de salvamento,e é útil para os familiares pois evita a perturbação e as incertezas resultantes de "andarem todos a procura uns dos outros",com aflição que é presumível nestas situações.

Rabiscado por Agulheta

quinta-feira, outubro 25, 2007

Incendiou-se a Casa


Incendiou-se a casa
incendiou-se a noite
Os rios estão secos
A terra incendiou-se

Tentativas de cinzas
Para novas juventudes


Amar a juventude
É o nosso abraço do passado
que resta de nós



Fernando Rente

quarta-feira, outubro 24, 2007

Segurança II


Se por ventura der conta de um incêndio em casa e se precisar de sair do compartimento onde está, não abra a porta sem primeiramente se encostar a ela para se certificar se ela está quente.
Se estiver quente é sinal que o fogo está por detrás dela. Não abra e saia por outro lado.
Se não tiver nenhuma alternativa veja se, abrindo-a apenas um pouco,está em condições de sair. Se o fogo estiver mesmo ali e lhe barra o caminho,então não sai e procure assinalar a sua presença para os Bombeiros possam socorre-lo
À medida que for saindo não se esquecça de ir fechando sempre as portas para retardar a progressão do fogo
Uma das medidas mais importantes é a elaboração do seu plano de fuga. Mais adiante vou abordar esse ponto. Independentemente desse plano,há um conjunto de princípios que deve ensinar aos seus filhos e mais familiares para que sejam seguidos por todos.

Rabiscado por Agulheta

terça-feira, outubro 23, 2007

Pontos de Vista


Poderia,querer muita coisa! ou simplesmente nada,pois tudo que os meus olhos enxergam só vejo desgraça,solidão das pessoas ingratidão e revolta de algo que não está bem,pouca vontade de ver com olhos humanos,aquilo que nos rodeia se está a criar uma sociedade altruísta,desordenada uns para cada lado..pois se não fores por mim serás contra,é democracia ? não sei se será justa, esperemos para ver

Metade de mim agora é assim, de um lado a poesia o verbo a saudade, do outro a luta, a força e a coragem para chegar no fim. E o fim é belo, incerto... depende de como você vê!

domingo, outubro 21, 2007

Fogo


É com grande desanimo,de dor e insatisfação que vimos mais uma vez a serra do Gerês arder,se perdem grandes espécies,animais florestais pela culpa do homem,não poderemos ficar indiferentes a estas causas,por mim falo mais do que ninguém,foi no começo da tarde de ontem e tem chegado até agora,se o calor não é tanto assim se a humidade da noite já é alguma,não há piqueniques na zona,só pode ser fogo posto! ou queimada mal controlada,só sei que durante a noite aqui na zona tivemos que chega-se para nós,ainda se deslocou para o local,alguém para contribuir.
Pois por aqui foi vira,vira até cair para o lado,como vamos de vigias! onde param os grupos rápidos para ver estas coisas,depois da casa roubada trancas a porta,pois deviam continuar até o tempo ficar mais fresco,ou então por corpos permanentes e profissionais,não contar com só voluntários deste país,pois é o corpo mais presente,que governo nenhum, terá jamais dinheiro que lhe pague,as canseiras e consumição de perda de sono,e luta .
Chegamos a um ponto temos vontade de largar,tanto é o desanimo de ver o verde de repente negro,depois o vento nos corta os braços,assobia pelo monte acima e vê-lo a comer o que tem a sua frente,peço a Deus força para a luta,mas a natureza agradece o esforço,pois amanhã será tarde para ver os estrago e a solidão.
Só esta noite ardeu muitos hectares de floresta,protegida! Falamos no Gerês claro,amanhã será noutro lado,eles queimam os habitantes sofrem,a vegetação os animais,os incendiários andam a solta,pois a cadeia não tem lugar para eles,ou se calhar não convém

Rabiscado Agulheta

sexta-feira, outubro 19, 2007

Amizade de Outono


Hoje como é fim semana, poderia fazer um post sobre Bombeiros! mas não irei falar,simplesmente falar,com quem visita este blog,pois não sei quem são o que fazem,a sua cor ou religião,mas podem partilhar amizade,se tem alegrias e tristezas,pois tem de certeza!.. Quem não tem,até eu em certos dias tenho as minhas,naqueles que é hora H.. então nesses choramos,morremos um pouco por dentro,tal são as carências humanas e monetárias,deixados nos Hospitais,ali a sua sorte, o que muitas vezes nem dinheiro tem para voltar,pois é nestas coisas que muitas vezes me debato de tanta injustiça,desigualdade muitos são tratados como de lixo se trata-se,mas não! são seres humanos tem cabeça para pensar uma vida para viver!.. Mas hoje quero partilhar amizade, esperança que o amanhã seja diferente,para muitos.

Rabiscado Agulheta

quarta-feira, outubro 17, 2007

Medida de Segurança Incêndio



As medidas de segurança,contra incêndios nas habitações depende muito de nós,as pormos em prática
Pois há muitas medidas de segurança ao alcance dos moradores,determinadas pelo tipo,dimensão,resistência ao fogo dos materiais e até pelas características físicas e pela idade dos habitantes.
A chave do êxito de qualquer medida ou de qualquer operação de controlo de incêndio reside na rapidez com que se detecta o princípio do fogo. Numa pequena casa,de dia e onde permaneçam normalmente pessoas,é fácil detectar o incêndio e adoptar o procedimento adequado imediatamente.
mas se a casa for grande e se for de noite-que é a altura em que acorrem mais frequentemente os incêndios-já não é tão fácil fazer a detecção em momento próprio.
Assim o melhor será colocar um detector,um sistema prático e eficazes
Se se instalar um destes detectores em local apropriado,isto é,no tecto ou cimo de uma parede,o fumo que venha a ser eventualmente libertado pelo fogo de incêndio expande-se,como já foi dito,vai chamar e adicionar o sistema de alarme,chamando assim a atenção das pessoas que estejam a dormir

Rabiscado por Agulheta

sábado, outubro 13, 2007

Acidentes

Este foi um acidente que deu muito trabalho se perdeu vidas!..Vamos olhar como devemos.


Os acidentes,de transito cada vez é um flagelo na sociedade,por muitos motivos,cresceu os automóveis e mesmo,derivado a uma correria das pessoas,sempre em cima do tempo,para tal muito cuidado é preciso quer na forma como são instaladas as crianças,mesmo os condutores devem estar atentos á mecânica do seu automóvel,para se tudo esta em óptimas condições para seguir viagem,este é um passo importante para além da bebida,manter a distancia do carro da frente,cuidado com o piso escorregadio as ultrapassagens mal calculadas.

Aproximação ao Acidentado


Para poder ajudar de forma conviniente um acidentado,o socorrista em primeiro lugar deve efectuar uma rápida avaliação do estado das funções vitais(consciencia,ventilação e circulação)e das lesões que apresente(hemorragias,fracturas,etc.) só depois é que se pode determinar as necessidades para propocionar os primeiros auxilios oportunos.


Rabiscado por Agulheta

terça-feira, outubro 09, 2007

A árvore em Fogo



Na tênue névoa vermelha da noite
Víamos as chamas, rubras, oblíquas
Batendo em ondas contra o céu escuro.
No campo em morna quietude
Crepitando
Queimava uma árvore.

Para cima estendiam-se os ramos, de
medo estarrecidos
Negros, rodeados de centelhas
De chuva vermelha.
Através da névoa rebentava o fogo.
Apavorantes dançavam as folhas secas
Selvagens, jubilantes, para cair como cinzas
Zombando, em volta do velho tronco.

Mas tranqüila, iluminando forte a noite
Como um gigante cansado à beira da morte
Nobre, porém em sua miséria
Esguia-se a árvore em fogo.

E subitamente estira os ramos negros, rijos
A chama púrpura a percorre inteira -
Por um instante fica erguida contra o céu escuro
E então,rodeada de centelhas desabafa.
Árvore em Fogo

Bertolt BRECHT

Rabiscado Agulheta

segunda-feira, outubro 08, 2007

LETRA PARA UM HINO


É possível falar sem um nó na garganta.
É possível amar sem que venham proibir.
É possível correr sem que seja a fugir.
Se tens vontade de cantar não tenhas medo: canta.

É possível andar sem olhar para o chão.
É possível viver sem que seja de rastos.
Os teus olhos nasceram para olhar os astros.
Se te apetece dizer não, grita comigo: não!

É possível viver de outro modo.
É possível transformar em arma a tua mão.
É possível viver o amor. É possível o pão.
É possível viver de pé.

Não te deixes murchar. Não deixes que te domem.
É possível viver sem fingir que se vive.
É possível ser homem.
É possível ser livre, livre, livre.

Poema Manuel Alegre


Rabiscado por Agulheta

domingo, outubro 07, 2007

Vamos Ligar as Sirenes por Darfur


Todos os dias nos entra de portas dentro,esta grande barbaridade de matança de seres humanos,as crianças que nem direito tem de o ser,deitadas no chão como de animais se trata-se,ou talvez pior,mil vezes não?
Estes povos tem direito a serem gente ter casa comida agasalhos,mas principalmente direito a sua dignidade,o que muitos teimam a dizer que não! Vamos gritar bem alto,dizer basta de tanta crueldade,para com esta gente indefesa.Onde estão as Nações Unidas os Estados Unidos,se calhar não tem lá petróleo?ou o terreno não poderá ser explorado para outros fins lucrativos,os colarinhos brancos? devem estar a serem lavados da vergonha!!! Pois é isto que revolta um ser humano,que não admite que outro seja molestado,violentado maltratado até ficar apodrecer! Como esta o Mundo meus amigos,será este que vamos querer para os filhos e netos? Não eu não quero,prefiro morrer a ter de assistir todos os dias a isto. UM GRITO DE REVOLTA POR DAFUR

sábado, outubro 06, 2007

Para Ti



Recordar é facil para quem tem memória,esquecer é dificil para quem tem coração"



Para ela sempre.Jamais esquece em nossos corações,neste grito de solidão,que tão bem cantou mas um GRITO de Liberdade

sexta-feira, outubro 05, 2007

Nomeações




Agora me desculpem,mas irei acrescentar esta imagem para unir todas as mãos do mundo

Hoje vou falar de uma nomeação a este humilde blog,nada mais fala do que de Bombeiros,de coisas reais e até de informação,alguma.
Mas esta nomeação tem algum significado para mim,primeiro vindo de uma boa amiga solidária,com bom coração a qual sempre me habituei a visitar,gosto da maneira com que escreve os seus sentimentos,para esta amiga PAPOILA" a-papoila.blogspot.com agora terei de nomear,pois os que devia nomear já estão nomeados! mas vou nomear novamente,pois não tomem a mal,os que nomeio como os que não nomearei as minhas desculpas.
Agora os nomeados. Agulheta



Anacorpio
ocantinhodaflorinda
cindamoledo
coisas do gui
chicahilheu
gatinhosvoadores
sophiamar

Memórias


Hoje como em tantos dias, lembra coisas do passado,não longe mas que se fazem grandes memórias.
Como sempre se diz,quem não tem passado não tem memórias para contar,pois hoje me lembrei que faz,vinte anos ter acorrido a uma chamada de urgência para,transportar uma senhora para o Hospital,que estava prestes a dar a luz! Logo nos dirigimos para o local,um pouco longe por sinal, sendo o local uma casa de lavoura com poucos recursos humanos e físicos, no local nos deparamos,com falta de tudo mesmo a própria ambulância para o transporte,não estar munida de grande material para o mesmo.
Na casa da paciente nos acercamos na cama da mesma,onde ela se encontrava sentada,de pernas abertas,quando não é o meu espanto a criança estava a nascer,ali nas minhas mãos que a aparou,logo de seguida cortamos o cordão umbilical,com uma navalha que esta ali a mão, no bolso do colega depois,de a mesma ser desinfectada,logo vimos ser um belo rapaz,logo de seguida Hospital.
Hoje anda aí bem,graças a Deus mal sabendo desta parteira,mas que eu sei quem é, por isso digo, fazer bem não olhar a quem.Estas coisas nos faz crescer ser fortes,para enfrentar a vida e a morte,se necessário.

Rabiscado por agulheta

quarta-feira, outubro 03, 2007

Esperança


Eu sei que é um pouco maçador falar de Bombeiros sempre,mas como foi este blog feito para o mesmo tenho ideias de ir colocando aos poucos um pouco da minha sabedoria,ao longo do tempo a fazer este serviço,mas para não maçar eu hoje vou colocar aqui um poema,para dar um pouco daquilo que gosto,quer fazer alguns quer postar de outros autores este de hoje é de um autor brasileiro mas que gosto muito


ESPERANÇA

Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenes
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E
— ó delicioso voo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança...
E em torno dela indagará o povo:
— Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
— O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA...


Mário Quintana

Emotivo


Dias há que nos sentimos,mais emotivos do que outros esta coisa de ser Bombeiro mexe muito com nós em muitas situações,uma das quais as pessoas de idade,que tanto sofrem neste País,tão diferente de outros uns que conheço e outros,nem tanto assim,em alguns que falo, as pessoas idosas tem dignidade.Para não falar nos Hospitais ali estão os velhinhos, a espera dos familiares se vierem, depois andam de ambulância de lado para lado,uma tristeza! Trabalha-mos uma vida para quê,chegando a nossa reforma o que nos oferecem,estamos a falar de pessoas de idade,e não de gente jovem? pois a esses eles fogem para trabalhar onde lhe dão valor e auto-estima,agora falar em Bombeiros? este caso ainda é pior o que nos dão,isenção da taxa moderadora,pagar umas propinas! se estiver nos Bombeiros há mais de dois anos,ou então se morrer... aí coitadinho mal é dele que morreu,vão dar uns tostões e quando vier,a espera vai ser longa

Rabiscado por agulheta

segunda-feira, outubro 01, 2007

Massagem Cardíaca


A massagem cardíaca forma-se combinando respiração artificial com a reanimação cardiopulmunar básica,que deve iniciar-se de imediato para auxiliar a pessoa que sofre uma paragem cardíaca.Graças à operação,que deve ser realizada em caso de necessidade,incluindo por quem não tenha nenhuma experiência de primeiros socorros,pode manter-se uma circulação artificial suficiente para manter a vítima com vida até que recupere ou receba a oportuna assistência médica profissional.

EXECUÇÃO DA MASSAGEM CARDÍACA

Para realizar a massagem cardíaca,o socorrista deve ajoelhar-se junto da vítima,deitada sobre uma superfície firme e plana,à altura dos ombros,de tal modo que possa colocar os braços estendidos sobre o seu peito.
Depois localizar o esterno,deve apoiar a palma de uma mão sobre a porção inferior do osso e colocar a palma da outra mão sobre a primeira,entrelaçando os dedos e separando-os do tórax.
Cada compressão consegue-se inclinando-se para a frente com os braços estendidos(sem dobrar os cotovelos), a fim de descarregar o peso do próprio corpo sobre o peito da vítima o suficiente para deprimir o esterno quatro ou cinco centímetros.
A operação efectua-se com um movimento de balanço rápido,mantendo a compressão não mais de meio segundo e libertando de imediato a pressão para que o coração se distenda,mas sem modificar a posição das mãos e dos braços,para realizar outra de imediato. Com ele,pode conseguir-se uma frequência de 80 a 100 compressões por minuto,embora se considere o suficiente manter um ritmo de 60 compressões por minuto,intercaladas com oportunas pausas para realizar a respiração artificial.