segunda-feira, agosto 13, 2007

Desabafo


Neste país de ingratidão,como é difícil ser Bombeiro correr ao som da sirene,sem pensar em nada,deixar família em casa em sobressalto e tristeza,pelas horas passadas,fora de casa mas mesmo assim ele corre, passa frio,sobe monte de mangueira as costas,passa fome e está ali sempre presente na luta constante,daqueles que precisam de sua ajuda,seja pobre seja rico criança ou velho ele lá está sem receber nada em troca,não é que de vez em quando vem alguém,que até diz que a gente não presta,pois não é verdade sempre servimos,e agora outras forças se fazem mais inteligentes!..não acredito venham para as ruas lá é o serviço deles,a nós o que é de lei,os fogos os doentes os feridos,e depois muitas mais coisas aquelas que muitos,se calhar não ariscavam ir aos fundos dos poços,apanhar pedaços no asfalto da estrada,a esses lhe falta coragem o estimulo de ser Bombeiro,tudo é muito bonito mas na hora H falta aqueles que para muitos são os coitados?..vamos chamar mas é os Bombeiros,pois é cada macaco no seu galho,outras força é na rua. Por tudo isto tenho orgulho em servir a comunidade

Rabiscado por Agulheta

2 comentários:

Pedro Morgado disse...

É bem verdade que este é uma país de ingratos. Mas estou em crer que as pessoas reconhecem a importância do vosso trabalho.

Agulheta disse...

Amigo Pedro.Obrigado pelo apoio,mas realmente tem toda a razão,este país não dá valor a quem o tem,falsa modéstia a minha claro,nem em mim pensei.
Muitos dão valor,mas o Governo é mais G.N.R.preparar para fogos! e as ruas! ficam para marginais,com esta me fico.
Comprimentos